quarta-feira, setembro 23, 2020

    África e sua diáspora

    LeBron James, do Los Angeles Lakers, contra o Portland Trail Blazers no quinto jogo da série nos playoffs da NBA-2020 Imagem: Kevin C. Cox/Getty Images/AFP

    LeBron James bate recorde e é selecionado para time da NBA pela 16ª vez

    O astro LeBron James estabeleceu uma nova marca na NBA. O jogador foi selecionado para a equipe da temporada da competição pela 16ª vez, superando Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant e Tim Duncan, todos com 15 eleições. Ao todo, LeBron soma 13 seleções para o primeiro time, duas para o segundo e uma para o terceiro. No primeiro time da temporada 2019/2020, LeBron foi eleito de forma unânime, assim como Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks. James Harden (Houston Rockets), Anthony Davis (Lakers), Luka Doncic (Dallas Mavericks) completam o quinteto. LeBron James earns his NBA RECORD 16th All-NBA Team [email protected] passes 15-time All-NBA Team selections Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant and Tim Duncan. pic.twitter.com/WPyLXq7gFD — NBA (@NBA) September 16, 2020 O segundo time conta com: Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers), Nikola Jokic (Denver Nuggets), Damian Lillard (Portland Blazers), Chris Paul (Oklahoma City Thunder) e Pascal Siakan (Toronto Raptors).   Ver essa foto no...

    Leia mais
    Estátua do ex-rei belga Leopoldo II é coberta por tinta vermelha com uma marca do movimento Black Lives Matter em Bruxelas, na Bélgica. (Foto: FRANCOIS WALSCHAERTS / AFP)

    Europa reluta em indenizar a África pela colonização

    Em plena fúria global contra o racismo sistêmico, Burundi, um pequeno país na região dos Grandes Lagos africanos, anunciou que solicitará a seus antigos colonizadores, Alemanha e Bélgica, uma indenização de 36 bilhões de euros ― cerca de 225 bilhões de reais ― e a devolução de objetos roubados. Um grupo de especialistas composto por historiadores e economistas trabalhou desde 2018 para avaliar os danos econômicos sofridos pelo país durante o período colonial (1890-1962) e, com base nesse relatório, o Governo burundês prepara uma queixa formal, conforme anunciou o presidente do Senado local, Reverien Ndikuriyo. Os acadêmicos burundeses levaram em conta não só “os trabalhos forçados” e as penas “desumanas, cruéis e degradantes” impostas à população local durante a colonização mas também consideraram as consequências das políticas colonizadoras em longo prazo, com efeitos posteriores à independência. Especialmente, o decreto de 1931, que classificou a população em três grupos étnicos e...

    Leia mais
    Frederick 'Toots' Hibbert (Foto: DOUGLAS MASON/GETTY IMAGES)

    Morre Frederick ‘Toots’ Hibbert, pioneiro do reggae, aos 77 anos

    Lenda do reggae, Frederick 'Toots' Hibbert, cantor fundador da banda Toots And The Maytals, morreu na última sexta-feira (11), aos 77 anos. O músico estava internado com coronavírus em um hospital em Kingston, na Jamaica. Em um comunicado, a família do artista anunciou: "É com com o coração pesado que anunciamos que Frederick Nathaniel 'Toots' Hibbert faleceu pacificamente esta noite (sexta-feira, dia 11), cercado por sua família, no Hospital Universitário das Índias Ocidentais, em Kingston, Jamaica". Pioneirismo Ao incorporar elementos de ska jamaicano, gospel, soul, R&B e rock and roll, Hibbert foi reconhecido como um dos criadores do reggae. A música "Do the Reggay", do Toots And The Maytals, de 1968, foi a primeira música a usar a palavra "reggae" e acabaria por batizar o gênero musical. No início dos anos 1960, Hibbert formou The Maytals ao lado de seus colegas vocalistas Henry “Raleigh” Gordon e Nathaniel “Jerry” Mathias e...

