Valentijn de Hingh, modelo transexual, usa vestido com bandeiras de 72 países onde ser gay é crime

Valentijn de Hingh, modelo transexual holandesa de 26 anos, mandou um recado impactante nesta semana para o mundo todo: ser gay é crime em 72 países, sendo que em diversos deles isso pode levar a prisão ou pena de morte.

no Catraca Livre

trans

Na foto postada no seu Instagram, ela disse que:

[quote font=”arial” font_size=”21″ bgcolor=”#” color=”#000000″ bcolor=”#” arrow=”yes”]”Todo país que mudar sua legislação, vai ter a sua bandeira substituída por uma bandeira do arco-íris. Vamos esperar que este vestido, mais cedo ou mais tarde, seja feito apenas por uma colcha de retalhos bem colorida”.[/quote]

+ sobre o tema

Juana Ramirez Santiago, ativista dos direitos das mulheres é assassinada na Guatemala

Juana Ramirez Santiago era uma das lideranças influentes da...

Feminicídio, Estado Penal e crime hediondo

Neste dia 8 de março a presidenta Dilma Rousseff...

Higui: atacada por ser lésbica, presa por defender-se.

Andando nas ruas do centro de Buenos Aires, entre...

Feministas apoiam nova ministra e aguardam debate sobre aborto

Para representantes de entidades ligadas às causas feministas, escolha...

para lembrar

Programa Justiça Sem Muros do ITTC lança campanha sobre visibilidade ao encarceramento feminino

Inspirado na arte de Laura Guimarães, o programa Justiça Sem...

Negro, gay e rapper: “Sofro preconceito diariamente, nada mudou”

Rico Dalasam desafia a normalidade nas questões musicais e...
spot_imgspot_img

Zezé Motta recebe Preta Gil, Sheron Menezzes e Aline Wirley no ‘Especial mulher negra’

Artista que acabou de completar 80 anos, Zezé Motta recebe Aline Wirley, Preta Gil e Sheron Menezzes no “Especial mulher negra”, que será exibido...

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....
-+=