Tag: igualdade racial

Foto: Divulgação

Leci promove lançamento da Cartilha por Igualdade Racial e Combate ao Racismo

Na próxima quinta, 12/5, a deputada Leci Brandão e a Frente Parlamentar Para Promoção da Igualdade Racial e em Defesa dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais realizam um ato solene para o lançamento de uma cartilha que reúne propostas da Assembleia Legislativa de São Paulo para a promoção da igualdade racial e combate ao racismo. De acordo com a equipe de coordenação do projeto, o documento traz um compilado de proposituras apresentadas no Parlamento paulista entre 1985 e 2020. Confira a íntegra da apresentação do projeto abaixo. "Mapeamos a produção legislativa a partir da abertura democrática com a criação da Constituição, Estadual vigente, promulgada em 5 de outubro de 1989 por uma Assembleia Estadual Constituinte eleita em 1987. Para efeito de organização, pontuamos sete eixos temáticos a partir dos quais pode-se classificar as proposituras: Racismo, Religiões de Matrizes Africanas e Território, Cultura, Trabalho, Educação, Mulheres Negras e Segurança Pública. É ...

Leia mais
Foto: Divulgação

Estatuto da Igualdade Racial: Uma Década Depois – Apontamentos e Reflexões

A obra "Estatuto da Igualdade Racial: uma década depois - apontamentos e reflexões" está disponível para aquisição, em formato ebook, no site da Amazon e traz apontamentos e reflexões sobre os avanços, conquistas e dificuldades enfrentados nos 10 anos de vigência da lei n⁰ 12.288/2010. Curta, compartilhe essa informação e adquira seu exemplar em: https://www.amazon.com.br/Estatuto-Igualdade-Racial-Apontamentos-Reflex%C3%B5es-ebook/dp/B08QZWKHWM/ TODO O VALOR ARRECADO SERA REVERTIDO PARA A CAMPANHA "TEM GENTE COM FOME DÁ DE COMER", da COALIZÃO NEGRA POR DIREITOS. ** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

Leia mais
A jornalista Anielle Franco (Foto: Bléia Campos)

Em defesa da democracia e de saúde para todos

Na última semana, escrevi nesta coluna sobre a campanha #TemGenteComFome e hoje, mais uma vez, abro espaço para falar sobre os últimos acontecimentos do Brasil. Por mais que quisesse falar sobre outros temas como as conquistas e encontros do mês de março no Instituto Marielle Franco ou mesmo, sobre a minha qualificação no mestrado de Relações Étnico-Raciais do CEFET, que contou com a presença de mulheres incríveis em minha banca, como Sueli Carneiro e Bianca Santana. Mas, a coluna de hoje não será sobre minhas vitórias, mas, sim, sobre minhas preocupações, uma vez que obviamente eu não poderia me abster dos últimos acontecimentos do nosso país. Antes de mais nada, nos últimos dias tivemos momentos de risco para democracia, como por exemplo o malabarismo feito pelo presidente da república Jair Bolsonaro com trocas ministeriais e uma tentativa frustrada de escalada autoritária. Já na pandemia de covid-19, tivemos novos recordes batidos, ...

Leia mais
Negros continuam a ser alvo de racismo estrutural e institucional em muitos países europeus

Opinião: Europa precisa despertar para o racismo

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. Este mesmo princípio, consagrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos, esteve no centro da reconstrução da Europa após a Segunda Guerra Mundial e é o alicerce do sistema internacional de direitos humanos. Lamentavelmente, muitas vezes os negros não são tratados de acordo com esse princípio. Apesar de todos os progressos alcançados no campo da igualdade e da não discriminação, eles continuam a ser alvo de racismo estrutural e institucional em muitos países europeus. Se você é negro, tem mais chances do que um branco de enfrentar discriminação no mercado de trabalho, na educação, na área da saúde e de moradia, e de ser parado e revistado pela polícia. Embora a maioria dos Estados europeus não reúna dados sobre discriminação racial, alguns relatórios dão uma ideia da magnitude do problema. Na França, uma pesquisa da autoridade independente Defenseur des ...