    Leia mais
    Will Smith anuncia que versão dramática de 'Um maluco no pedaço' vai ter 2 temporadas — Foto: Reprodução/YouTube/Will Smith

    Will Smith anuncia em vídeo que versão dramática de ‘Um maluco no pedaço’ vai ter 2 temporadas

    Will Smith anunciou nesta terça-feira (8) que a versão dramática de "Um maluco no pedaço", chamada de "Bel-Air", vai ter pelo menos duas temporadas. Em vídeo um publicado em seu canal no YouTube, o ator afirmou que o projeto, criado a partir de um trailer falso de 2019, foi comprado pela plataforma de vídeos americana Peacock. O vídeo original, dirigido por Morgan Cooper, mostrava uma versão mais séria e dramática da história estrelada por Smith nos anos 1990, com um jovem da Filadélfia que é mandado para a casa dos tios ricos em Los Angeles após se meter em apuros. A publicação já tem mais de 6 milhões de visualizações no YouTube. Cooper deve repetir seus cargos como roteirista e diretor da nova série. Smith vai ser um dos produtores executivos. "Um Maluco no Pedaço" foi exibido nos EUA por seis temporadas, entre 1990 e 1996, tornando-se um sucesso global....

    Leia mais
    Spike Lee recebe seu primeiro Oscar por ‘Infiltrado na Klan’, na 91ª edição do prêmio, em 24 de fevereiro de 2019, em Los Angeles. Lee boicotou a cerimônia de 2016 devido à falta de diversidade da premiação.MIKE BLAKE / REUTERS

    Oscar adota critérios mínimos de inclusão em busca de premiação mais diversificada

    Sete meses se passaram desde que um thriller sul-coreano ganhou o Oscar de melhor filme, mas o caminho para transformar a Academia de Cinema de Hollywood em uma instituição global ainda parece estar pela metade. O próximo passo é exigir certas condições mínimas de diversidade dos filmes que disputem essa categoria. As exigências afetam tanto o que se vê em tela como as equipes de produção, para “refletir melhor a diversidade do público do cinema”, conforme anunciou a Academia na terça-feira. Nos prêmios de 2025, ou seja, para os longas produzidos em 2024 que quiserem disputar o Oscar de melhor filme, alguma destas condições terá de ser atendida: pelo menos um protagonista que não seja branco; pelo menos 30% de personagens secundários mulheres, minorias, LGBTQ ou deficientes; ou que o tema principal aborde um destes grupos sub-representados na tela. A trajetória da Academia para se transformar em uma instituição global e...

    Leia mais
    Reproução/Facebook/@joaoboscoterapeuta

    João Bosco Borba morreu nesta quarta por complicações da covid-19

    Presidente da Associação Nacional dos Coletivos de Empresários afro-brasileiros (Anceabra), João Bosco Borba, morre por complicações do novo coronavírus na noite desta quarta-feira (9/9), em São Paulo. A confirmação da morte foi dada pelo diretor da entidade, Mário Nelson Carvalho. Nas redes sociais, várias mensagens de carinho ao brasiliense que teve forte participação em movimentos negros no Distrito Federal e militante pelo Partido dos Trabalhadores (PT). "As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor", diz uma das publicações. "Agradecemos a sua dedicação às causas sociais e pela luta incansável em defesa de uma sociedade digna, fraterna e...

    Leia mais
    Foto: Ignácio Ferreira/ Agência O Globo

    Para que não se deixe de cantar: Jovelina Pérola Negra e o seu samba de sorriso aberto

    Ahhhhh, o samba! Manifestação popular em forma de oração que veio dar no Brasil enquanto expressão de canto e dança para se louvar a esperança de um novo viver, de novos cotidianos livres de toda dor, sofrimento e preconceito. Expressão cultural de resistências e sobrevivências afro-brasileiras ante ao nosso racismo secular, além de memorial vivo de ancestralidades e saberes afro em uma sociedade historicamente estruturada para negar e, em último caso, destruir – física e psicologicamente – toda importância e qualquer virtude de sociabilidades negras.  Muito mais do que uma “simples” forma de canção, é uma oração que portanto visa o reconectar dos seus a algo maior do que as agruras do mundo material, possibilitando-lhes o ato de religar com as suas origens e com a sua potencialidade de sujeito transformador do mundo que o cerca, sendo Jovelina Pérola Negra, nesse sentido, uma de suas maiores vozes e intérpretes, uma...

    Leia mais
    Ilustração de Jairo Malta

    Com diferenças políticas, movimento negro no Brasil luta contra apagamento histórico

    A onda de protestos antirracistas que tomou os EUA e o mundo desde maio, quando imagens da execução de George Floyd por um policial branco viralizaram globalmente, ganhou novo capítulo dentro das quadras da maior liga de basquete do planeta, a NBA. Jogadores do Milwaukee Bucks boicotaram uma partida dos playoffs no final de agosto em protesto contra um outro episódio de violência. Em efeito cascata, outras equipes e ligas esportivas aderiram à greve, que se tornou um novo marco na longa história de luta por igualdade racial nos EUA. “Imagina o impacto que teria Pelé, o maior atleta do século, discutindo racismo no Brasil em pleno auge da sua carreira?”, devaneia Douglas Belchior, ativista negro da Uneafro Brasil e articulador da Coalizão Negra por Direitos, ao comentar o impacto da atuação política de LeBron James, supercraque do Los Angeles Lakers, que passou a usar as quadras como plataforma do...

