Marca é atacada após post sobre Pink Floyd ser confundido com símbolo LGBT

No Facebook, a Polenguinho publicou uma imagem relacionada ao álbum The Dark Side of the Moon, mas alguns internautas não entenderam a referência

Do Diário de Pernambuco

A página do Facebook da Polenguinho, da Polenghi, publicou uma peça publicitária fazendo referência ao álbum The dark side of the moon, álbum de 1973 da Pink Floyd. Porém, a imagem gerou repercussão na rede social porque muitos internautas acreditaram que a publicação se tratava de uma campanha apoiando a causa LGBT. Por conta disso, o post ficou repleto de críticas nos comentários, que iam desde citações de trechos bíblicos até mensagens que mostravam “decepção” pela empresa apoiar a causa.

Alguns usuários chegaram a dizer que iriam boicotar a marca de queijos. Após tantos comentários, a própria Poleguinho emitiu um pronunciamento oficial. Em comentário fixado na publicação, a marca explicou a intenção da imagem. “Nossa equipe criativa teve como inspiração a capa do álbum The dark side of the moonpara ‘brincar’ com o conceito de fominha, tão utilizado quando o assunto é Poleguinho. Prezamos pela paz, pelo respeito e pela igualdade em nossa comunidade. Embora não tenhamos feito alusão ao movimento LGBT, temos máximo respeito pela causa”, explicou a marca.

No início do mês, a marca de desodorantes Dove foi amplamente criticada nas redes sociais por veicular uma campanha considerada racista, na qual uma mulher negra retira uma camisa de coloração escura e é substituída por outra branca. A forte repercussão negativa fez com que a empresa se desculpasse, afirmando que a intenção não era propagar o preconceito: “Em uma imagem publicada nesta semana, erramos ao representar as mulheres de cor e lamentamos profundamente os danos causados”.

Confira a publicação:

+ sobre o tema

Minha transição capilar

Eu tenho 22 anos e lembro da primeira vez...

Pesquisadora de gênero denuncia ‘movimento neoconservador’

(Lia Zanotta: movimento mais visível porque está instalado no...

Padrão imposto, mulheres aprisionadas – Por: Jarid Arraes

Nas últimas semanas, vem sendo exibida pela internet uma...

As mulheres negras em imagens e narrativas afro-atlânticas, com Jordana Braz

“A mulher anônima pode ser qualquer mulher que você...

para lembrar

Garota é espancada em SP por ser lésbica: ‘Vai apanhar igual menino’

Criminosos colocaram a vítima dentro de um carro e...

Eu, mulher

Num lugar em que as mulheres são mortas pelos...

Chega de Fiu Fiu lança primeiro teaser de documentário

Nesta semana, o coletivo Think Olga lançou o primeiro teaser...
spot_imgspot_img

Mãe de Simone Biles ofereceu apoio crucial quando ela decidiu não competir em Tóquio: “Eu te amo e saiba que estamos rezando por você”

A Netflix lançou recentemente "Simone Biles Rising", uma série documental que oferece uma visão íntima da vida pessoal e profissional da ginasta Simone Biles...

Zezé Motta recebe Preta Gil, Sheron Menezzes e Aline Wirley no ‘Especial mulher negra’

Artista que acabou de completar 80 anos, Zezé Motta recebe Aline Wirley, Preta Gil e Sheron Menezzes no “Especial mulher negra”, que será exibido...

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...
-+=