Alicia Keys deixa diretoria da BlackBerry no fim de janeiro

 

São Paulo – Alicia Keys deixa o cargo de diretora criativa da BlackBerry no fim de janeiro. A informação foi divulgada pelo Business Insider. A saída encerra a colaboração da cantora americana com a companhia canadense exatamente um ano após sua contratação.

 

Alicia se tornou executiva da BlackBerry por ocasião do lançamento do BB10, novo sistema operacional da fabricante de smartphones.

“Nós adoramos a oportunidade de trabalhar com uma pessoa tão talentosa e apaixonada”, afirmou a empresa em comunicado.

Momentos difíceis

Entretanto, o casamento de Alicia com a BlackbBerry teve momentos difíceis. Em fevereiro do ano passado, Alicia foi flagrada usando um iPhone.

À época, o episódio gerou mal-estar e foi desmentido pela cantora. O smartphone da Apple é uma das principais razões da decadência da BlackBerry.

 

 

Fonte: Exame

 

+ sobre o tema

Debate no Brasil entra em outro patamar

A vitória de Luiz Inácio Lula da Silva nas urnas não...

Estremecimentos no meio diplomático

A notícia sobre as declarações do cônsul geral do...

Filme da produtora de Michelle e Barack Obama estreia em Hollywood

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a mulher...

Conheça as inspirações por trás do Rei Leão – O Musical

O MUSICAL INSPIRADO NO DESENHO DA DISNEY É UMA...

para lembrar

Léo Santana – Parangolé

Quem nunca ouviu em alguma rádio o sucesso "Balacobaco"?...

Grupos evangélicos dos EUA são acusados de realizar colonização cultural antigay

Grupos evangélicos estão tentando realizar uma ´colonização cultural na...

Jacob Zuma: sociedade multirracial sul-africana deve viver em harmonia

O presidente sul-africano, Jacob Zuma, assegurou neste domingo que...
spot_imgspot_img

Mostra sobre Lélia Gonzalez vê negros e indígenas como centro da cultura nacional

As escolas de samba do Rio, os blocos afro da Bahia, as congadas de Minas Gerais, as comemorações da Semana Santa e do Natal. O que todas essas celebrações têm...

Aos 105, Ogã mais velho do Brasil, que ajudou a fundar 50 terreiros só no Rio, ganha filme e exposição sobre sua vida

Luiz Angelo da Silva é vascaíno e salgueirense. No mês passado, ele esteve pela primeira vez no estádio de São Januário, em São Cristóvão,...

A esperança de Martinho em “Violões e cavaquinhos”

Martinho da Vila já brincou mais de uma vez que estava cansado de cantar que a vida ia melhorar, em referência ao refrão do clássico...
-+=