Podcast 2082, apresenta história afrofuturista com viagem no tempo

Artigo produzido por Redação de Geledés

Conteúdo está disponível na página do Spotify de Geledés - Instituto da Mulher negra

Já imaginou como seria nossa sociedade se a constituinte de 1988 desaparecesse de todos os documentos oficiais? O podcast ‘’2082’’ conta como duas cientistas conseguem fazer a primeira viagem do tempo para garantir a preservação de um dos mais importantes documentos para a democracia brasileira.ível na página do Spotify de Geledés – Instituto da Mulher negra

Com três episódios, o podcast apresenta um enredo envolvente que busca estimular o imaginário do ouvinte com diálogos de diferentes acontecimentos na nossa recente história.

“Gab é a mente por trás da máquina do tempo e age como uma espécie de guia para Kora no decorrer da história. É uma mulher alegre e competente, mas obcecada pelo sucesso da missão”, descreve Maria Irmany, roteirista do podcast.

Outra personagem é a Kora, uma cientista e antropóloga que vai resgatar os dados históricos perdidos após uma pane na central de dados digitais, ocorrido 22 anos antes.

“Kora é uma militante com personalidade tranquila e centrada, que desempenha uma importante missão na história”, relata Tatiana Pereira, diretora do projeto.

2082 faz parte do projeto de conclusão no Curso de Multimídia, desenvolvido pelo programa de comunicação, de Geledés Instituto da Mulher Negra. O material pode ser acessado no Spotify e nas redes sociais da instituição.

Ficha Técnica 

Direção

Tatiana Pereira

Roteiro

Brisas Ribas e Maria Irmany

Produção

Éden

Montagem e Edição

Brisas Ribas e Jeniffer Estevam

Captação de áudio

Éden, Maria Irmany

Elenco

Brisas, Éden, Jeniffer, Maria e Tatiana

Direção de Arte

Jeniffer Estevam

Conceito e Arte

Éden e Jeniffer Estevam

Comunicação

Éden, Maria Irmany, Tatiana Pereira

Agradecimentos

AcervoCultne/Ras Adauto;/Vik Birkbeck/Enugbarijó

Distribuição

Geledés

+ sobre o tema

para lembrar

Na pandemia, Viviani descobriu sua vocação de professora

Antes da pandemia, Viviani de Sousa Gomes, de 41...

Use sua arma mais poderosa: o voto!

Há poucos dias do pleito, a cédula eleitoral é...

“O dia 25 de julho é um marco de luta para as negras”

por Kátia Mello Em sua quinta edição, é possível dizer...

Os quilombolas gritam por seus direitos pelo mundo

Uma comitiva de lideranças negras atravessou o Atlântico e aportou na COP 26 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas), em Glasgow, na...

Um chamado aos brancos: o Brasil passa fome!!! Participe com doações para a campanha “Tem Gente com Fome, dá de comer”

Em 1996, quando aos 20 e poucos anos essa branca aqui que vos fala aportou na sede do Geledés, Sueli Carneiro, filósofa, sócio-fundadora da...

“A Mangueira está ajudando a redimir Jesus”, diz pastora Lusmarina Garcia

A escola de samba carioca Estação Primeira Mangueira nem desfilou e seu enredo “A Verdade Vos Fará Livre” já está causando uma grande discussão...
-+=