2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT

Poder público e sociedade civil debaterão diretrizes para a implementação do Programa Estadual de Promoção da Cidadania LGBT do Acre

 

Por: Rose Farias (Assessoria FEM)

Em virtude do decreto publicado em 18 de maio de 2011, da presidenta Dilma Rousseff, que convoca a II Conferência Nacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), que acontecerá nos dias 15 a 18 de dezembro de 2011, o governo do Acre, através da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos realiza a 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT, com o tema: “Por um Acre livre da pobreza e discriminação: Promovendo a cidadania LGBT”. A cerimônia de abertura acontece nesta terça-feira, 25, a partir das 8h30, no Cine Teatro Recreio.

O encontro contará com a participação do representante da coodernação nacional LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Eduardo Santarelo, Lohren Beauty, conselheira da Presidência da República para assuntos ligados à juventude, e presidente nacional do grupo E-Jovem, e da coodenadora geral de segmentação do Ministério do Turismo, Priscilla Cavalcante, além dos palestrantes José Oliveira Júnior, vice-presidente do Observatório da Diversidade Cultural, Léo Mendes, jornalista e presidente da Articulação Brasileira de Gays, Pastor J. Conceição, chefe Divisão Direitos Individuais, Difusos e Coletivos, da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos e Osmarina Montreozol, diretora da Escola Estadual Heloisa Mourão Marques.

Durante dois dias, 25 e 26 deste mês, serão debatidos os eixos temáticos: Educação e Esporte; Cultura, Comunicação Social e Turismo; Sistemas de Justiça, Segurança Pública e Combate a Violência; Direitos Humanos, Poder Legislativo e Participação Social; Saúde; Trabalho, Geração de Renda e Previdência Social; Juventude, Desenvolvimento Social e Combate a Miséria; Mulheres, Trangêneros e Enfrentamento ao Machismo e Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo. A ideia é fortalecer as políticas públicas de combate à pobreza e à discriminação da população LGBT, com a implementação do Programa Estadual de Promoção da Cidadania LGBT do Acre.

No intuito de regionalizar uma política transversal entre governo e sociedade civil, antecedendo a II Conferência Estadual LGBT, foram realizadas três etapas regionais no mês de setembro, em Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Rio Branco, que culminou com a escolha de delegados dos municípios, que estarão participando do encontro.

“Faço um convite a toda sociedade para fazer valer este sonho, embalado na liberdade em promover a melhoria da qualidade de vida de milhares LGBT´s acreanos que necessitam de oportunidades, acessibilidade e inclusão de políticas públicas sem haver qualquer diferenciação ou discriminação por sua orientação sexual ou identidade de gênero”, convida Germano Marino, membro da comissão organizadora da conferência.

Programação

2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT

Por um Acre livre da pobreza e discriminação Promovendo a cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais

25 e 26 de outubro de 2011

Cine Teatro Recreio

Terça – Feira

25 de Outubro de 2011

Cine Teatro Recreio

MANHÃ

07h30 – Credenciamento

08h30 – Apresentação Cultural

08h40 – Mesa de abertura

10h00 – Leitura e Aprovação do Regimento Interno

12h00 – Almoço

TARDE

13h00 – Curta Metragem

14h00 – Palestra Diversidade com José Oliveira Júnior, vice-presidente do Observatório da Diversidade Cultural

15h00 – Intervenções de Utilidade Pública

15h40 – Palestra Escola Sem Homofobia – Avanços e Perspectivas com Pastor J. Conceição, chefe Divisão Direitos Individuais, Difusos e Coletivos, da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Léo Mendes, Jornalista e presidente da Articulação Brasileira de Gays e Osmarina Montreozol, Diretoria da Escola Estadual Heloisa Mourão Marques.

16h30 – Intervenção Cultural

17h00 – Encerramento

Quarta-Feira

26 de Outubro de 2011

Cine Teatro Recreio

MANHÃ

08h00 – Grupos de Trabalho

Educação e Esporte

Cultura, Comunicação Social e Turismo

Sistemas de Justiça, Segurança Pública e Combate a Violência

Direitos Humanos, Poder Legislativo e Participação Social

Saúde

Trabalho, Geração de Renda e Previdência Social

Juventude, Desenvolvimento Social e Combate a Miséria

Mulheres, Trangêneros e Enfrentamento ao Machismo

Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo

12h00 – Almoço

14h00 – Intervenção Cultural

14h15 – Aprovação Propostas Grupos de Trabalho

17h00 – Plenária Final Eleição de Delegados(as)

18h00 – Encerramento

+ sobre o tema

12 filmes para refletir sobre Descolonização da Educação e Povos Indígenas

A Equipe da Rádio Yandê reuniu uma lista com...

Brasil acata 159 das 170 recomendações da ONU sobre direitos humanos

Brasília – O governo do Brasil responde nesta...

para lembrar

Não as obriguem a sofrer

É uma violência obrigar uma mulher a manter por...

Violência contra a criança é debatida no último dia do Fórum de Direitos Humanos

    Brasília- A defesa dos direitos humanos e o enfrentamento...

Oxfam Brasil contrata ANALISTA DE GESTÃO DE CRM E DOAÇÕES

A Oxfam Brasil é uma organização brasileira fundada em...

A felicidade não é uma futilidade nem um luxo, diz secretário-geral da ONU em Dia Internacional

    Para comemorar o Dia Internacional da Felicidade, celebrado em todo...
spot_imgspot_img

Evento do G20 debate intolerância às religiões de matriz africana

Apesar de o livre exercício de cultos religiosos e a liberdade de crença estarem garantidos pela Constituição brasileira, há um aumento relevante de ameaças...

Raça e gênero são abordados em documentos da Conferência de Bonn

A participação de Geledés - Instituto da Mulher Negra na Conferência de Bonn de 2024 (SB 60), que se encerrou na última quinta-feira 13,...

NOTA PÚBLICA | Em repúdio ao PL 1904/24, ao equiparar aborto a homicídio

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar a sua profunda indignação com a...
-+=