10 anúncios acusados de promover a violência contra a mulher

Dolce e Gabbana

O anúncio da grife italiana foi veiculado na revista Esquire em 2012, e causou polêmica pela situação retratada, que dá a entender que a modelo pode ser abusada fisicamente por algum dos homens presentes no grupo que a cerca – parte deles já sem peças de roupas. A companhia se retratou após algumas reclamações de consumidores.

Calvin Klein

De conteúdo muito semelhante ao da Dolce & Gabbana, o anúncio da Calvin Klein foi veiculado na Austrália. A fotografia coloca a modelo deitada vulnerável em meio a um grupo de homens numa situação sugestiva.

size 590 Calvin Klein

Calvin Klein, de novo

Com um pouco mais de sutileza, mais ainda assim repetindo o tema dos anteriores (mulher vulnerável ante presença ameaçadora de homens) o segundo anúncio da Calvin Klein coloca um vulto masculino em cena. Não ficamos sabendo se o casal que está na imagem se conhece ou se ele representa um perigo.

size 590 Calvin Klein de novo

Duncan Quinn

Este anúncio da marca de ternos Duncan Quinn ainda é considerado uma das propagandas mais sexistas e perturbadoras da publicidade recente. A imagem, que deixa pouco à imaginação, recebeu críticas por dar a entender que a mulher retratada pode estar desacordada. Outro ponto criticado foi a referência ao enforcamento.

size 590 Duncan Quinn

Belvedere

A vodka norte-americana Belvedere retirou um anúncio do ar às pressas depois que a peça gerou uma polêmica discussão na internet sobre a insinuação de abuso sexual. Postada na página da marca no Facebook, a propaganda mostrava a imagem de uma mulher olhando de forma aterrorizada, enquanto um homem a segurava pelas costas. O texto dizia: “Ao contrário de certas pessoas, Belvedere sempre desce suave”.

size 590 anuncio-da-vodka-belvedere

 

Relish

A marca precisou se desculpar aos consumidores por este anúncio. As imagens mostram duas mulheres sendo revistadas de forma abusiva por dois policiais em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O CEO da empresa, Alessandro Esposito, disse, à época, que a campanha fora inspirada no filme “Thelma e Louise” e tinha um ponto de vista irônico. As imagens geraram polêmica na Itália, em Nápoles, onde estava sendo veiculada em outdoors.

size 590 35505 1 600

Blender

O anúncio da marca de liquidificadores Blender escolheu apostar num estilo de pouca sutileza. Apesar do olhar tranquilo, a modelo vestida apenas de salto alto e joias está pendurada em pedaços que descem do teto. A imagem foi considerada perturbadora por consumidores.

size 590 Blender

Anúncio do governo, Egito

O anúncio da TV estatal egípcia escolheu colocar a culpa dos abusos sexuais na vítima: o pirulito, que segundo o Business Insider representaria o modo conservador de se vestir, mostra que quem se cobre mais está mais segura. “Você não pode parar (as moscas), mas pode proteger-se”.

size 590 PSA Egito

Peta

Neste comercial do Peta, o namorado da protagonista tornou-se vegetariano. A decisão do homem lhe rendeu um vigor físico tão renovado que a parceira acabou sofrendo ferimentos graves, mas não achou isso um problema.

 

Ford

Três moças curvilíneas choram no porta-malas do ex-presidente italiano Silvio Berlusconi num anuncio da Ford. A filial indiana da montadora emitiu pedindo desculpas, dizendo que o anúncio ainda não estava aprovado.”Lamentamos profundamente este incidente. Isso nunca deveria ter ocorrido”, alegaram à época.

size 590 Berlusconi coloca amantes no porta-malas em anúncio

Epório Armani

Desastres do Photoshop

size 590 Anúncio da Emporio Armani com Beyoncé

Veja também:

Fonte: Exame

+ sobre o tema

Fim do feminicídio está associado a mudança cultural, dizem participantes de audiência

Mudanças socioculturais são necessárias para acabar com a violência...

Vitória em Goiás, derrota em São Paulo: “resoluções” de casos de estupro

Universidade Federal de Goiás demite professor acusado de estupro,...

Violência de gênero é tema de debate gratuito no Campo Limpo, em São Paulo

No dia 11 de setembro, terça-feira, o Usina de Valores e...

Lugar mais perigoso para mulheres é a própria casa, diz ONU

Segundo o relatório, assassinatos cometidos por parceiros ou familiares...

para lembrar

Nudez e pedofilia: onde está o real problema?

Incentivamos uma relação com a sexualidade desigual e potencialmente...

Quem são as vítimas “invisíveis” dos estupros no Brasil?

Estimativa é que apenas 10% de quem sofre com...

Médica alerta para estupro de meninas silenciado por familiares

Especialista do Ministério da Saúde alerta que falta integração...

Mutilação genital afeta 200 milhões de mulheres no mundo, diz ONU

Prática é considerada violação flagrante aos direitos humanos Do O...
spot_imgspot_img

Coisa de mulherzinha

Uma sensação crescente de indignação sobre o significado de ser mulher num país como o nosso tomou conta de mim ao longo de março. No chamado "mês...

A Justiça tem nome de mulher?

Dez anos. Uma década. Esse foi o tempo que Ana Paula Oliveira esperou para testemunhar o julgamento sobre o assassinato de seu filho, o jovem Johnatha...

Dois terços das mulheres assassinadas com armas de fogo são negras

São negras 68,3% das mulheres assassinadas com armas de fogo no Brasil, segundo a pesquisa O Papel da Arma de Fogo na Violência Contra...
-+=