Guest Post »

Justiça Militar absolve sargento homossexual do crime de injúria

Laci Araújo criticou uma procuradora após ter sido preso por deserção

A Auditoria Militar de Brasília absolveu o sargento do Exército Laci Araújo do crime de injúria, após audiência nesta segunda-feira (23). O MPM (Ministério Público Militar) denunciou o sargento por ter feito acusações contra uma procuradora da Justiça Militar em junho de 2008, após ter sido preso por deserção.

“O militar alegou, diante de militares e autoridades civis, que a procuradora teria sido denunciada por improbidade administrativa, entre outras acusações”, diz nota publicada pelo STM (Superior Tribunal Militar). A denúncia do MPM foi feita em 2010.

Para a auditoria, não há provas suficientes para justificar a condenação por injúria. Outro argumento é que o sargento estava estressado e alterado psicologicamente por causa da prisão. Em 2008, Laci Araújo foi detido dias depois de assumir relacionamento homossexual com outro militar, o então sargento do Exército Fernando Alcântara.

 

 

Fonte: R7

Related posts