quinta-feira, janeiro 28, 2021

Tag: escandinávia

Uma breve reflexão sobre as pessoas que “desistiram do Brasil” e estão indo para Miami

A designer Malu Guerra e seu marido, o consultor José Arnaldo Navarro, desistiram do Brasil. Por: Paulo Nogueira Do: DCM Vão morar em Miami, decepcionados com a derrota de Aécio. Tenho um certo problema com textos como o de Mônica, que não quantificam as coisas e apontam tendências com base em nada. Um recurso clássico de jornalistas sem estatísticas é este: “Cresce o número de”. Se entendi bem a coluna, “cresce o número” de pessoas de classe média alta que estão indo embora do Brasil, rumo ao “paraíso” americano. Como a crise econômica nos Estados Unidos se arrasta desde 2008, sem dar mostras de que vá arrefecer, tenho dúvidas sobre as oportunidades que brasileiros desiludidos encontrarão lá. Miami, por exemplo. Num levantamento recente feiro pelo site 24/7 Wall St, Miami apareceu como a quarta cidade americana mais malgovernada. A taxa de desemprego, de 10,3%, é uma das maiores dos Estados ...

Leia mais
Capital finlandesa pode dar adeus ao transporte individual a partir de 2015

Capital finlandesa pode dar adeus ao transporte individual a partir de 2015

Felipe Lopes Testes para sistema impressionante de integração entre veículos urbanos toma formas em Helsinki Em uma década, Helsinki, a capital da Finlândia, espera se tornar uma cidade livre de carros.Pelo menos no sentido individual da coisa. Lá, os jovens cidadãos sequer querem saber de comprar um. É esperado que, em dez anos, todas as formas de mobilidade sejam integradas e compartilhadas, sendo assim desnecessário o uso individual do veículo. Parece ficção científica utópica, mas a parada já está bastante palpável. Isso porque, a partir do ano que vem, a cidade vai implantar um sistema de “mobilidade por demanda”, que funciona como uma “rede de compartilhamento de automóveis” totalmente disponível por um app. Por meio de um smartphone, a pessoa informa até onde quer ir e o aplicativo arranja o melhor tipo de transporte, além de já fazer o pagamento por isso. Os caras inventaram o celular com a Nokia ...

Leia mais

A contribuição de Luciana Genro ao debate político presidencial

por : Paulo Nogueira Luciana Genro não será uma campeã de votos em 2014. Mas, ainda assim, a contribuição que ela deu ao debate eleitoral é milionária. Dois assuntos vitais para o Brasil teriam ficado na gaveta se ela não os trouxesse à cena com sua ousadia gaúcha: a tributação das grandes fortunas e a regulação da mídia. O sistema tributário brasileiro é um absurdo. É regressivo. Isso significa que, proporcionalmente, paga mais quem tem menos dinheiro. Luciana Genro tem uma proposta para começar a corrigir essa aberração. Taxar em 5% ao ano fortunas acima de 50 milhões de reais. Com seu estilo divertido e incisivo, amplificado pelo indomado sotaque gaúcho, ela diz que quer taxar o “ricaço”, e não o riquinho. Luciana Genro está propondo algo que vigora da Escandinávia, e que explica, em grande parte, o avanço extraordinário da sociedade da região. Os escandinavos ricos se orgulham de ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist