Ação de Flávio Bolsonaro derruba lei de cotas em concursos públicos no Rio de Janeiro

Em ação proposta pelo deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP), o Tribunal de Justiça do Rio declarou ontem, por 18 votos a 3, a inconstitucionalidade da Lei municipal n° 5.401/2012, que estabelecia cotas em concursos públicos no Município do Rio de Janeiro, sem critério econômico, para negros e índios.

A maioria dos desembargadores entendeu que a iniciativa de leis como essa cabe ao Poder Executivo, e não a um vereador (PCdoB), como era o caso. Dois desembargadores, que também votaram pela inconstitucionalidade da lei, entenderam que o vício era material, pois quando as cotas estão desvinculadas do critério econômico perdem seu caráter de inclusão social e possibilitam situações em que um negro rico pode tomar o lugar de um negro pobre.

“Cotas sem o critério econômico promovem injustiça e incentivam o racismo. Fico satisfeito de fazer minha parte para uma sociedade que sonha banir da sua realidade o preconceito e a distinção entre seres humanos pela cor da pele.” Afirmou Bolsonaro.

A luta da família Bolsonaro continua nas três esferas do Poder Legislativo, pois o debate agora além de girar em torno da cor da pele, o PT, PSOL, PCdoB e outros, tentam a criação de cotas para homossexuais, usuários de drogas e ex-presidíários.

Fonte: Fórum Anti Nova Ordem Mundial

+ sobre o tema

Cancelamento de matrícula de cotista da Unirio gera revolta entre alunos e professores

A estudante universitária Amanda Silva Gomes, de 26 anos,...

Passageira chama cobradora de ‘neguinha atirada’ e depois chora ao ser presa

Mulher é presa por injúria racial após chamar cobradora...

Banco britânico se desculpa por ato racista contra cliente ruiva

Bancária disse que filha de cliente ficaria feliz por...

para lembrar

Alguém acredita que o sistema penitenciário brasileiro funciona?

“Lá é o espaço da miséria humana, da moenda...

Polícia divulga retrato falado de agressor da avenida Paulista

Por: Pedro da Rocha Cerca de cinco pessoas teriam abordado...

Marcha Contra o Genocídio do Povo Negro

Mobilização pede fim do genocídio de jovens negros no...
spot_imgspot_img

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...
-+=