Leia mais
Chadwick Boseman - May/NurPhoto via Getty Images) (Cheriss May/NurPhoto via Getty Images)/Reprodução

10 discursos famosos para refletir sobre o racismo

É preciso falar sobre racismo. Seja nas redes sociais, no cinema ou na mesa do bar. O assunto é sério, antigo, mas ainda está presente no dia a dia. Atacando pessoas no Brasil e no mundo, ele está enraizado e pode se apresentar de uma maneira mais explícita por meio de comentários carregados de preconceitos e atitudes discriminatórias ou mesmo de forma velada em diálogos do dia a dia ou na falta de representatividade negra em diversas áreas. Por isso, o GUIA separou dez discursos marcantes para você refletir sobre o tema. Neles, é possível ouvir o relato de negros sobre o racismo, abordando os desafios tanto em suas carreiras quanto em suas vidas pessoais. Confira: Martin Luther King “Eu tenho um sonho de que um dia, nas colinas vermelhas da Geórgia, os filhos de ex-escravos e os filhos de ex-donos de escravos poderão sentar-se juntos à mesa da irmandade. ...

Leia mais
Divulgação

ID_BR promove Fórum e Prêmio ‘Sim à Igualdade Racial’ no dia 10 de outubro

Prêmio vai reconhecer os principais nomes e iniciativos em prol da igualdade racial no Brasil, enquanto Fórum pretende discutir empregabilidade negra Multishow exibe a premiação na TV a partir das 17h O Instituto Identidades do Brasil promove no próximo dia 10 de outubro, a partir das 10h, o Fórum e o Prêmio “SEnviim à Igualdade Racial”. Organizado anualmente pelo Instituto, o primeiro tem o objetivo de discutir a empregabilidade negra, criando debates, apresentando tendências e trajetórias profissionais para inspirar soluções. Já a premiação busca reconhecer os principais nomes e instituições que atuam em prol da igualdade racial no Brasil. Os dois eventos terão formato virtual e serão exibidos em sequência na página do ID_BR no Facebook. O Prêmio “Sim à Igualdade Racial” também terá exibição no Multishow, a partir das 17h. “Estamos unindo o Prêmio e o Fórum pela primeira vez na história do ID_BR, pois entendemos que seria uma ...

Leia mais
Unidade do Magazine Luiza no Ribeirão Shopping — Imagem retirada do site G1

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 10 e a Igualdade Racial no Mercado de Trabalho

Este ano começou com muitas mudanças no mundo do trabalho, com a pandemia muitos trabalhadores perderam seu ganha pão e como era de se esperar os negros são os mais prejudicados com o desemprego e piores condições de trabalho. Mas o mercado também está surpreendendo com ações pontuais de contratação de negros para cargos de maior responsabilidade. Uma iniciativa inovadora do Magalu chega para contribuir com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Algumas empresas e instituições estão com iniciativas de disponibilizar vagas direcionadas para negros em cargos de maior responsabilidade. O movimento é positivo, mas precisamos monitorar essas vagas para saber quem está sendo contratado, se os cargos estão realmente sendo ocupados por negros. Esse movimento está em evidência e requer um olhar analítico para não correr o risco do “Marketing Racial”, que consiste na contratação de uma pessoa negra como estratégia de propaganda, visando o lucro, não ...

Leia mais
OAB/Divulgação

Advogados negros divulgam manifesto contra racismo na OAB

Um grupo de advogados negros encaminhou ao presidente da seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES), José Carlos Rizk Filho, um manifesto pela "erradicação do racismo como prática genocida contra a população negra", praticado "dentro da própria Ordem". Eles exigem que a OAB/ES "tenha posturas concretas, permanentes e vigilantes de combate a todas as manifestações de racismo", sendo necessária uma "ação sistêmica e urgente de transformação das práticas realizadas pela Ordem dos Advogados do Brasil". Os advogados denunciam a ausência da população negra nos diversos espaços da OAB, como nos eventos organizados pelas comissões temáticas da instituição e na própria diretoria. "Registramos, ainda, que quando a população negra conquista determinados espaços, como por exemplo, na Comissão de Igualdade Racial da OAB/ES, a mesma encontra diversas dificuldades para concretizar ações que garantam de fato a conscientização, reconhecimento, promoção da igualdade, defesa dos direitos étnico-raciais e, consequentemente, os direitos da ...

Leia mais
Foto: ACNUR/Martim-Gray-Pereira

Equidade e igualdade racial devem orientar ação dos Estados na resposta à COVID-19

Especialistas em direitos humanos das Nações Unidas disseram em comunicado divulgado nesta segunda-feira (6) que a discriminação estrutural pode exacerbar a desigualdade no acesso a cuidados de saúde e tratamento para a COVID-19, levando a disparidades raciais nos resultados de saúde e aumento da mortalidade e morbidade entre afrodescendentes. Da ONU Foto: ACNUR/Martim-Gray-Pereira Um número desproporcional de pessoas de ascendência africana trabalha em indústrias de serviços, vive em comunidades densamente povoadas, enfrenta insegurança alimentar e falta d’água e muitas vezes não tem acesso a moradias seguras. Especialistas em direitos humanos da ONU fizeram um apelo urgente aos governos para se comprometerem com a equidade racial e a igualdade racial na prestação de serviços de saúde para todos durante a crise da COVID-19 ou arriscar uma taxa de mortalidade mais alta por causa da discriminação. O Grupo de Trabalho de Especialistas em Pessoas de Ascendência Africana disse em ...

Leia mais
Imagem retirada do site

A juventude que fortalece a luta por igualdade racial

O Brasil foi o último país do ocidente a libertar negros escravizados. A sanção da Lei Áurea aconteceu em 13 de maio de 1888 e jogou sobre a princesa Isabel o protagonismo de um processo que, na verdade, foi construído e conquistado por diferentes setores da sociedade. Um processo sobretudo popular. Pioneiro, o Ceará foi a primeira província do País a libertar a população negra que era explorada, castigada, subalternizada. A abolição no Estado aconteceu quatro anos antes do restante do Brasil, em 25 de março de 1884, marco histórico que em 2011 se tornou a Data Magna do Ceará, através de lei publicada no Diário Oficial do Estado. Mais que um feriado, uma data que não pode passar despercebida, momento para impulsionar reflexões e celebrar um grupo étnico que compõe a cearensidade e conta com a vivacidade de uma juventude que já não aceita narrativas engessadas e manuais de ...

Leia mais

Prêmio homenageia sete personalidades que se destacam na luta por igualdade racial

Evento será realizado no próximo dia 14 de novembro como parte do Mês da Consciência Negra Por Ana Cristina Sampaio e Joanna de Ângelis, Da Agência Alagoas Homenageados da solenidade do Tia Marcelina 2018 (Foto: Letícia Sobreira) Sete personalidades serão agraciadas este ano com o Prêmio Tia Marcelina, uma homenagem à ex-escrava de origem africana, descendente do Quilombo dos Palmares e matriarca do Candomblé em Alagoas. O evento acontecerá no próximo dia 14, no Jatiúca Hotel & Resort, em Maceió, a partir das 18h30. O Prêmio Tia Marcelina é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), em parceria com o Conselho de Promoção da Igualdade Racial de Alagoas (CONEPIR). Foi criado em 2016 pelo governador Renan Filho para reconhecer e agraciar pessoas e entidades que atuam na luta pela igualdade racial e trabalham para ...

Leia mais
Peter Aprahamian/ iStock.

MPT e agências fazem pacto pela igualdade racial

No próximo dia 23 de setembro, em São Paulo, o Ministério Público do Trabalho, juntamente com líderes de algumas das maiores agências do Brasil, vão formalizar um pacto para a maior inclusão de profissionais negros no mercado publicitário. Do Promoview Foto: Peter Aprahamian/ iStock. Mais do que isso, a solenidade marca o comprometimento das empresas do segmento com a valorização de diversas iniciativas em um pacto pela igualdade racial. O documento já foi assinado por Africa, Artplan, BETC, DPZ&T, F/Nazca, FCB, JWT, Leo Burnett Tailor Made, Mutato, Ogilvy, Publicis, SunsetDDB, Talent Marcel, Tribal, WMcCann e Y&R. Desde o primeiro semestre de 2019, o Ministério Público do Trabalho tem convocado os profissionais dos departamentos de RH e diversidade das agências para reuniões mensais em sua sede, em São Paulo, para debater o assunto. Mais recentemente, as principais lideranças das empresas foram chamadas para ajudar na construção e ...

