Itaú Cultural e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul abrem inscrições para Mestrado Profissional em Economia e Política da Cultura e Indústrias Criativas 

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Gratuita, a iniciativa é destinada para graduados no ensino superior em qualquer área, desde que em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Com foco na aplicação do conhecimento econômico, teórico e prático, nos estudos sobre cultura e indústrias criativas, o curso, que chega a sua segunda turma, é virtual, podendo ter aulas presenciais na sede do Itaú Cultural, de acordo com as medidas sanitárias vigentes

A partir das 10h de 10 de janeiro (segunda-feira), o Observatório Itaú Cultural e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) abrem as inscrições para o Mestrado Profissional em Economia e Política da Cultura e Indústrias Criativas, formação realizada em parceria pelas duas instituições. Os interessados podem se inscrever até as 17h do dia 23 de janeiro, por meio de leitura e preenchimento de formulário disponibilizado exclusivamente pelo site do Itaú Cultural  www.itaucultural.org.br. O mesmo site divulgará os selecionados no dia 18 de março (sexta-feira).  

As aulas iniciam em março podendo ser presenciais, no Itaú Cultural, ou virtuais – a definir de acordo com as medidas sanitárias adotadas pelos órgãos competentes no momento. Caso não sejam presenciais, elas serão realizadas por meio de encontros virtuais síncronos, ou seja, em tempo real, no modelo de ensino remoto emergencial (ERE). 

O mestrado está diretamente relacionado a questões econômicas referentes à economia criativa. Ele é direcionado preferencialmente a estudantes e profissionais sem título de pós-graduação stricto sensu, que desejam aprofundar estudos e pesquisas, no âmbito de sua atuação atual ou pretendida. Clique aqui para acompanhar o edital. Os principais objetivos do mestrado são viabilizar a aplicação do conhecimento econômico, teórico e prático, nos estudos sobre a cultura e indústrias criativas, além de construir uma base sólida e estruturada de referências sobre políticas culturais, de maneira a qualificar a discussão de forma simples e direta, mas rigorosa.  

O curso visa, ainda, prover insumos conceituais e técnicos para a análise aprofundada de estatísticas econômicas relativas à cultura e às indústrias criativas, assim como estimular a discussão qualificada sobre o tema a partir de experiências internacionais selecionadas. 

SERVIÇO: 

Inscrições para oMestrado Profissional em Economia e Política da Cultura e Indústrias Criativas
De 10 de janeiro (a partir das 10h) a 23 de janeiro (até às 17h) de 2022, exclusivamente pelo site do Itaú Cultural www.itaucultural.org.br 

30 vagas – 50% delas destinadas a ações afirmativas
Divulgação dos selecionados: 
dia 18 de março (sexta-feira), também no site do Itaú Cultural 

Início das aulas: março – presenciais ou por ensino remoto emergencial (ERE), a definir de acordo com as medidas sanitárias adotadas pelos órgãos competentes 

Itaú Cultural 

www.itaucultural.org.br 

www.twitter.com/itaucultural
www.facebook.com/itaucultural 

www.youtube.com/itaucultural 

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE.

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Unicamp divulga o calendário do vestibular de 2022; inscrição começa em 2 de agosto

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou o calendário...

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira

Estão sendo oferecidas, ao todo, 239.601 vagas em 130...

Tema africanidades pauta Unicamp

A Unicamp lançou ontem, no auditório do Grupo Gestor...

Por: Fernanda Pompeu O professor

1964 + 50 Histórias de pessoas de carne e osso...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=