Governo do Estado mantém ator preso e incomunicável em Campo Grande/MS

 

Apesar de estar passando por cima do Art. 21 do código penal, o Governo do Estado através da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) continua a manter preso e, sem nenhuma comunicação, o ator e ex-candidato a vereador de Campo Grande(MS), Eduardo Miranda Martins.

A incomunicabilidade do indiciado

A incomunicabilidade, evidentemente, era medida severa e, por isso mesmo, só poderia ocorrer quando o interesse da sociedade ou a conveniência da investigação estivesse a exigi-la.

Na atual Constituição, entretanto, no Capítulo destinado ao Estado de Defesa e ao Estado de Sitio, proclama, no art 136.

Cabe ressaltar também que obstante a incomunicabilidade na prática, esta somente poderia se tornar real se não houvesse contato algum do indiciado com pessoa sequer, nem mesmo a de seu advogado, sendo de se certa forma, um meio de se colocar comunicável. Não é o caso de Dudu.

Direito Net

“Eduardo Miranda Martins está sendo mantido preso no presídio de trânsito de Campo Grande, sem assistência de advogado”

Advogados preocupados com a garantia do direito constitucional do preso à defesa e inclusive, com sua integridade física, vez que o preso está sob custódia da Secretaria de Segurança do Governo do Estado, compareceram ao Presídio de Trânsito e foram informados pelo Chefe da Segurança de que o preso não poderá receber advogados porque o presídio dispõe de poucos funcionários.

A Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados da OAB – MS, pelo Presidente da Comissão Dr. Marco Catelo, steve no Presídio de Trânsito, e novamente não foi proporcionado atender o preso.

ator preso

Droga Plantada

Declaração de um amigo de Dudu:

“Durante abordagem, a Polícia encontrou 23 papelotes de cocaína e uma porção de maconha na mochila de Eduardo Miranda Martins.”

Todo mundo que conhece, o Dudu , sabe que o cara não é e nunca foi traficante. Os “grandes” já tinham marcado o Dudu há muito tempo e aproveitaram a situação para tira-lo de circulação. Isso tá me parecendo droga plantada.

 

Fonte: Portal i9

 

+ sobre o tema

Toni Bernardo Silva – Direitos Humanos discute assassinato de ex-aluno da UFMT

A Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo a...

Cresce campanha contra redução da maioridade penal

Debate, ato público, audiência pública, manifestação. A semana de...

Ribeirão Preto: Casa de prostituição que tinha adolescente é fechada

Fonte: Folha de São Paulo - Local funcionava às...

para lembrar

Não precisamos de direitos humanos no Brasil

por Leonardo Sakamoto no Blog - Amor, fecha rápido o vidro...

ONU lança campanha contra preconceito no Brasil

Fonte: G1- Prostitutas, gays, lésbicas, portadores de HIV e negros...

O exílio sem sair de casa

Para homens e sociedades, querer e acreditar ser constituem...
spot_imgspot_img

Impacto do clima nas religiões de matriz africana é tema de evento de Geledés em Bonn  

Um importante debate foi instaurado no evento “Comunidades afrodescendentes: caminhos possíveis para enfrentar a crise climática”, promovido por Geledés -Instituto da Mulher Negra em...

Comissão da Saúde aprova PL de garantia de direitos à pacientes falciformes

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (5), o Projeto de Lei nº 1.301/2023, que reconhece a doença falciforme como...

Comissão Arns recebe Prêmio Eny Moreira de Direitos Humanos

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos D. Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns recebeu, na tarde da última quarta-feira (05/06), o Prêmio Eny...
-+=