Obama diz não ser necessário tirar foto ao lado de Mandela hospitalizado

Enviado por / FonteDo G1

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta sexta-feira (28) que não vê necessidade de tirar uma foto ao lado do herói da luta anti-apartheid Nelson Mandela, que se encontra hospitalizado em estado crítico em Pretória.

‘Veremos como está a situação quando aterrissarmos. Não preciso de uma foto com ele. A última coisa que quero é ser inoportuno num momento de preocupação familiar’, afirmou Obama no caminho para a África do Sul aos jornalistas a bordo do avião presidencial Air Force One.

Obama chega após concluir uma visita ao Senegal que teve como foco melhorar a segurança alimentar e promover as instituições democráticas.

A Casa Branca espera que a turnê africana do democrata sirva como resposta ao que alguns veem como anos de negligência por parte do governo do primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

Antes de deixar Dacar, Obama tinha agendado um encontro com agricultores e empresários locais para discutir as novas tecnologias que estão ajudando os agricultores e suas famílias na África Ocidental, uma das regiões mais pobres e mais propensas à seca do mundo.

Mas é Mandela, o ex-presidente sul-africano de 94 anos que está lutando pela vida em um hospital de Pretória, que vai dominar o dia do presidente, mesmo antes de sua chegada a Johanesburgo.

Questionada na quinta-feira se Obama faria uma visita a Mandela, a Casa Branca disse que será uma decisão da família.

“Vamos atender completamente os desejos da família Mandela e trabalhar com o governo sul-africano no que diz respeito à nossa visita”, disse o vice-conselheiro de segurança nacional Ben Rhodes a repórteres no Senegal.

“O que a família Mandela considerar adequado é o que estamos focados em fazer em termos de nossa interação com eles.”

Obama considera Mandela, também conhecido como Madiba, como um herói. Independentemente de um encontro, autoridades disseram que a viagem serviria principalmente como uma homenagem ao líder da luta contra o apartheid.

“Eu tive o privilégio de conhecer Madiba e falar com ele. E ele é um herói pessoal, mas eu acho que não sou o único que pensa assim”, disse Obama na quinta-feira. “Se e quando ele partir deste lugar, uma coisa que eu acho que todos nós vamos saber é que o seu legado vai se prolongar ao longo dos tempos.”

O presidente dos EUA chega na tarde desta sexta-feira à África do Sul e não tem eventos públicos programados. Ele poderia ir para o hospital. Durante a viagem, Obama deve visitar Robben Island, onde Mandela passou anos na prisão.

 

 

+ sobre o tema

Zumbi prepara programação para mês da consciência negra

A Faculdade Zumbi dos Palmares prepara para novembro,...

Homenagens a Paulo Moura

    Eduardo Nunomura Um instituto, um acervo...

Projeto Macumba celebra a cultura afro-brasileira em “Festival Batuques do Samba”

Organizado pela Companhia Transitória e tendo a música popular...

Usain Bolt larga namorada por preparação olímpica

O campeão olímpico e mundial Usain Bolt terminou seu...

para lembrar

Emicida – Sobre crianças, quadris, pesadelos e lições de casa

Desde muito antes de ser “descoberto” pela mídia especializada...

Mãe de duas meninas, Gloria Maria teve de adequar guarda-roupa para não ‘pagar’ calcinha

Usar roupa curta não é tarefa fácil. Celebridades e...

Entrevista explosiva com Milton Santos

Em agosto de 1998, a revista Caros Amigos publicou...

Tribunal Penal Internacional elege mulher de Gâmbia como promotora

Fatou Bensouda, ex-chefe do governo do país, foi eleita...
spot_imgspot_img

Obrigada Shirley

É com muita tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento da Shirley Villela, nossa companheira e amiga, tecedora da Redes da Maré, de 2013...

Gilberto Gil é homenageado na Uerj por contribuições culturais ao país

Cantor, compositor, escritor, produtor musical, imortal da Academia Brasileira de Letras, ex-ministro da Cultura. Dono de vários talentos e posições, Gilberto Gil ganhou nesta...

Mulheres afrodescendentes são destaque em evento internacional pela conservação ambiental e justiça climática

No último dia 14, a vice-presidenta da Colômbia, Francia Márquez, esteve no fechamento do evento internacional “Garantir a posse da terra e os direitos...
-+=