FNDE lança plataforma Antonieta de Barros, iniciativa para consolidar dados da educação brasileira

Enviado por / FonteGOV.BR/FNDE

Apresentação da ferramenta será na próxima terça-feira, 18, e terá transmissão ao vivo pelo YouTube

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), lançará na próxima terça-feira, 18, a plataforma Antonieta de Barros, um inovador hub de dados que reunirá informações de investimentos, execução e monitoramento dos programas e ações da autarquia. O evento de lançamento iniciará às 9h30, no auditório do FNDE, e será transmitido ao vivo pelo YouTube, ampliando o alcance e a transparência da iniciativa.

Este portal é pioneiro na administração pública, refletindo o legado de Antonieta de Barros, a primeira mulher negra a assumir um cargo legislativo no Brasil. Nascida em 1901, Antonieta foi eleita deputada estadual em Santa Catarina e dedicou sua vida à educação como meio de transformação social e combate às desigualdades. Sua trajetória é um símbolo de resistência e determinação, inspirando políticas educacionais voltadas para a inclusão e a justiça social. A plataforma presta uma homenagem a essa figura histórica, reforçando o compromisso com a transparência e a melhoria da gestão pública.

Benefícios e funcionalidades da plataforma

A plataforma Antonieta de Barros tem como objetivo principal reforçar a transparência dos dados educacionais, oferecendo uma visão abrangente e acessível das informações relacionadas aos programas do FNDE. Entre as principais funcionalidades e benefícios estão:

  • Acessibilidade pública: Os dados estarão acessíveis ao público, permitindo que qualquer pessoa interessada possa consultar informações detalhadas sobre os programas.
  • Login GOV.BR: Para acessar a plataforma, será necessário estar logado em uma conta GOV.BR, garantindo a segurança e a personalização do acesso.
  • Centralização de dados: A plataforma reunirá todos os dados dos programas executados pela autarquia em um único lugar, facilitando a consulta e a análise.
  • Transparência e simplicidade: Com uma linguagem simples e direta, a plataforma apresentará os dados de maneira clara, tanto para o público interno quanto externo do FNDE.
  • Recorte atemporal: A ferramenta proporcionará uma visão histórica e atual dos dados, permitindo análises comparativas e a identificação de tendências ao longo do tempo.
  • Auxílio na governança de dados: A plataforma contribuirá significativamente para a governança de dados, aprimorando a gestão e a tomada de decisões baseadas em evidências.

Importância para a educação

A criação da plataforma Antonieta de Barros representa um avanço significativo na gestão da informação educacional no Brasil. Ao proporcionar um acesso fácil e transparente aos dados, o FNDE fortalece seu compromisso com a eficiência na aplicação dos recursos públicos. Além disso, a ferramenta facilitará a análise de dados, permitindo que gestores e pesquisadores identifiquem áreas de melhoria e sucesso, contribuindo para a formulação de políticas educacionais mais eficazes e inclusivas.

+ sobre o tema

para lembrar

Consciência Negra: um longo caminho para a liberdade

As lutas pela liberdade começaram há séculos e ainda...

Carta à Sociedade Brasileira sobre a destinação dos recursos dos Royalties do Petróleo à Educação

CARTA À SOCIEDADE BRASILEIRA E AO CONGRESSO NACIONAL O Pacto...

Precisamos Falar do PNE e dos Direitos Educativos da População Negra

Semana de Ação Mundial   Por: Suelaine Carneiro -  Socióloga, feminista,...

Casa Sueli Carneiro oferece bolsa de estudos para Ciclo de Conferências

A Casa Sueli Carneiro e Instituto Singularidades oferecem 30 bolsas...
spot_imgspot_img

Geledés publica boletins sobre a Primeira Infância nos estados brasileiros

Geledés Instituto da Mulher Negra está realizando as ações da segunda etapa do projeto “Primeira Infância no Centro: garantindo o pleno desenvolvimento infantil, uma...

PL do novo PNE apresenta avanços em equidade e dá primeiro passo em financiamento, mas precisa de melhorias estruturais e traz também retrocessos

O Projeto de Lei (PL) nº 2.614/2024, que prevê um Plano Nacional de Educação (PNE) para o período de 2024-2034, apresenta avanços relacionados à...

Jovens cientistas receberão apoio de mais de R$ 21 milhões para pesquisas   

O Instituto Serrapilheira anunciou, nesta quarta-feira (26), os 33 pesquisadores selecionados em dois editais que vão injetar mais de R$ 21 milhões em ciência no Brasil. Uma...
-+=