Morre a travesti Luana Muniz, símbolo da Lapa

Ela ficou famosa pelo bordão ‘Travesti não é bagunça’ e por acolher travestis, prostitutas e pessoas em situação de rua em um casarão no bairro

Do O Dia 

Rio – Morreu, na madrugada deste sábado, a travesti Luana Muniz, 59 anos, um dos símbolos da Lapa. De acordo com as primeiras informações, Muniz faleceu por conta de complicações e uma forte pneumonia. Luana ficou famosa pelo bordão ‘Travesti não é bagunça’, que figurou em humorísticos da TV, e por acolher travestis, transexuais, portadores de HIV, prostitutas e pessoas em situação de rua em um casarão na Rua Mem de Sá.

Luana era uma das fundadoras do projeto Damas da Prefeitura, que capacita travestis e transexuais para o mercado de trabalho. Ela também presidia a Associação dos Profissionais do Sexo do Gênero Travesti, Transexuais e Transformistas do Rio de Janeiro.

Sua amizade com o padre Fábio de Melo se deu pelo trabalho social desenvolvido na Lapa. Em um vídeo no Youtube, o sacerdote relembra o companheirismo de Luana e se emociona.

Pelo Facebook, diversos amigos fizeram homenagens. “Descanse em paz, minha amiga. Você merece por todo o trabalho que fez”, escreveu uma amiga. “Morre a dama do Rio, a rainha da Lapa”, escreveu outra. O velório de Luana vai acontecer neste domingo, às 13h, no Cemitério de Irajá.

+ sobre o tema

‘Eu era neonazista até ser presa e me apaixonar por uma negra’

Angela King lembra quando foi a um bar já...

Evento estudantil sofre ‘ataque de intolerância’, segundo organização

A 3ª Semana Cultural do Curso de Direito da...

Skinheads suspeitos de agressão homofóbica em Fortaleza são notificados para depor

Garoto foi agredido em praça em Fortaleza em 'presumido...

Família real britânica terá seu primeiro casamento gay

Primo da rainha Elizabeth II será conduzido no altar pela...

para lembrar

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Sônia Nascimento – Vice Presidenta

[email protected] Sônia Nascimento é advogada, fundadora, de Geledés- Instituto da...

Suelaine Carneiro – Coordenadora de Educação e Pesquisa

Suelaine Carneiro [email protected] A área de Educação e Pesquisa de Geledés...

Sueli Carneiro – Coordenadora de Difusão e Gestão da Memória Institucional

Sueli Carneiro - Coordenação Executiva [email protected] Filósofa, doutora em Educação pela Universidade...
spot_imgspot_img

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou que o Estado do Rio de Janeiro e o município do Rio se abstenham de apreender e...

Geledés e Alana lançam pesquisa sobre municípios que colocam a Lei 10.639/03 em prática

Em Diadema (SP), após um ano de implementação da Lei 10.639/03, que há 20 anos alterou a LDB e instituiu a obrigatoriedade do ensino da história e...

Superior Tribunal Militar julga recurso de condenados pela morte do músico Evaldo Rosa e do catador de latinhas Luciano Macedo, no RJ

O Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília, julga nesta nesta quinta-feira (29) um recurso contra a condenação de oito militares do Exército pelas mortes do músico Evaldo Rosa e do...
-+=