quinta-feira, maio 19, 2022
InícioEducaçãoEste professor explicou perfeitamente como funciona o privilégio

Este professor explicou perfeitamente como funciona o privilégio

O material usado? Uma lixeira e algumas folhas de rascunho.

Por Nathan W. Pyle Do Buzz Feed

Certa vez, vi um professor de ensino médio fazer um exercício simples para ensinar a seus alunos como funciona o privilégio e a mobilidade social. Ele começou dando a cada aluno um pedaço de rascunho e pediu que todos fizessem uma bolinha de papel.

Imagens: Nathan W. Pyle / Via buzzfeed.com

Então, ele apontou para a lixeira que estava na parte da frente da sala de aula.

enhanced-1247-1416597281-1-1

Ele disse: “A brincadeira é simples: vocês representam a população do país. E todo mundo tem a chance de ficar rico”.

enhanced-10891-1416597196-10-1

“Para isso, tudo o que vocês precisam fazer é acertar sua bolinha de papel na lixeira. Mas vocês não podem sair dos seus lugares.”

enhanced-22256-1416597441-1

Os alunos do fundo da sala imediatamente reclamaram, notando que os alunos das fileiras da frente tinham muito mais chances de conseguir acertar a lixeira.

enhanced-19008-1416597333-9

Todos tentaram e — conforme o esperado — a maioria dos alunos que estavam nas fileiras da frente conseguiu acertar a lixeira. No entanto, da parte de trás da sala, poucas pessoas acertaram.

enhanced-1262-1416597762-1

O professor concluiu a lição dizendo: “Quanto mais perto você estava da lixeira, maiores eram as suas chances. O privilégio é assim. Notaram que os únicos que reclamaram da injustiça estavam no fundo da sala?”.

enhanced-6523-1416593112-26

“Por outro lado, as pessoas que estavam na frente nem sempre notavam o seu privilégio. Tudo o que podiam ver eram os 3 metros entre elas e seu objetivo.”

enhanced-20775-1416597017-2

“A tarefa de vocês é estar ciente dos seus próprios privilégios. E utilizar esse privilégio específico que estão tendo agora, chamado ‘educação’, para fazer o seu melhor para atingir grandes feitos e defender aqueles que estão nas fileiras de trás.”

Artigos Relacionados
-+=