    Leia mais
    Shuri em pôster do primeiro 'Pantera Negra' (Foto: Divulgação/ Marvel)

    Após morte de Chadwick Boseman, ‘Pantera Negra 2’ pode ter Shuri como protagonista

    Pouco depois de saber da morte de Chadwick Boseman, astro de “Pantera Negra”, aos 43 anos, os fãs pediram que a Marvel Studios não reformulasse o papel. A demanda criou um dilema para o estúdio que planeja uma sequência do primeiro grande filme de super-herói de Hollywood com um elenco predominantemente negro. Escritores, acadêmicos e ativistas falaram à agência Reuters sobre o impacto cultural do filme e o desempenho de Boseman. Eles acreditam que a Marvel e sua empresa-mãe, Walt Disney Co, deveriam honrar o legado de Boseman com um enredo que consagre uma nova Pantera Negra do elenco existente do filme ou em outro lugar no Universo Marvel. “Eles realmente deveriam considerar seguir o enredo da história em quadrinhos e levar Letitia Wright (que interpreta Shuri, a irmã gênio da tecnologia do personagem de Boseman) nesse papel central”, disse Jamil Smith, escritor sênior da revista Rolling Stone. “Nós a...

    Leia mais
    Beyoncé (Getty images)

    No aniversário de 39 anos de Beyoncé, relembre 5 vezes em que a cantora revolucionou a indústria musical

    Beyoncé Giselle Knowles-Carter, ou simplesmente Beyoncé, completa 39 anos nesta sexta-feira, 04 de setembro de 2020. Diva pop, mãe e ativista social, a cantora tem um legado simbólico para o show-business que vai além da música! O POPline preparou uma matéria especial mostrando 5 momentos em que Beyoncé revolucionou a indústria musical! 1. Ao ser a mulher mais premiada em uma única edição do Grammy Beyoncé fez história em 2010 quando foi a vencedora em 6 categorias do Grammy em 2010 pelo álbum “I Am… Sasha Fierce“. Até hoje, nenhuma outra cantora superou esse número de prêmios em uma só noite. Porém, isso é muito simbólico para além da quantidade de Grammies. Beyoncé é uma mulher negra norte-americana e nos Estados Unidos até 1957 existia o regime de segregação racial, em que negros não poderiam frequentar os mesmos locais que brancos. O preconceito racial era tão grande que a atriz Hattie McDaniel, vencedora do Oscar de melhor...

    Leia mais
    Marvvila - Foto: Guto Costa

    Com apenas 21 anos, Marvvila é a representação feminina que o pagode precisava: “Quero levar essa força”

    Se o Pop o Sertanejo contam com personalidades femininas fortes, já era hora do pagode e o samba terem sua própria estrela! Marvvila, de 21 anos, é a nova aposta da gravadora Warner Music BR para trazer representatividade para o estilo musical. Nascida em Bento Ribeiro, subúrbio do Rio de Janeiro, a cantora acaba de lançar o seu primeiro single, Dizendo por Dizer, que estreou na última terça-feira (1°) nas principais plataformas de streaming. Para ficarmos por dentro da trajetória dela, a todateen bateu um papo exclusivo com a cantora. Confira! onde tudo começou Marvvila começou cantando aos cinco anos de idade na igreja, mas foi só na sua adolescência que percebeu que tinha o sonho de trabalhar com música. “Principalmente depois da minha participação no The Voice Brasil, em 2016. Demorei para encarar a música como uma profissão.”, conta. A artista ainda lembra com carinho da experiência de participar...

    Leia mais
    Reprodução/Instagram

    Ludmilla se torna 1ª mulher negra latina com 1 bilhão de streams no Spotify

    Ludmilla quebrou um novo recorde ao se tornar a primeira cantora negra latina com 1 bilhão de streams em suas músicas no Spotify. Ao anunciar a nova marca, na manhã de hoje, a artista relembrou o início da carreira e destacou a representatividade por trás do feito. "Quando comecei a cantar, aos 15 anos, fazendo shows em cima de cadeiras — porque não tinha palco para me apresentar — jamais poderia imaginar que eu teria milhões de visualizações, muito menos que chegaria a um BILHÃO", escreveu Ludmilla no post comemorativo, com um vídeo compilando alguns de seus maiores sucessos. "Pra uma mulher preta, que veio da Baixada, isso é muito. E saber que sou a primeira negra latina a fazer isso só me impulsiona e me lembra que, sim, somos possíveis e cada vez mais estamos sendo mais e mais possíveis", continuou a cantora carioca, de apenas 25 anos. Ela...

