Tag: Aborto

    Manifestantes a favor e contra o aborto durante uma marcha em Washington, a 24 de janeiro. © OLIVIER DOULIERY / AFP

    Supremo dos EUA enfrenta o primeiro teste à lei do aborto

    A mais alta instância judicial norte-americana ouve esta quarta-feira os argumentos num caso sobre uma lei do Louisiana que poderá ser o princípio do fim do direito à interrupção voluntária da gravidez nos EUA. Decisão é esperada em finais de junho e poderá marcar campanha para as presidenciais. Por Susana Salvador, do Diário de Notícias Manifestantes a favor e contra o aborto durante uma marcha em Washington, a 24 de janeiro. (© OLIVIER DOULIERY / AFP) É o primeiro teste ao direito ao aborto nos EUA desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, nomeou dois novos juízes para o Supremo Tribunal. A mais alta instância judicial dos EUA ouve esta quarta-feira os argumentos em relação a uma lei no Louisiana, aprovada em 2014, que obriga os médicos que realizam interrupções voluntárias da gravidez em clínicas especializadas a ter privilégios para poder atuar num hospital num raio ...

    Leia mais
    NURPHOTO VIA GETTY IMAGES

    Aborto em Portugal cai 3%. Lá, procedimento não é crime desde 2007

    Depois da criminalização em 2007, o número de abortos realizados em Portugal só tem diminuído. Em 2018, a queda registrada foi de 3,8% em comparação com o ano anterior, segundo dados da DGS (Direção-Geral da Saúde). Por Karol Gomes, do Hypenes NURPHOTO VIA GETTY IMAGES Em contrapartida, o número de brasileiras que recorrem a lei do país para interromperem a gravidez aumentou 27,7% no mesmo período. Com isso, as brasileiras ultrapassaram as cabo-verdianas e se tornaram a nacionalidade estrangeira que mais aborta em Portugal. Isso acontece porque, no Brasil, o aborto é proibido por lei e mesmo nos casos de excessões – nos casos de estupro, de risco para a vida da mulher e de anencefalia do feto – ainda há dificuldades e empecilhos colocados as mulheres. Ainda assim, a lei não inibe a decisão da mulher pelo procedimento e, para escapar da morte em clínicas ...

    Leia mais
    O aborto e o casamento gay entraram em vigor nesta terça-feira (22) na província britânica da Irlanda do Norte. (Foto; SIMON GRAHAM/AMNESTY INTERNATIONAL/via REUTERS)

    Em um único dia, aborto e casamento gay são legalizados na Irlanda do Norte

    O aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo foram legalizados na Irlanda do Norte por decisão do Parlamento britânico. O direito entrou em vigor nesta terça-feira (22), apesar de uma última tentativa simbólica da oposição, lançada por deputados da Assembleia regional norte-irlandesa. No RFI O aborto e o casamento gay entraram em vigor nesta terça-feira (22) na província britânica da Irlanda do Norte. (Foto: SIMON GRAHAM/AMNESTY INTERNATIONAL/via REUTERS) Ao contrário do resto do Reino Unido, onde o aborto é autorizado desde 1967, na Irlanda do Norte a prática era ilegal, exceto em casos em que a gravidez ameaçasse a vida da mãe. O casamento entre pessoas do mesmo sexo também era proibido. Sem Executivo regional desde 2017, por conta de um escândalo político-financeiro, os temas cotidianos da Irlanda do Norte são administrados por Londres. Por conta desta situação, em julho passado, os deputados britânicos ...

    Leia mais
    Abortos feitos sem condições mínimas de saúde e higiene são a quarta causa de mortalidade materna no Brasil Foto: Arte de Paula Cruz

    Morte. Prisão. Os riscos que correm as mulheres que sofrem um aborto incompleto

    No Brasil, o aborto é a quinta causa de mortalidade materna; 28 de setembro é Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe Por Audryn Karolyne, do O Globo Abortos feitos sem condições mínimas de saúde e higiene são a quarta causa de mortalidade materna no Brasil Foto: Arte de Paula Cruz A.P.L.*, de 19 anos, estava no trabalho quando sentiu dores abdominais, fortes como "se algo saísse de dentro" de si. No hospital, descobriu que tinha passado por um aborto espontâneo e que estava presa em flagrante. Um policial declarou que a tinha ouvido falar que sofrera um aborto. A.P.L. afirmou não saber que estava grávida , e a equipe médica disse não ter elementos que pudessem comprovar se o aborto pelo qual a jovem passou era espontâneo ou provocado. A.P.L. é uma das personagens no documento " 30 habeas corpus: ...

