Agro pede para Marina mudar trecho do programa

Setor faz pressão para que a candidata do PSB, Marina Silva, mude promessa de criar índice de produtividade agrícola para facilitar desapropriação para reforma agrária; tema é considerado como “fora da realidade” e “contrassenso”; presidente da Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Carlos Correa Carvalho, diz que “história parece a do bode que colocam na sala, para retirar em seguida, quando a situação se torna insuportável”; Marina vai ceder assim como fez com Malafaia?

247 – Ao escolher o deputado Beto Albuquerque como vice de sua chapa à Presidência, Marina Silva levantou um sinal de trégua com o setor do agronegócio e demonstrou deixar antigas rixas da época de ministra para trás.

A conturbada relação, no entanto, esbarrou em um novo impasse. O setor agora condiciona o apoio à candidata a uma mudança em seu programa de governo. Marina promete de rever indicadores de produtividade agrícola para facilitar desapropriação para reforma agrária.

A questão foi considerada por ruralistas como “fora da realidade” e um “contrassenso”. Segundo Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura do governo Lula, o índice de produtividade gera insegurança jurídica, “combatida há muito tempo e que ex-senadora havia incorporado em seu discurso”.

Já o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio, Luiz Carlos Correa Carvalho, diz que assunto causou “espanto”: “Parece a história do bode que colocam na sala, para retirar em seguida, quando a situação se torna insuportável”.

Essa não seria a primeira vez que Marina Silva abriria mão de suas convicções para ceder a interesses de seus aliados. Após divulgar programa em favor da causa gay, a candidata foi pressionada pelo pastor Silas Malafaia e, logo em seguida, publicou uma errata alterando o plano de governo.

Fonte: Brasil247

+ sobre o tema

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik...

Precarização do trabalho rural impacta mais pessoas negras e mulheres

Um relatório da Oxfam Brasil indica que mulheres e pessoas negras...

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

para lembrar

Uma manifestação à sombra do nada

As notícias do domingo não foram nada positivas para...

Fátima Oliveira: Carneirice, de direita ou de esquerda, dá dó

“Há uma justa medida em todas as coisas; existem,...

A volta do cipó de aroeira no lombo de quem mandou dar

Durante dia, este e os demais “blogs sujos” –...

O Existencialismo de Sartre em O Ser e o Nada

por AILA ALMEIDA MENDES Comprei o Ser e o Nada de Sartre quando...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) levará o caso da absolvição dos policiais na morte do jovem João Pedro...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito entusiasmado com a iniciativa do STF  de, ao invés de simplesmente decidir pela inconstitucionalidade daquilo que...

Mães de vítimas da violência policial em SP, RJ e BA vão à Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciar o Estado brasileiro

Representantes de movimentos de mães de vítimas da violência do Estado e organizações de direitos humanos como Anistia Internacional, Conectas Direitos Humanos, Instituto Vladimir...
-+=