    Leia mais
    Imagem: Jéssica Patrícia Soares

    CineSesc estreia nova temporada do Cine África online dia 10 de setembro

    Entre os meses de setembro e novembro, a Mostra de Cinemas Africanos apresenta a nova edição do Cine África, com vários títulos de ficção e documentários, alguns inéditos no Brasil. O projeto online e gratuito traz 12 sessões (dez longas e dois programas de curtas) - todos legendados em português - com filmes de destaque de Burkina Faso, Camarões, Egito, Etiópia, Nigéria, Quênia, Senegal e Sudão, e outras atividades. As exibições serão realizadas no site da plataforma Sesc Digital. O Cine África é uma realização do Sesc São Paulo. Maiores informações no site mostradecinemasafricanos.com. Todas as quintas, a partir do dia 10 de setembro, a mostra estreia um filme novo, que ficará disponível por uma semana na plataforma, acompanhado de uma entrevista exclusiva com seu diretor ou diretora. Está previsto um bate-papo com o tema “cinemas africanos em contexto digital”, na live do Cinema da Vela, tradicional encontro no Cinesesc,...

    Leia mais
    “Hora do Blec” é uma série de vídeos musicais destinada, principalmente, ao público na primeira infância, com temas inspirados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Foto: PNUD

    Série de desenhos voltada para a primeira infância aborda desenvolvimento sustentável

    O projeto é da Ubuntu Filmes e conta com o apoio institucional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O contato com os conceitos e temas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) desde a infância pode influenciar a formação pessoal. Com foco no potencial da comunicação infantil como semente da equidade social, a série de desenhos “Hora do Blec” estreiou neste sábado (29) no YouTube. O projeto é da Ubuntu Filmes e conta com o apoio institucional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). “Hora do Blec“ traz uma turma de personagens multiétnicos que vivem várias aventuras em busca de um mundo mais sustentável. Blec é o protagonista, um menino negro que tem no seu cabelo um símbolo de poder, beleza e magia. Em suas missões, Blec aciona seu talismã secreto: um pente afro que vive em seu cabelo. Quando Blec puxa o pente, aparece a fada...

    Leia mais
    John Thompson (Foto: Mitchell Layton/Getty Images)

    Morre o primeiro técnico negro a ganhar um título de basquete na Liga Universitária dos EUA

    John Thompson foi uma figura lendária no basquete universitário dos Estados Unidos e o primeiro treinador negro a ganhar um título da NCAA (Liga Universitária dos Estados Unidos) com o Georgetown Hoyas em 1984, Patrick Ewing era o destaque do time naquele ano. Dentro das quadras, jogou duas temporadas na NBA e ganhou títulos como reserva do Boston Celtics. Thompson faleceu nesta segunda-feira aos 78 anos. - Nosso pai foi uma inspiração para muitos e dedicou sua vida ao desenvolvimento dos jovens, não apenas dentro, mas, o mais importante, fora da quadra de basquete. Ele é reverenciado como um líder histórico do esporte, dedicado ao bem-estar de sua comunidade acima de tudo - disse a família em um comunicado. Em 1988, ele liderou a equipe dos Estados Unidos nas Olimpíadas de Seul, a última formada apenas por jogadores universitários. O time foi eliminado nas semifinais pela União Soviética e conquistou...

    Leia mais
    Chadwick Boseman em foto de 2014 (Foto: Dan Hallman/Invision/AP)

    Chadwick Boseman, astro de ‘Pantera Negra’, morre aos 43 anos

    O ator Chadwick Boseman morreu aos 43 anos. Conhecido por interpretar o Pantera Negra no filme da Marvel, além de personagens importantes da história americana, ele enfrentou um câncer de cólon diagnosticado em 2016. "É com imensurável pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016, e lutou contra ele nestes últimos quatro anos conforme progrediu para estágio 4", afirmou a família do ator em seu perfil no Twitter. pic.twitter.com/aZ2JzDf5ai — Chadwick Boseman (@chadwickboseman) August 29, 2020 "Um verdadeiro lutador, Chadwick perseverou por tudo, e trouxe a vocês muitos dos filmes que tanto amam. De 'Marshall: Igualdade e Justiça' a 'Destacamento Blood', 'Ma Rainey's Black Bottom' de August Wilson e muitos mais, todos foram gravados durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia. Foi a honra de sua carreira trazer à vida o rei T'Challa em 'Pantera Negra'." De acordo...