Leia mais
Elza Lopes falou que departamento discute projeto para cota raciais no serviço público — Foto: Reprodução

Departamento de igualdade racial defende cotas para negros no serviço público em Rio Branco

Proposta foi divulgada no bate-papo do G1 Acre desta sexta-feira (12). Departamento de Promoção da Igualdade Racial também divulgou programação da 7ª Quinzena da Mulher Negra. Do G1 O Departamento de Promoção da Igualdade Racial quer discutir com a Câmara de Vereadores de Rio Branco uma forma de inserir cota racial para o serviço público na capital acreana. Durante o bate papo do G1 Acre, nesta sexta-feira (12), a chefe do departamento, Elza Lopes, falou sobre a proposta desenvolvida e as dificuldades em apresentar projetos sobre as mulheres negras. Através da assessoria, a Câmara informou que ainda não houve uma reunião para tratar o assunto. Na oportunidade, Elza falou ainda sobre a programação da 7ª edição da Quinzena da Mulher Negra, que começa nesta segunda-feira (15) já com uma audiência pública sobre violência doméstica. O evento é em alusão ao dia 25 de julho, que é o Dia Internacional da ...

Leia mais
O jornalista e escritor Oswaldo Faustino reforça a importância do fortalecimento do movimento negro nos dias de hoje / Foto: Laísa Gabriela de Sousa

“Estamos vivendo um dos piores momentos do racismo brasileiro”, afirma escritor

Oswaldo Faustino fala sobre as polêmicas em torno da Lei Áurea e o retrocesso na promoção da igualdade racial Por Tayguara Ribeiro, do Brasil de Fato O jornalista e escritor Oswaldo Faustino reforça a importância do fortalecimento do movimento negro nos dias de hoje / Foto: Laísa Gabriela de Sousa A Lei Áurea, que decretou o fim da escravidão legal, após três séculos de trabalho forçado, foi promulgada às pompas no dia 13 de maio de 1888 como a lei mais popular e a última do Brasil Imperial (1822-1889). Mesmo assim, o Brasil foi o último país do Ocidente a abolir a escravatura. A assinatura da Lei nº 3.353 pela princesa Isabel libertou e, ao mesmo tempo, abandonou pessoas em condições desumanas. Para o jornalista e escritor Oswaldo Faustino, a data não deve ser lembrada ou comemorada pela figura da filha de Dom Pedro II como ...

Leia mais
Mirts Sants, fundadora do projeto, afirma que a descoberta de novos talentos da literatura negra e o antirracismo são os principais objetivos do clube literário. (Foto: Instagram)

Especialista em Direitos Humanos cria o primeiro clube literário antirracista do Brasil

Fundado por uma quilombola, o intuito do projeto é promover a igualdade racial por meio da produção literária. Participantes receberão títulos escolhidos por uma curadoria especializada Por Iron Ferreira, do Heloisa Tolipan A especialista em Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais e Quilombolas, Mirts Sants, é fundadora da iniciativa Pretaria BlackBooks, um clube literário que visa a estimular a produção de livros e obras que promovam a igualdade racial no Brasil. Mirts explica que a iniciativa principal é difundir o lançamento de livros escritos por pessoas negras, bem como incentivar uma nova geração de autores: “O estopim para criar o projeto veio pelo fato de eu ser ativista quilombola e estudiosa das questões raciais, recebendo muitos pedidos de indicações de leitura sobre o tema. Essa demanda foi aumentando ao longo da minha trajetória e percebi que havia um interesse enorme por essas obras”. A partir de uma assinatura, os participantes irão receber mensalmente uma caixa ...

Leia mais
(Foto: Divulgação/ VII Seminário Agosto Para a Igualdade Racial)

VII Seminário Agosto Para a Igualdade Racial : Homenagem à Marielle Franco e Wangari Maathai

  (Foto: Divulgação/ VII Seminário Agosto Para a Igualdade Racial) Programação na Universidade  Estadual da Paraíba  e Universidade Federal de Campina Grande: 7:30h\ Dia 13 de agosto Local: Auditório da  Faculdade de Psicologia  da Universidade Estadual da Paraíba. Abertura:  Jair Nguni- Historiador e  Coordenador do VII Seminário Agosto Para a Igualdade Racial. Cantor, Compositor e Ambientalista  Dido Voxon Homenageia Wangari Maathai com a canção “ Vestida de Ébano.” Desenhista  e Artista Plástico  Jailson Silva Homenageia Wangari  Maathai e Marielle Franco. Exposição de  Fotografias sobre   Mulheres Negras- Projeto Enegrecida- Coordenação Carolina  Brito. Mesa redonda: Cotas  Para Negros e Índios  na Graduação e Pós- Graduação  na Universidade Estadual da Paraíba. Debatedores: Erivaldo Oliveira da Silva- Presidente da Fundação Cultural Palmares do Ministério da Cultura  do Governo Federal. Nelson Aleixo da Silva Júnior-  Graduado em Psicologia pelo Centro Universitário de João Pessoa, Mestre em  Administração pela Universidade Federal de ...

Leia mais

“Apenas com mobilização social e mandatos será possível mudar o sistema eleitoral” diz Benedita da Silva

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ), ex-senadora e primeira vereadora negra do Rio de Janeiro, participa de um grupo de 16 parlamentares que apresentou neste mês ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consulta para que metade da cota do chamado Fundo Eleitoral, e do tempo de propaganda eleitoral das candidaturas femininas seja destinada às mulheres negras. O Fundo Eleitoral foi criado em 2017 pelo Congresso Nacional para compensar o fim das doações por empresas, proibidas desde 2015. A iniciativa dos parlamentares foi encabeçada pela ONG Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro). Em maio passado, o TSE determinou que 30% dos recursos desse fundo, estimado em R$ 1,7 bilhão neste ano, e do tempo de rádio e TV sejam para candidatas. A decisão veio graças à mobilização da bancada feminina que apresentou a proposta ao tribunal no ano passado. Segundo dados do TSE de 2014, apenas Benedita da Silva e Tia ...

Leia mais

Conferência vai debater políticas de enfrentamento ao racismo

Centenas de especialistas, pesquisadores negros e negras, representantes da sociedade civil e do governo vão se reunir esta semana na 4ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Conapir) para discutir formas de enfrentamento ao racismo no Brasil. No bojo das atividades da Década Internacional do Afrodescendente (2015-2024), a conferência deste ano destacará os temas reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos. Por Débora Brito, da Agência Brasil Divulgação/Conapir A programação começa nesta segunda-feira (28), às 8h30, no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Na abertura, haverá uma palestra com o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) no Brasil, Niky Fabiancic, e a relatora-geral da Conferência Mundial contra o Racismo sediada em 2001, na África do Sul, Edna Rolland. Ainda integram a programação painéis temáticos e discussões em grupos de trabalho sobre diversos temas, como acesso à justiça, sistema prisional, saúde, direito à moradia, questões de gênero e religiões tradicionais ...

Leia mais

Conferência debaterá políticas de igualdade racial

O Ministério dos Direitos Humanos promoverá entre os dias 28 e 30 de maio, em Brasília, a IV Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Conapir). Reunirá lideranças da sociedade civil e representantes de governos para dialogar sobre as políticas públicas para o enfrentamento do racismo no Brasil. Da Istoé Divulgação/Sinapir Desde o ano passado, já foram realizadas 24 conferências estaduais e a Plenária Nacional Quilombola com a eleição de 825 delegados de todo o país para a conferência nacional, a ser realizada através da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), do Ministério dos Direitos Humanos, e do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial. Segundo o secretário nacional da Seppir, Juvenal Araújo, o evento será um momento importante de discussão entre sociedade civil e órgãos governamentais para o fortalecimento do diálogo e da cooperação em políticas públicas de igualdade racial. Para ele, essa transversalidade é ...

Leia mais

Igualdade racial aumenta engajamento dos funcionários

Pesquisa aponta que 54% da população brasileira é negra, no entanto, apenas 4,7% ocupam cargos executivos nas empresas Por  Karla Dunder, do R7   Engajamento dos colaboradores se reflete em aumento de produtividade (Dario Oliveira/03.02.2017/Estadão Conteúdo) O incentivo da empresa à diversidade racial influencia diretamente no engajamento dos colaboradores. É o que mostra a pesquisa “Black In – Como Engajar as Empresas com a Diversidade Racial”, realizada pela consultoria de engajamento Santo Caos. Esse engajamento dos colaboradores se reflete em aumento de produtividade e inovação, o que torna a empresa, em última análise, mais lucrativa. A pesquisa também mostra que 91% dos entrevistados afirmam admirar corporações que tenham políticas que incentivem a diversidade racial e 51% dos profissionais negros prefeririam trabalhar em empresas com políticas de diversidade racial. E por que a diversidade racial é tema de pesquisa? No Brasil, 54% da população é negra, no entanto, apenas 4,7% ocupam ...

Leia mais
Página 1 de 4 1 2 4

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist