Home

No mundo inteiro, o número 33 é visto como algo cabalístico, poderoso, forte. Para os cristãos, significa a plenitude da maturidade, e a idade que Jesus Cristo morreu crucificado. Na cabala, o número representa o “Sephirah Datht” (a Sefirot invisível) que os rabinos chamam de “conhecimento”. Na numerologia, um 3 seguido de outro 3 significa criatividade, comunicação, extroversão. Ou seja, tudo se resume em maturidade e expansão. nesta sexta-feira 30, Geledés -Instituto da Mulher Negra chega aos 33 anos, com a colheita de importantes  mudanças em um ano tão avassalador de crise sanitária, mas ao mesmo tempo acenando para projetos futuros que possam sempre fortalecer a população negra, em especial as mulheres negras.

ESCOLHA DE GELEDÉS

Os legados para as meninas negras só podem ser construídos por mulheres negras que movem as estruturas

As mulheres negras são 28% da população brasileira¹. Em números reais, estamos falando de aproximadamente 59 milhões de histórias e vidas diferentes entre si, mas submetidas a questões sociais comuns: todas são atravessadas, desde a infância, ainda que indiretamente, pelo racismo e machismo que operam as relações sociais no Brasil. Frequentemente vemos a existência de mulheres negras relacionadas às mazelas da sociedade brasileira, e embora sejamos as vítimas mais recorrentes de homicídios², existe uma força ancestral que ainda nos mantém como o maior grupo demográfico do país. As mulheres negras são a minoria no mercado de trabalho, no quadro político, nas direções de empresas, na televisão e nas instâncias dos poderes legislativo, executivo e judiciário. Somamos a este cenário os dados do Insper³ que apontam que na mesma profissão, os homens brancos chegam a ganhar mais que o dobro que as mulheres negras. Destacamos ainda, que a pandemia aprofundou este...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist