Centro de Estudos Africanos

Divulgação/UFMG

O Centro de Estudos Africanos está vinculado à política de internacionalização da UFMG e tem como objetivos:

1-fomentar a internacionalização da UFMG na África, aprimorando continuamente tanto sua capacidade de competir em editais relativos a ações de internacionalização, bem como sua integração em redes acadêmicas voltadas à cooperação internacional;

2-incrementar as atividades de cooperação acadêmica entre a UFMG e Instituições de Ensino Superior africanas;

3-congregar pesquisadores, da UFMG e de outras Instituições de Ensino Superior que desenvolvam pesquisas pertinentes à África, ou realizadas com a participação de pesquisadores africanos.

O Centro de Estudos Africanos é coordenado por um Comitê de 5 membros indicados pelo Reitor, um dos quais é seu Presidente. Cabe ao Comitê Coordenador do Centro de Estudos Africanos definir e organizar suas atividades, decidir sobre os pedidos de filiação e associação a ele encaminhados, considerar e decidir sobre as propostas de atividades e propor ao Comitê de Internacionalização da UFMG encaminhamentos atinentes às relações com a África.

Composição

Pesquisadores Filiados – docentes da UFMG que desenvolvem trabalhos de pesquisa concernentes à África ou em parceria com pesquisadores da África.

Pesquisadores Associados – docentes de outras Instituições que desenvolvam trabalhos na/sobre a África e que tenham trabalho de pesquisa em cooperação com Pesquisadores Filiados.

Pós-Graduandos Associados – estudantes ou ex-estudantes de Curso de Pós-graduação da UFMG que desenvolvem pesquisa concernente à África.

Dr. Luiz Alberto Oliveira Gonçalves – Coordenador

Prof. do Departamento de Ciências aplicadas à Educação da Faculdade de Educação

Dra.Sônia Maria de Melo Queiroz

Profa. da Diretoria de Ação Cultural

Dr. José Nélio Januário

Prof. do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina

Dra. Vanicléia Silva Santos

Profa. do Departamento de História da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas

Dr. Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto

Prof. do Departamento de Demografia da Faculdade de Ciências Econômicas

Centro de Estudos Africanos

e-mail :[email protected]

 

Fonte: UFMG

+ sobre o tema

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de...

Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a...

para lembrar

Em uma semana casos de Covid-19 aumentam 300% nas escolas em SP, aponta Apeoesp

O Sindicato dos Professores do Ensino oficial do Estado...

Quero ser professor

Segundo o Ministério da Educação, os professores da rede...

Representações sociais de bullying por professores

por: Cristina Helena Bernadini  Fonte: Dominio Público - ...

Ilhéus: Seminário discute inclusão da História e Cultura Afro na rede municipal

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal...
spot_imgspot_img

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, 151,5 milhões sabem ler e escrever ao menos um...

Provas do Enem 2024 serão em 3 e 10 de novembro; confira o cronograma

O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10...

Da proteção à criação: os pós-docs negros da USP nas fronteiras da inovação

Desenvolvimento de produtos, novas tecnologias para a geração de energia, manejo ecologicamente correto na agricultura e prevenção à violência entre jovens nativos digitais. Essas...
-+=