    Leia mais
    Foto por Eitan Miskevich

    Public Enemy anuncia novo disco e retorno à Def Jam após 25 anos

    Depois de 25 anos, o Public Enemy está de volta à lendária gravadora Def Jam e vai chegar logo com um novo disco muito em breve. What You Gonna Do When the Grid Goes Down é o título da obra que está prevista para chegar em 25 de Setembro e marca o primeiro lançamento com o nome PE desde Nothing Is Quick in the Desert, de 2017. Falando sobre o trabalho em comunicado (via CoS), o icônico Chuck D comentou: Instituições Culturais são importantes. Ser uma parte integral de uma é uma honra concedida e que deve ser respeitada. As músicas do Public Enemy são para sempre impressões sonoras nas areias do tempo. E é hora — é necessário — trazer o barulho de volta de um lugar chamado casa. Def Jam. Fight the Power 2020. Novo álbum do Public Enemy A primeira prévia divulgada foi o single “State of the Union (STFU)” lá em Junho, e mais recentemente...

    Leia mais
    (Foto: Wikimedia Commons)

    W.E.B Du Bois: da luta pelos direitos civis à alma pan-africana

    “A escravidão nunca foi abolida do modo de pensar dos EUA.” − Nina Simone William Edward Burghardt Du Bois (W.E.B. Du Bois) - nasceu em 23 de fevereiro de 1868, Massachusetts, EUA. Anos após o término da Guerra Civil Americana (1861-1865), também conhecida como Guerra da Secessão. Aliás, a guerra foi o confronto entre os estados do Norte − industrializados e favoráveis à abolição da escravidão −, e os estados do sul, autoproclamados Estados Confederados da América − economia agrária e dependente da mão de obra escravizada.  Os estados do Norte venceram e as consequências foram nefastas para os estados sulistas. Diante dessa situação, a população negra encontrou novos desafios na condição de libertos e sem indenização, procuravam modos de sobrevivência em meio à hostilidade dos brancos inconformados com a abolição da escravidão. W.E.B. Du Bois, testemunhando esses contextos que tomaram conta da atmosfera estadunidense, colocou-se como liderança na luta...

    Leia mais
    (The Burtons/Getty Images)

    Representantes de negros e de quilombolas criticam resposta do governo à Covid-19

    Representantes de entidades ligadas ao movimento negro e às comunidades quilombolas criticaram, nesta quarta-feira (20), o atendimento prestado pelo governo federal a esses segmentos da população durante a pandemia de Covid-19. Eles participaram de reunião virtual da comissão externa da Câmara dos Deputados que acompanha o enfrentamento à doença. Assessora política do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), Carmela Zigoni acusou o governo de promover um desmonte na política de igualdade racial do País e lamentou a baixa execução do orçamento colocado à disposição do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH). Segundo ela, o governo gastou efetivamente neste ano apenas 13% (R$ 77 milhões) dos R$ 575 milhões disponíveis. Como exemplo do desmonte, ela citou a decisão do governo de excluir, do Plano Plurianual 2020-2023, o Programa 2034, que prevê ações de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade racial. Zigoni criticou ainda, em relação aos...

    Leia mais
    Foto Cindy Ord / Independent

    Judas e o Messias Negro: Daniel Kaluuya estrela filme que conta como o FBI assassinou um líder dos Panteras Negras

    “Você pode matar um revolucionário, mas não pode matar a revolução”, grita Daniel Kaluuya,  em cena do trailer intenso de Judas e o Messias Negro, filme no qual interpreta Fred Hampton, presidente do Partido dos Panteras Negras e ativista pelos direitos civis, assassinado pelo FBI, aos 21 anos.   Com previsão de estreia para o início de 2021, o longa dirigido por Shaka King, já se mostra como um dos principais destaques do cinema do ano que vem. Baseado em uma história real, o filme contará como William O’Neal (LaKeith Stanfield), um criminoso condenado, aceitou um acordo oferecido pelos federais em troca de liberdade: se juntar aos Panteras Negras sob disfarce para destruir Fred Hampton e o partido.  Uma parte do filme será mostrada a partir da perspectiva de Fred Hampton, narrando sua trajetória e ascensão no Partido dos Panteras Negras de Illinois nos anos 60, assim como o crescimento regional...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist