UNESCO e parceiros promovem evento sobre papel da escola na formação de mais meninas nas ciências

Enviado por / FonteONU, por Pedro Barreto

A UNESCO e parceiros promovem nesta terça-feira (8) o evento online “Estrogênias: meninas na ciência”.

O encontro debaterá o papel essencial da escola na formação em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática – as quatro áreas conhecidas pela sigla em inglês STEM – com as cientistas brasileiras mais renomadas do mundo.

O evento conta com a participação de vencedoras do prêmio internacional L’Oréal-UNESCO para Mulheres na Ciência, como a física e professora Márcia Barbosa.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e parceiros promovem nesta terça-feira (8), às 17h, o evento online “Estrogênias: meninas na ciência”.

O encontro debaterá o papel essencial da escola na formação em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática – as quatro áreas conhecidas pela sigla em inglês STEM – com as cientistas brasileiras mais renomadas do mundo.

O evento conta com a participação de vencedoras do prêmio internacional L’Oréal-UNESCO para Mulheres na Ciência, como a física e professora Márcia Barbosa.

Oportunizar uma educação com foco no STEM é uma necessidade latente nos sistemas educacionais de todo mundo. Isso porque, de acordo com a UNESCO, as áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática são imprescindíveis para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostas pela ONU.

Além disso, as profissões de um futuro bem próximo vão requerer habilidades e competências cada vez mais relacionadas a STEM. Portanto, outro ponto de atenção é oferecer às meninas os mesmos incentivos para se desenvolver nessas áreas. 

Para refletir e pensar em caminhos possíveis para uma educação em STEM igualitária, a UNESCO no Brasil, a rede Positivo-Educacional e a Disney no Brasil organizam esse evento.

Em comemoração ao Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência (11 de fevereiro) e ao Dia Internacional das Mulheres (8 de março), o evento irá celebrar a importância de se investir mais na educação em STEM para mulheres e meninas. O seminário virtual também conta com o apoio de laboratórios de TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação) no Brasil.

Saiba mais: https://conteudo.site.educacional.com.br/estrogenias-2-edicao-2022

+ sobre o tema

Nota de preocupação e repúdio

Carta Aberta à Drª Gilda Carvalho Ministério Público Federal NOTA DE...

Dia de Luta pela Saúde da Mulher e de Redução da Morte Materna

A deputada Inês Pandeló, Presidente da Comissão de Defesa...

para lembrar

No Dia Mundial da Filosofia, Unesco lança revista sobre mulheres

Iniciativa pretende incentivar escritoras a "produzir da maneira mais...

Veja as medidas do governo Lula para garantir os direitos das mulheres

Em cerimônia histórica, realizada  no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira, 8...

“Reparação é reconhecer o que a História nos negou. E não é algo que a humanidade desconheça”, diz Epsy Campbell

Epsy Campbell Barr, presidenta do Fórum Permanente de Afrodescendentes da...
spot_imgspot_img

Inteligência ficou cega de tanta informação?

Em 1543, Nicolau Copérnico publicou seu livro "De Revolutionibus Orbium Coelestium" (Da revolução das esferas celestes), apresentando a teoria do modelo heliocêntrico. Galileu Galilei...

“Reparação é reconhecer o que a História nos negou. E não é algo que a humanidade desconheça”, diz Epsy Campbell

Epsy Campbell Barr, presidenta do Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU, deu uma parada em sua tribulada agenda durante o 3º Fórum Global contra o Racismo...

Em fórum da Unesco, Geledés aponta necessidade de incluir os meninos em políticas antimachistas

Neste segundo dia do 3º Fórum Global contra o Racismo e a Discriminação da Unesco, que aconteceu nesta quinta-feira 30 no SESC 14 Bis,...
-+=