segunda-feira, setembro 20, 2021
InícioÁreas de AtuaçãoEducaçãoO 1º Congresso Internacional de Arqueologia da África

O 1º Congresso Internacional de Arqueologia da África

De 20 a 21 de setembro de 2021.

O 1º Congresso Internacional de Arqueologia da África pretende ser um marco para a arqueologia em língua portuguesa, dando oportunidade de fato para uma discussão sobre a importância da arqueologia africana e a cultura material. 

Este evento será o primeiro congresso de arqueologia africana realizado a partir de uma instituição pública brasileira. Esperamos que o ineditismo da temática, associado em sermos o segundo país com o maior número de população negra do mundo, tenha como resultado uma grande participação do público. Os participantes terão a oportunidade de conhecer esta área ainda sem expressão na pesquisa brasileira, mas com muita relevância, pois sabemos que na maioria das populações ágrafas, a arqueologia é a principal disciplina científica para se conhecer a história e cultura.

Teremos quase 30 apresentações de pesquisadores/as africanos/as e de outras nacionalidades, especialistas em arqueologia e cultura material africanas.  As pesquisas abrangem diversas temáticas, cronologias e regiões do continente africano, além de um debate especial sobre as terras pretas africanas e amazônicas.

Todas as apresentações em inglês e francês têm legendas em português. As traduções são fruto do nosso esforço de divulgar as pesquisas mais atuais no âmbito da arqueologia entre os falantes da língua portuguesa.

Convidamos a todxs a se inscreverem no evento pelo site:
www.arqueologiadaafrica.ufam.edu.br

Os inscritos receberão um link de acesso para a plataforma do evento, onde estão todos os links das apresentações.

PROGRAMAÇÃO – O 1º Congresso Internacional de Arqueologia da África  20 e 21 de setembro de 2021.

20/09/2021, Segunda-feira

10h ABERTURA

Sylvio Puga – Reitor da Universidade Federal do Amazonas
Raiane Assumpção – Vice-Reitora da Universidade Federal de São Paulo
Vanicleia Silva Santos – Universidade Pennsylvania
Fábio Franco – Embaixador do Brasil na Guiné-Bissau
Bruno Pastre – Universidade Federal do Amazonas

10h30 CONFERÊNCIA DE ABERTURA
Pygmy Rock Art of Uganda & South-central Africa
Profa. Catherine Namomo / University of the Witwatersrand – África do Sul

13h00 POTENCIALIDADE DAS PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS NO SUL DA ÁFRICA.
Os lugares centrais da tradição Zimbabwe-Khami em Moçambique, no contexto da África Austral
Solange Macamo – Universidade Eduardo Mondlane – Moçambique

Southern African Archaeology – State of art of the Discipline
Ancila Nhamo – University of Zimbabwe – Zimbábue

Histórico sobre a Arqueologia em Angola Maria Helena Benjamim/ Museu Nacional de Arqueologia de Benguela – Angola

Recintos amuralhados da Província de Huíla, elementos para um projeto de investigação
Soraia Santos Ferreira – Museu arqueológico de Huíla – Angola

A pintura rupestre como básico para repensar a transmissão do conhecimento Bárbaro Martinez-Ruiz – Indiana University

15h00 POTENCIALIDADE DAS PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS E DA CULTURA MATERIAL NA GUINÉ-BISSAU
Histórico das pesquisas arqueológicas na Guiné-Bissau
Bruno Pastre Máximo – Universidade Federal do Amazonas – Brasil

Vestígios da cultura material nos documentos escritos sobre Cacheu. História social de uma vila africana conectada ao mundo atlântico.  Século XVII
Vanicléia Silva Santos – University of Pennsylvania – EUA
O projeto Arqueológico de Cacheu, Guiné-BissauRui Gomes Coelho – Durham University – Reino Unido
Arqueologia do Kaabu e do FulaaduSirio Canos Donnay – Instituto de Patrimônio Nacional – Espanha

16h30 DEBATES SOBRE A CULTURA MATERIAL NO EGITO E NÚBIA ANTIGOS – UMA PERSPECTIVA BRASILEIRA
A importância de uma Egiptologia afrocentrada
Gilberto da Silva Francisco – Universidade Federal de São Paulo

Uma Egiptologia de Encruzilhada
Fábio Afonso Frizzo de Moraes Lima – Universidade Federal do Triângulo Mineiro

A questão animal e os bovinos de Kerma: em busca de Percepções endógenas Núbias à dominação Faraônica
Fábio Amorim Vieira – Universidade do Estado do Estado de Santa Catarina

Expansão, colonização e variabilidade mortuária no norte do Sudão na idade do Bronze
Rennan Lemos – Ludwig-Maximilians-Universität München

21/09/2021

09h – CONFERÊNCIA

A importância das Terras Pretas para a Teoria Arqueológica Tropical – ao vivo
Eduardo Neves – Universidade de São Paulo – Brasil
10h TERRAS PRETAS DA AMAZÔNIA E DA ÁFRICA
African Anthropogenic Dark Earths / Terras Pretas Antropogênicas da África
James Fairhead – University of Sussex – Reino Unido

O por que da Terra Preta? África e Amazônia em diálogo
James Fraser – Lancaster University – Reino Unido

As paisagens das Terras Pretas da Amazônia
Charles Clement – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – Brasil

Horizontes antrópicos na Amazônia
Wenceslau Teixeira – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Brasil

13h ARQUEOLOGIAS NA ÁFRICA OCIDENTAL: POTENCIAL DAS PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS – MESA 1
The archaeologist, the Griot and, the Musician and the difficult past of Slavery Trade
Ibrahima Thiaw – Universidade Cheik Anta Diop – Senegal

Bilan des recherches sur la métallurgie du fer en Afrique de l’Ouest: diversité et complexité d’une industrie ancienne
Hélene Timpoko Kienon – Universidade Felix Houphouet-Boigny Costa do Marfim

Recherches archéologiques au Burkina Faso: Essaie de Chronologie locale
Lassina Kote – Universidade de Ouagadougou – Burkina Fasso

Glass and Glass bead in West African Archaeology: Technological invention, regional interaction, and globalization
Abidemi Babatunde Babalola – Cambridge University – Nigeria

15h30m ARQUEOLOGIAS NA ÁFRICA OCIDENTAL: POTENCIAL DAS PESQUISAS ARQUEOLÓGICAS – MESA 2
Arqueologia em Cabo verde: o ontem, o hoje e o Amanhã
Nireide Pereira Tavares – Universidade de Lisboa – Cabo Verde

Estado da arte da Arqueologia em Cabo Verde
Sandra Samira Miranda – Universidade Federal de Pelotas – Cabo Verde

As raízes da urbanização na África pré-colonial subsaariana: novos indícios da região do Lago Chade
Carlos Magnavita – Goethe-Universität – Brasil

17h30 CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO/ Ao vivo
Diferentes fontes para a construção da história africana: um diálogo entre documentos, história oral e dados arqueológicos
Paulo Fernando de Moraes Farias – University of Birmingham – Reino Unido

18h30 – Mesa de encerramento – Balanço do evento e perspectivas futuras.
Vanicleia Silva Santos
Bruno Pastre Máximo
Gilberto da Silva Francisco

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

RELATED ARTICLES