Contra a violência, lésbicas e bissexuais realizam ato em SP

Marcha que ocorre neste sábado (3) percorrerá da rua Augusta ao Largo do Arouche; casos de violações contra homossexuais cresceram 46,6% em 2012
Por Heloísa Ballarini

Com o objetivo de lutar contra a violência e o preconceito, neste sábado (3) acontece a 12ª caminhada de lésbicas e bissexuais de São Paulo. A concentração será a partir das 14h na Avenida Paulista.

Com o tema “Lésbicas e Bissexuais em luta contra o machismo e a violência”, a caminhada percorrerá a rua Augusta e terminará por volta das 17h no Largo do Arouche.

“O Brasil experimenta alguns avanços neste sentido, mas ainda sofre com a violação de muitos direitos. Violação perpetrada principalmente por pessoas com ideias fundamentalistas que há séculos fazem um uso perverso da religião para exercício de poder, e cujas ações e discursos odiosos condenam o amor livre e a diversidade humana”, diz em nota o movimento Católicas Pelo Direito de Decidir, umas das entidades que organizam o ato.

Os casos de violações (que inclui violência física, psicológica e discriminação) contra homossexuais no Brasil cresceram 46,6% em 2012, segundo o último lançamento feito pelo Relatório sobre Violência Homofóbica no Brasil. Foram 9.982 casos de violações contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Em 2011, esse número foi de 6089 casos. Por dias foram registrados 27,3 casos de violações.

Fonte: Brasil de Fato

+ sobre o tema

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

Charlotte Maxeke ou a “Mãe da Liberdade Negra” na África do Sul

Dedicou a sua vida à luta pelos direitos das...

Homofobia em Brasília: a agressão de jovens gays com garrafada no bar Simpsons

Três jovens gays foram agredidos nesta semana no bar...

Alto nível de escolaridade não garante às mulheres maior renda, indica estudo

Mesmo com vários motivos para empreender, as mulheres enfrentam alguns conflitos na...

para lembrar

Filha de Nina Simone defende Zoe Saldana, que interpreta a artista em filme

A filha de Nina Simone defendeu Zoe Saldana das...

Angolana é a primeira estrangeira à frente da bateria da Pérola Negra

Ninguém pode dizer que ela não se impõe. “Deixe-me...

Marca de make faz campanha de base com modelo que tem vitiligo

Amy Deanna é a estrela do anúncio da linha...

Casa Marielle é inaugurada no Rio com exposição permanente sobre a história da vereadora

Foi inaugurada, na tarde deste domingo, a "Casa Marielle",...
spot_imgspot_img

ONGs LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política no Brasil, diz relatório

ONGs de apoio à causa LGBTQIA+ enfrentam perseguição e violência política para realizar seu trabalho no Brasil, mostra um relatório produzido pela Abong (Organizações Brasileira de ONGs) em...

Menstruação segura ainda é desafio no Brasil, indica Unicef

Uma enquete do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), concluiu “que o direito de menstruar de maneira digna, segura e com acesso...

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...
-+=