Cuba aprova casamento e adoção para casais LGBTQIAP+ no país

Enviado por / FonteCorreio Braziliense, por AFP

É a primeira vez que os cubanos votam para a validação de uma lei. Se aprovada, a nova legislação substituirá a que se encontra em vigor desde 1975.

Cuba votou a favor de legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a adoção gay e a barriga de aluguel, ao “ratificar” em referendo o Código das Famílias apoiado pelo governo — informou a autoridade eleitoral nesta segunda-feira (26/9).

Os resultados preliminares indicam uma “tendência irreversível”, com 66% dos votos apurados até agora a favor da nova legislação, disse a presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CEN), Alina Balseiro, à televisão estatal.

“O Código das Famílias foi ratificado pelo povo”, afirmou.

A legislação precisava de mais de 50% de apoio para ser validada.

Balseiro destacou que 36 circunscrições eleitorais estão em aberto, principalmente no leste do país, devido às chuvas e ao mau tempo pela proximidade do furacão Ian.

“Com a alegria dos primeiros resultados do referendo a favor do #CodigoSí, entramos em uma semana desafiadora com o furacão #Ian muito próximo”, disse o presidente Miguel Díaz-Canel em sua conta no Twitter.

Segundo dados oficiais, 6.251.786 eleitores exerceram seu direito de voto, o equivalente a 74,01% do recenseamento eleitoral. Do total de 5.891.705 votos válidos, 3.936.790 foram pelo “sim” (66,87%), e 1.950.090, pelo “não” (33,13%).

“Estes resultados foram validados pelo CEN e mostram uma tendência irreversível”, frisou Balseiro, destacando a “transparência, confiabilidade e imparcialidade” do processo eleitoral.

O novo Código das Famílias cubano, que entrará em vigor imediatamente, substitui o vigente desde 1975 e define o casamento como a união “entre duas pessoas”. Com isso, abre as portas para o casamento homossexual e para a adoção para casais do mesmo sexo.

Também permite o reconhecimento legal de vários pais e mães, além dos biológicos, assim como a barriga de aluguel, sem fins lucrativos, além de agregar outros direitos que favorecem crianças, idosos e deficientes.

Esta é a primeira vez que uma lei diferente da Constituição é submetida a um referendo em Cuba.

+ sobre o tema

Minc defende tipificação da homofobia como crime em passeata no RJ

Fonte: G1-Notícias Foto:  Tiago Melo/G1 AM Rio de Janeiro, 17 mai...

Seppir e Mp de Minas Gerais firmam parceria pela promoção da igualdade racial

Assinatura de cooperação será nesta segunda (03/06), na sede...

O batom vermelho e o empoderamento

Esse texto foi produzido ano passado logo após o...

Mariana Munhão: “Não é fácil acordar e saber que a sua filha virou filho”

Quando descobri que o Luan é transgênero passei a...

para lembrar

Somos afrolatinas, elas, tu e eu: vem pro festival Latinidades 2014!

por Blogueiras Negras Mais uma vez o Festival da Mulher...

Perfil do mercado de trabalho feminino será lançado no dia 26

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de...

Uma cena cheia de identidade

Em seu mais recente livro, Larissa Ibúmi Moreira mapeia...

Aula Pública Opera Mundi: por que a sociedade precisa legalizar o aborto?

"Aborto acontece em todas classes sociais e a mulher...
spot_imgspot_img

Defender Maria da Penha é defender a vida das mulheres, os direitos humanos e a democracia

Maria da Penha está sendo ameaçada de morte. Foi necessário que a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, recorresse ao governador do Ceará, Elmano de Freitas,...

Naomi Campbell celebra 40 anos de carreira com exposição em Londres

Para celebrar os 40 anos de carreira, a supermodelo britânica Naomi Campbell, 53, ganhou uma exposição no Museu Victoria & Albert, em Londres, na Inglaterra. Intitulada “Naomi: In...

O pior conselho de carreira que Lupita Nyong’o recebeu após ganhar um Oscar

Após vencer o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel em 12 Anos de Escravidão (2013), Lupita Nyong'o recebeu diversos conselhos.  Uma década depois da vitória do prêmio, a atriz relembrou...
-+=