    Leia mais
    Paciente vai receber R$ 5 mil por danos morais após médicos denunciarem suspeita de aborto. Investigação apontou aborto espontâneo Imagem: Getty Images

    Grávida, ela teve hemorragia e foi presa no hospital, acusada de aborto

    Em 2014, a paciente S. deu entrada com fortes dores em um hospital em Marília, interior de São Paulo. Ela estava grávida e foi atendida pelos médicos. Horas depois, saiu presa em flagrante sob acusação de ter feito um aborto. por Marcos Candido no Universa Paciente vai receber R$ 5 mil por danos morais após médicos denunciarem suspeita de aborto. Investigação apontou aborto espontâneo Imagem: Getty Images De lá para cá, foram anos em busca de uma indenização pelo constrangimento. A paciente não quis dar entrevista para Universa, mas a reportagem teve acesso às idas e vindas do processo que envolveu Ministério Público e a Justiça de São Paulo. Na última segunda (19), ela venceu a ação de danos morais contra o hospital. A Justiça ordenou pagamento de uma indenização de R$ 5 mil. Ela chegou na emergência com dores, febre e taquicardia, de acordo com o ...

    Leia mais
    Jocelyn Wright quer que os parlamentares saibam que muitos jovens em seu estado estão horrorizados com a Lei de Proteção à Vida Humana promulgada no Alabama.

    Ela tem 16 anos e lançou uma petição online para revogar a lei antiaborto no Alabama

    A estudante Jocelyn Wright ainda não pode votar, mas encontrou na internet uma forma de mobilizar pessoas para uma causa. Por Emma Gray, no HuffPost Brasil  Jocelyn Wright quer que os parlamentares saibam que muitos jovens em seu estado estão horrorizados com a Lei de Proteção à Vida Humana promulgada no Alabama. (Foto: COURTESY OF JOCELYN WRIGHT) Quando Jocelyn Wright soube que uma lei que proíbe o aborto em quase todas as circunstâncias foi promulgada em seu estado natal, estava sentada em seu quarto em Daphne, Alabama, checando o Twitter. Estudante secundarista de 16 anos, ela estava olhando seu telefone naquela noite na esperança de que a tática a ajudasse a pegar no sono – o tipo de ritual noturno contraproducente que é comum à maioria dos millenials e pessoas da geração Z. Quando viu que notícias sobre o Alabama estavam bombando, no entanto, prestou atenção ...

    Leia mais
    Às vésperas de votação no Senado, Argentina se divide em relação a aborto (Monica Yanakiew/Agência Brasil)

    Congresso argentino volta a discutir legalização do aborto

    Milhares de pessoas voltarão, nesta quarta-feira (29), às ruas de várias cidades argentinas usando lenços verdes em defesa da legalização do aborto. Por Deutsche Welle , na Agência Brasil  Às vésperas de votação no Senado, Argentina se divide em relação a aborto (Monica Yanakiew/Agência Brasil) O movimento espera que a lei seja aprovada em breve pela Câmara dos Deputados em Buenos Aires. Por sete vezes, um projeto de lei semelhante foi apresentado ao Congresso – até agora sem resultado. A partir de hoje, a discussão entra na oitava rodada. Desde 1921, uma gravidez na Argentina só pode ser interrompida em decorrência de estupro ou se colocar em risco a vida da mulher. Durante anos, as tentativas de relaxar a legislação não tiveram sucesso. Em 2005, teve início uma campanha conjunta de mais de 70 organizações que se engajam pelo aborto legal, seguro e gratuito. Após a ...

    Leia mais
    MIDIANINJA/FLICKR

    PEC que proíbe aborto avança no Senado e pode ser votada na CCJ

    Desarquivada em fevereiro, a PEC 29/2015 garante a “inviolabilidade da vida desde a concepção”. Por Marcella Fernandes, do HuffPost Brasil  MIDIANINJA/FLICKR Desarquivada em fevereiro, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 29/2015, que garante a “inviolabilidade da vida desde a concepção”, pode avançar nos próximos dias no Senado. Se aprovado, o texto pode barrar futuras flexibilizações na descriminalização do aborto, provocar retrocessos nos direitos reprodutivos e dificultar esse procedimento em caso de anencefalia, autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2012. O parecer da relatora, senadora Juíza Selma (PSL-MT), deve ser lido nesta quarta-feira (24), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, mas a votação pode ocorrer a partir de 7 de maio. Após a leitura do relatório, cabe pedido de vista (mais tempo para análise) e o colegiado não se reúne na próxima semana, devido ao feriado em 1º de maio. De autoria do ex-senador Magno Malta (PR-ES), ...

