Unicamp está com inscrições abertas para o vestibular de 2022 até 8 de setembro

Enviado por / FonteBrasil de Fato

A taxa de inscrição é de R$ 180 e deve ser paga até o dia 10 de setembro

A Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest) abriu as inscrições para o vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 2022, desta segunda-feira (2) até o dia 8 de setembro. A inscrição deve ser feita exclusivamente pela internet, por meio de um formulário.

No total, são oferecidas 2.540 vagas em 69 cursos. Além dessas, também serão distribuídas 639 vagas do Enem-Unicamp, com inscrição a partir de 3 de novembro. 

A taxa de inscrição de R$ 180 deve ser paga até o dia 10 de setembro. Um total de 8.327 estudantes conseguiram a isenção da taxa de inscrição, que vale para o Vestibular Unicamp 2022 e para o Enem-Unicamp 2022. 

A primeira fase será aplicada em 31 municípios do estado de São Paulo: Araçatuba, Barueri, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Franca, Guarulhos, Indaiatuba, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara D’Oeste, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos. Já fora do estado paulista, o exame será aplicado em cinco capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Salvador.

A Comvest disponibilizou um aplicativo gratuito para os candidatos receberem alertas importantes e terem acesso às informações do vestibular, o “Vestibular Unicamp”.

Calendário Vestibular Unicamp 2022

Inscrições – 2/8 a 8/9/2021
Pagamento da taxa de inscrição – até 10/9
1ª fase – 7/11/2021
2ª fase – 9 e 10/1/2022

Provas de Habilidades de Música:
15 a 24/9/2021 – Etapa I
22 a 28/10/2021 – Etapa II

Provas de Habilidades Específicas – 13 a 15/1/2022

Divulgação da primeira chamada – 14/2/2022, às 15 horas
Matrícula online (não presencial) da primeira chamada – das 9 horas do dia 15/2 às 17 horas do dia 17/2/2022

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Divulgação do gabarito do Enem está proibida, diz Justiça

Segundo assessoria, decisão faz parte de liminar que saiu...

Vereador diz que professores são inúteis e causa polêmica em SP

Críticas foram publicadas na internet. Segundo a polícia, vereador...

“Fechamento de escolas do campo é retrocesso”, afirma dirigente do MST

Por Luiz Felipe Albuquerque Da Página do MST Mais...

Estudante defende TCC sobre reconhecimento da beleza da mulher negra em quilombo no Pará

Durante mais de dois anos, a estudante promoveu oficinas...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=