Ativistas realizam beijaço no plenário da Câmara dos Deputados

Em audiência pública realizada na tarde desta terça-feira (24), artistas e ativistas culturais ocuparam o plenário da Câmara dos Deputados, onde estavam presentes os deputados Marcos Feliciano (PSC-SP), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Do Catraca Livre

Em homenagem aos deputados homofóbicos, um casal de ativistas realizou um beijaço que foi aplaudido pelo público. Os manifestantes entraram no local com cartazes escrito “Fora Temer”, “Cultura Contra o Golpe no Brasil” e “Temer Golpista”. Confira as fotos e o vídeo divulgados pelo Mídia Ninja:

 

 

 

 

+ sobre o tema

Debora Bloch: “Não sei se minha filha sabia que fiz aborto”.

Debora Bloch resolveu se posicionar sobre… aborto. Recentemente, ela...

Médico do Rio de Janeiro é acusado de agredir mulheres durante o parto

Um médico da rede pública municipal do Rio de...

Editorial Terra de Direitos: Um Supremo Tribunal Federal diverso fortalece a democracia

Com a aposentadoria de Rosa Weber, a terceira mulher...

Casa das Rosas realiza oficina de criação poética voltada para mulheres negras

Oficina propõe exercícios de escrita a partir de experiências...

para lembrar

Os 10 piores estados do Brasil para ser negro, gay ou mulher

Os 10 piores estados do Brasil para ser negro,...

As Gêmeas

As duas meninas-moça, as duas meninas-mulher, confirmavam os princípios...

Militantes defendem a criminalização da homofobia durante conferência nacional

Por um país livre da Pobreza e da discriminação...

Meninas que não podem ser crianças

Segundo uma recente pesquisa feita pela Plan International no...
spot_imgspot_img

Mortalidade materna de mulheres pretas é o dobro de brancas e pardas, diz estudo

Mulheres pretas têm quase duas vezes mais risco de morrer durante o parto ou no puerpério que mulheres pardas e brancas, segundo um estudo da Unicamp (Universidade Estadual...

Plataforma Mães Negras debate impactos do peso na vida profissional

A Plataforma Mães Negras do Brasil, startup (empresa emergente) de impacto social, cujo objetivo é a promoção do desenvolvimento socioeconômico de mães negras, promove nesta quarta-feira...

Mãe Hilda de Jitolú, a matriarca do Ilê Aiyê

Em 1988, quando uma educação afrocentrada ou antirracista ainda não estava no imaginário brasileiro, uma mulher preta que nunca frequentou a escola abriu sua casa, em Salvador (BA)...
-+=