    Leia mais
    blank

    Menina de 11 anos, grávida por estupro, passa por cesárea, em vez de aborto, na Argentina

    "Tirem da minha barriga o que o velho colocou", disse a criança, que foi violentada pelo marido de sua avó. Do Crescer  Ativistas protestam contra a demora para interromper a gestação de Lucia. "Cesárea não é ILE", diz o cartaz. ILE é a sigla usada para Interrupción Legal del Embarazo, que significa "Interrupção Legal da Gravidez", prevista na lei argentina em casos extremos, como este (Foto: Reprodução/ Facebook) Uma criança de 11 anos passou por uma cesárea, em vez de um aborto, na província de Tucumán, na Argentina. A cirurgia, que aconteceu sem a autorização da mãe da garota, foi realizada nesta quarta-feira (27). De acordo com a ginecologista Cecilia Ousset, a cesárea foi necessária porque o corpo da menina, que tem sido chamada pelo nome fictício de Lucia pela imprensa local, para preservar sua identidade, ainda não estava completamente desenvolvido. "Via vaginal não era possível. O ...

    Leia mais
    Um protesto feminista nos Estados Unidos. (Foto: Getty Images)

    Aborto tem queda histórica nos EUA, mas direito está ameaçado por corte de verbas do governo

    As interrupções da gravidez caíram 24% na última década até alcançar a cifra mais baixa registrada desde sua legalização Por Antonia Laborde, no El País   Um protesto feminista nos Estados Unidos. (Foto: Getty)   As mulheres a cada ano abortam menos nos Estados Unidos. Uma forte queda de 24% entre 2006 e 2015 foi revelada nesta quarta-feira pelo Centro para o Controle das Doenças (CDC). Os 638.169 procedimentos realizados no último ano para o qual há dados disponíveis são o menor valor histórico registrado desde a descriminalização do aborto nos EUA em 1973. "Isso se deve, em grande parte, ao acesso a métodos contraceptivos eficazes e de baixo custo. "Explica a Dra. Leana Wen, da Planned Parenthood, uma ONG que presta serviços de saúde reprodutiva. Ironicamente, as estatísticas chegam apenas algumas semanas depois que o governo de Donald Trump revogou uma lei que exigia que ...

    Leia mais
    blank

    Barroso: Direito ao aborto é fundamental e independe do legislador e da maioria

    Em linha com a fala da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia, o ministro do STF Luís Roberto Barroso deu um tom progressista a temas polêmicos, como a descriminalização do aborto, durante I Congresso Internacional de Direito e Gênero, promovido pelo FGV, no Rio. Ele defendeu que a questão do aborto deve ser tratado no âmbito judiciário e não no legislativo. No ISTOÉ   Ministro Luis Roberto Barroso durante o julgamento sobre os pedidos de impugnação da candidatura de Lula à Presidência (Crédito: TSE)   “Estão em jogo direitos fundamentais da mulher e do feto. Resta fazer uma ponderação de qual deve prevalecer. Esse é um papel típico do judiciário. A característica dos direitos fundamentais é que independem de legislador e da aprovação da maioria. A autonomia individual da mulher é um direito fundamental em jogo”, afirmou o ministro. A opinião do ministro é ...

    Leia mais
    blank

    Milhares de mulheres se juntam na Argentina no ano da luta pelo aborto legal

    Paralelos, outros movimentos feministas com ideais de esquerda pediam a separação de Igreja e Estado e manifestavam repúdio a morte de ativista. Por France Presse Do G1 Ativistas pró-aborto protestam em fente ao Congresso Nacional em Buenos Aires, na Argentina — Foto: Eitan Abramovich/AFP Cerca de 50.000 mulheres participam entre este sábado e segunda-feira do 33º Encontro Nacional de Mulheres, que acontece em Trelew, no sul da Argentina, no ano marcado pela histórica abordagem do projeto de legalização do aborto no Congresso. Nas jornadas, que a cada ano contam com mais participantes, busca-se visibilizar "a luta das mulheres pela igualdade e por uma vida livre de violência machista", segundo a convocação. No primeiro encontro, em 1986, foram 1.000 autoconvocadas, e este ano as organizadoras aguardam 50.000 mulheres, transexuais e travestis que participarão ao longo de três dias de 74 oficinas e duas marchas. A patagônica Trelew, de ...

    Leia mais
    Emma Watson na estreia de 'A bela e a fera', em Los Angeles — Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

    Emma Watson pede acesso global ao aborto em carta aberta

    Atriz prestou homenagem a uma mulher indiana cuja morte ajudou a legalizar o aborto na Irlanda. Por Reuters, no G1  Emma Watson na estreia de 'A bela e a fera', em Los Angeles — Foto: Jordan Strauss/Invision/AP Emma Watson pediu nesta segunda-feira que ações sejam tomadas para acabar com leis restritivas sobre o aborto enquanto prestava homenagem a uma mulher indiana cuja morte ajudou a reverter a proibição da prática na Irlanda. Savita Halappanavar morreu em 2012 após sofrer um aborto séptico, depois que um hospital irlandês se recusou a terminar sua gravidez, provocando revolta que ajudou a fortalecer a campanha para legalizar o aborto no país católico. Em carta aberta, Emma Watson disse que a dentista de 31 anos ajudou a concretizar "uma histórica vitória feminista que incentiva a luta pela justiça reprodutiva em todo o mundo". "Ainda há trabalho a ser feito. O aborto gratuito, ...

    Leia mais
    NURPHOTO VIA GETTY IMAGES

    Lutar pelo direito ao aborto no Brasil é transitar a realidade e a utopia

    A realidade e os impactos da criminalização do aborto seguem sendo ignorados pelos parlamentares organizados em frentes contrárias à autonomia reprodutiva. Por Beatriz Galli, do HuffPost Brasil NURPHOTO VIA GETTY IMAGES Poucas vezes na história do Brasil o tema do aborto foi debatido de forma tão ampla e inclusiva quanto o que se viu no Supremo Tribunal Federal (STF) durante as audiências públicas para discutir a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442 sobre a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação, realizadas nos dias 3 e 6 de agosto. Foi uma discussão intensa que segue reverberando na sociedade brasileira. Durante os dois dias de audiência, cerca de 60 especialistas tiveram a chance de expor seus argumentos científicos, religiosos e jurídicos contra e a favor da descriminalização do aborto. Todos foram ouvidos com a mesma dignidade, o mesmo tempo, as mesmas oportunidades. O debate se expandiu para fora das colunas do STF ...

    Leia mais

    Aborto: quando a lei mata – Entrevista com Débora Diniz

    “Uma em cada cinco mulheres que estão hoje na faixa etária dos 40 já fez pelo menos um aborto na vida”, revela a professora de Direito da Universidade de Brasília (UnB), fundadora e pesquisadora do Instituto de Bioética Direitos Humanos e Gênero (Anis), Débora Diniz. Há pelo menos 15 anos à frente de ações no Supremo Tribunal Federal (STF) que envolvem temas relacionados ao aborto, a pesquisadora defendeu no início de agosto, a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, protocolada em 2017 pelo PSol e pelo Anis, que pede a descriminalização do aborto até a 12ª semana. Um dos depoimentos mais esperados na audiência no STF, a pesquisadora apresentou a metodologia e os resultados da principal pesquisa sobre a magnitude do impacto do aborto no Brasil, a Pesquisa Nacional do Aborto, financiada pelo Ministério da Saúde em 2010 e 2016, e que recebeu o prêmio de melhor estudo ...

    Leia mais
    blank

    Filho de Edmundo dispara: ‘Homens deveriam discutir abandono, não o aborto’

    Alexandre Mortágua está perto de lançar seu primeiro filme sobre abandono paterno e tem dado entrevistas sobre o assunto. O filho da modelo Cristina Mortágua e do ex-jogador Edmundo, só reconhecido depois de um teste de DNA, vai abordar no documentário "Todos nós 5 milhões” a quantidade de crianças no país sem reconhecimento paterno. Do Extra  Alexandre Mortágua vai lançar um filme sobre abandono paterno Foto: Fernanda Liberti/ reprodução/ facebook "Os homens deveriam discutir abandono, não o aborto. Não vejo homens dispostos a discutir masculinidade/paternidade com o mesmo afinco que discutem a descriminalização do aborto", diz Alexandre, de 23 anos, ao blog "Hypeness". Alexandre Mortágua acrescenta ainda que, pela ausência do pai em sua vida, encontrou apoio nas mulheres próximas: "O filme se baseia nesse dado sobre o buraco, sobre a ausência, mas ele não fala disso. Ele fala sobre o que preencheu esse buraco. E, ...

    Leia mais
    kieferpix:Thinkstock

    Aborto clandestino é drama para mais de meio milhão de mulheres no Brasil

    A grande maioria dos brasileiros (59%) se opõe a mudanças na legislação para facilitar o aborto, segundo pesquisa Por EFE no Exame kieferpix:Thinkstock Mais de 500 mil mulheres por ano abortam clandestinamente no Brasil, onde a discussão sobre o problema se acentuou após a paulistana Rebeca Mendes levantar a voz por se ver obrigada a viajar para a Colômbia a fim de interromper voluntariamente sua gravidez de forma legal. Mãe solteira de dois filhos e aos 31 anos, ela se transformou na imagem da luta a favor da descriminalização do aborto no país, hoje permitido somente em casos de estupro, de risco de morte para a mãe ou se o feto apresentar anencefalia. “Fiquei grávida em novembro e, quando descobri, foi muito perturbador. Fiquei o ano passado todo tentando marcar consultas com ginecologistas para mudar meu anticoncepcional. Se o sistema público de saúde tivesse me atendido ...

    Leia mais
    Editoria de Arte / OGlobo

    Combate ao feminicídio une mulheres nas eleições, mas aborto divide candidatas

    Elas que concorrem a presidente e a vice pregam envolvimento social no enfrentamento à violência de gênero por Cleide Carvalho / Tiago Aguiar no O Globo Editoria de Arte / OGlobo Seis mulheres estão na disputa pelos dois principais cargos do Executivo nestas eleições. São duas candidatas à Presidência e outras quatro a vice — número que pode subir para cinco, caso a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB) venha a substituir Fernando Haddad na chapa do PT. Protagonistas na disputa pelos cargos mais altos da República, nenhuma delas fez sua trajetória política baseada em plataformas feministas. Também acreditam que soluções para os problemas que mais afligem as mulheres, como desigualdades entre os gêneros, dependem do empenho da sociedade, além de medidas governamentais. O GLOBO apresentou a elas 8 perguntas abordando temas como feminicídio, aborto e discussões sobre gênero nas escolas. As candidatas foram unânimes em afirmar que ...

    Leia mais
    From the book, Life Without Father by David Popenoe

    O Aborto Masculino

    A comparação entre aborto e abandono paterno ganhou uma frase que pipoca nas redes sociais sempre que um dos dois temas aparece: “o aborto masculino já é legalizado”. por Camila Brandalise no Universa From the book, Life Without Father by David Popenoe Diz respeito, na verdade, ao grande número de homens que abandonam filhos e mães e deixam a obrigação de criar a criança sob responsabilidade apenas da mulher. No Brasil, 5,5 milhões de crianças não têm o nome do pai na identidade. Quem usa o termo afirma que é uma provocação: enquanto o tema aborto desperta paixões e discussões acaloradas, o abandono paterno não tem a mesma atenção. “Há uma quantidade muito grande de mães criando filhos sozinhas. E sobre isso nada é falado. Já sobre a escolha da mulher grávida abortar ou não o debate ganha até contornos de fanatismo”, afirma a antropóloga e pesquisadora da ...

    Leia mais
    Fernando Frazão/Agência Brasil

    Aborto: Uma dívida da democracia brasileira

    No Brasil, uma em cada 5 mulheres de até 40 anos já interrompeu uma gestação. Dessas, 56% são católicas, 25% são evangélicas ou protestantes e 7% professam outras religiões. A maioria delas já é mãe: 67% têm filhos.Esses dados são fundamentais para compreender a dimensão do aborto no Brasil e, em especial, identificar quem são as mulheres que estão voluntariamente interrompendo gestações que não desejam levar a termo. Descobrir que essas mulheres são adultas, religiosas e que não necessariamente repudiam qualquer possibilidade de exercer a maternidade (afinal, muitas já são mães) contraria o que diz o senso comum ou os discursos contrários a descriminalização do aborto. Por Daniela Rosendo, do Justificando  Fernando Frazão/Agência Brasil Com a audiência pública da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 442 (ADPF 442), que tramita no Supremo Tribunal de Federal (STF), nos dias 3 e 6 de agosto, a sociedade brasileira ...

    Leia mais
    Página 1 de 14 1 2 14

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist