África e sua diáspora

Beth Belisário (Foto: Divulgação)

Beth Belisário, do bloco Ilú Obá de Min, abre série especial da coluna Um Certo Alguém em sinergia com a Ocupação Chiquinha Gonzaga

A coluna Um Certo Alguém, do site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br), abre o mês de março com uma série de cinco edições que tem como convidadas artistas que narram textos da dramaturga Maria Shu na Ocupação Chiquinha Gonzaga, em cartaz na organização. No dia 4, quinta-feira, a estreia acontece com a participação de Beth Belisário, presidente do Bloco Afro Ilú Obá de Min, sediado na capital paulista, fundado por ela e a também percussionista Adriana Aragão. Nas próximas semanas o público poderá conferir, respectivamente, na coluna as entrevistas da cantora, compositora e apresentadora Jup do Bairro, da atriz Indira Nascimento, da multiartista Dona Jacira, mãe do rapper Emicida, e da cantora Fabiana Cozza. Publicada semanalmente, Um Certo Alguém é composta por quatro perguntas feitas aos entrevistados: qual é a história de sua maior saudade? o que o emociona no dia a dia? como você se imagina no amanhã? e quem...

Leia mais
Imagem 1 – Tear e poesia do fotógrafo Fernando Solidade

Festival de Imagens Periféricas apresenta a multiplicidade cultural de São Paulo através da fotografia

Aproximando territórios historicamente segregados o FIP – Festival de Imagens Periféricas realiza a sua primeira edição em São Paulo, de 01 de março a 06 de abril. Em ambiente online, o festival mostra diferentes narrativas visuais da cidade de São Paulo por meio da imagem, trazendo a pluralidade cultural representada por artistas e fotógrafos que vivem em regiões do centro e da periferia da capital. Com a temática Imagens Periféricas, a proposta do festival é provocar ações que fluam em mão dupla - da área central para a periferia e da periferia para área central da cidade – reforçando para que haja a quebra do trânsito existente entre território e as relações sociais. Na programação, uma série de atividades como: diálogos, oficinas, desafios, exposições de lambes e projeções perpassam o ambiente da fotografia e seguem também, como ferramenta de conhecimento, expressão e transformação. Construído coletivamente por aproximadamente 35 profissionais da imagem - fotógrafos,...

Leia mais
As mulheres usam a mandioca tradicionalmente para cozinhar e sabem prepará-la de várias maneiras.(Foto: TANIA LIEUW-A-SOE/CEDIDAS)

As mulheres que cultivam mandioca no Suriname para vendê-la nos Países Baixos

Tania Liew-A-Soe é a presidenta e fundadora da cooperativa agrícola Wi! Uma Fu Sranan (WUFS), que em português significa: Nós! As Mulheres do Suriname. Uma cooperativa que nasceu nas remotas comunidades da região de Brokopondo, no interior deste país caribenho que até a década de setenta era uma colônia holandesa. Lá, quase toda a população é de mulheres e crianças. Há muitos poucos homens. O emprego é escasso e eles saem para caçar durante semanas ou meses ou, no pior caso, migram a trabalhar nas zonas costeiras ou nas minas de ouro. Elas ficam para cuidar da família e da terra. Em Brokopondo, a população é majoritariamente descendente dos quilombolas, africanos escravizados historicamente excluídos. A mandioca foi um alimento básico e muito especial que ajudava a subsistir às comunidades. Esse tubérculo presente na América Latina e o Caribe possui múltiplas formas de cozinha. “As mulheres conhecem bem como cultivar e...

Leia mais
A escritora brasileira Carolina Maria de Jesus durante noite de autógrafos do lançamento de seu livro "Quarto de Despejo", em uma livraria na rua Marconi, em São Paulo (SP). (São Paulo (SP), 09.09.1960. (Foto: Acervo UH/Folhapress)

Carolina Maria de Jesus ganha título de Doutora Honoris Causa da UFRJ

Carolina Maria de Jesus, uma das escritoras mais lidas do Brasil, recebeu nesta quinta-feira (25) uma homenagem póstuma. A escritora, que morreu em 1977, ganhou o título de doutor honoris causa da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A escritora Carolina Maria de Jesus começou a ficar famosa em 1958. Trechos do diário da catadora de papel, que vivia na favela do Canindé, em São Paulo, foram publicados pelo extinto jornal "A Noite". Ela tinha cadernos com romances e poemas que começou a escrever na infância, em Sacramento, Minas Gerais. Carolina Maria de Jesus só estudou dois anos, o suficiente para criar uma paixão, como explica um biógrafo da escritora. “Ela, desde pequena, assumiu esta coisa da escrita e da leitura, então ela vivia lendo”, contou Tom Faria, escritor e biógrafo da Carolina Maria de Jesus em entrevista ao Jornal Nacional. Lançado em 1960, primeiro livro de Carolina Maria de...

Leia mais
 Instagram/@teresacristinaoficial/Reprodução

Teresa Cristina, que já era imensa, saiu ainda maior do programa Roda Viva

Poucas vezes ou quase nenhuma na vida vi uma entrevista tão sincera quanto a da cantora Teresa Cristina no programa Roda Viva, na última segunda-feira (22). Não que a cantora tivesse revelado algo bombástico ou dito qualquer coisa que já não soubéssemos. A sinceridade, a verdade toda, que acabou transbordando em emoção, foi na maneira como ela conduziu a conversa, na forma quase amiga, ao pé do ouvido, com que ela respondeu a cada pergunta, sempre olhando antes para o lado esquerdo, ao alto, onde dizem que fica a região da memória. Teresa Cristina acabou com o presidente Jair Bolsonaro e seu governo a cada uma de suas frases, até mesmo quando o assunto passava ao largo de qualquer governo. Disse textualmente que nem em seus piores pesadelos poderia imaginar um presidente assim, que desfizesse de uma pandemia, assoasse o nariz e, sem máscara, tocasse o ombro de uma idosa,...

Leia mais
Filipe Nyusi agradeceu ao "povo irmão" da China pelo envio das primeiras vacinas contra a covid-19 Foto: HANNIBAL HANSCHKE

Covid-19: Moçambique recebe primeiras vacinas da China

A primeira vacina para a covid-19 chega esta quarta-feira a Moçambique oriunda da China, anunciou o Presidente da República, Filipe Nyusi. “Chega ao país na tarde desta quarta-feira o primeiro lote da vacina”, escreveu o chefe de Estado na rede Facebook. Segundo referiu Filipe Nyusi, a chegada da vacina ao país é o resultado de contactos com o Presidente chinês, Xi Jinping, mantidos “nos últimos dois meses”. Numa primeira fase, visa proteger “grupos prioritários, entre eles, os profissionais da Saúde”. “Com a chegada deste lote, o nosso desafio continua, de modo a garantir a vinda de outras doses, cujas negociações estão numa fase avançada com os nossos parceiros”, acrescentou. Moçambique aguarda também pela sua parte no âmbito do mecanismo internacional COVAX. Filipe Nyusi termina a mensagem com um agradecimento “ao Presidente Xi e ao povo irmão da República Popular da China”. Moçambique tem um total acumulado de 606 mortes e 56.595 casos de...

Leia mais
Junior Dantas (Foto: Rodrigo Menezes)

Websérie “O pequeno herói preto” é lançada no Youtube

A partir de 07 de Março, as crianças brasileiras terão um novo herói para lhes representar. Desenvolvida pelo ator Junior Dantas ao longo dos três últimos anos, a primeira temporada da websérie “O PEQUENO HERÓI PRETO” será lançada no YouTube. Com um episódio a cada semana. Com roteiro do próprio Junior, colaboração da escritora Kiusam de Oliveira e direção de Rodrigo Menezes, o projeto aprofunda e traz novas questões acerca da brasilidade, representatividade e autoestima através das pesquisas do Super Nagô, um youtuber de 10 anos que percorre sua jornada usando conhecimentos de seus antepassados e da natureza para transmitir uma mensagem de amor, tolerância e empatia entre as pessoas. “Desde criança eu sentia falta de personagens que parecessem comigo. Na infância, é comum brincar de ser super-herói e heroína e, na TV da época, o que eu encontrava eram heróis que não tinham características físicas como as minhas, nem...

Leia mais
Mary Aguiar (Foto: Imagem retirada do site Bahia.ba)

Mary Aguiar, primeira juíza negra do país, morre aos 95 anos

A primeira juíza negra do país, Mary Aguiar, faleceu na noite da última terça-feira (23), aos 95 anos. Ela estava internada no Hospital da Bahia. A informação foi dada pelo desembargador Lidivaldo Britto, na sessão plenária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) desta quarta-feira (24). A causa da morte não foi divulgada. Em 28 de novembro de 2018, o TJ-BA reconheceu Mary Aguiar como a primeira magistrada negra do país (veja aqui). Ela foi homenageada com a outorga da Medalha do Mérito Judiciário. A Medalha homenageia personalidades nacionais ou estrangeiras por seus méritos relevantes e serviços prestados ao Poder Judiciário do estado ou do país. A Magistrada baiana atuou entre 1962 e 1995. Antes disso, ela foi também promotora de Justiça. A condecoração foi proposta pelos membros da Comissão de Igualdade, Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos Humanos (Cidis), por meio de seu Presidente, o Desembargador Lidivaldo Reaiche...

Leia mais
Chiquinha Gonzaga aos 47 anos, em 1984 (Acervo Instituto Moreira Salles/Coleção Edinha Diniz/Ciquinha Gonzaga)

Negritude de Chiquinha Gonzaga ganha acento em exposição em São Paulo

Sob a luz do amanhecer, sons de vendedores, dos cascos de cavalos pelas ruas de pedra, e, ao escurecer do cair da noite, de músicos de calçadas, do falatório da saída do trabalho e dos copos que tilintam nos bares. É o ciclo de um dia no centro do Rio de Janeiro da segunda metade do século 19 que guia o visitante na "Ocupação Chiquinha Gonzaga". A mostra dedicada à compositora, pianista e regente é aberta nesta quarta semana no Itaú Cultural, em São Paulo. A presença da rua na vida de uma mulher daquela época não é algo trivial. Mas Chiquinha Gonzaga não alcançou o sucesso sendo trivial e a exposição evidencia as lutas que ela encampou contra a mentalidade do período –pela abolição da escravidão, pela liberdade das mulheres e pelos direitos autorais. Segundo sua biógrafa, Edinha Diniz, Chiquinha era “uma mulher no Segundo Reinado que lutava contra o atraso social”. Aqueles que conhecem Chiquinha...

Leia mais
Edusa Chidecasse (Foto: Reprodução/ @tekniqa.studios)

Websérie Bantus entrevista atriz angolana

A atriz e apresentadora de TV Edusa Chidecasse é a próxima entrevistada da série Bantus, coprodução Brasil-Angola-Colômbia, criada pela produtora de conteúdo MoodHunter. Com apresentação do ator angolano Adilson Garcia, Chidecasse dá um depoimento bastante sincero do que é ser uma atriz negra no continente Africano. Ela fala sobre a evasão de grandes talentos do país que acabam indo embora por falta de oportunidades. O episódio vai ao ar pelo canal Youtube da Mood Hunter -https://www.youtube.com/channel/UC_wk_aIGlDW4mwT9Ms2w6Aw – no próximo dia 25 de fevereiro de 2021, às 12h. Edusa Chidecasse foi classificada como uma das 10 mulheres mais lindas da África. Angolana, ela é apresentadora do programa matinal A sua manhã, que vai ao ar pela TPA – Televisão Pública de Angola. Além de atriz também é empresária: lançou recentemente uma marca de acessórios femininos. Edusa foi pioneira ao ser a primeira atriz angolana a viver uma personagem homossexual em uma...

Leia mais
Itamar Assumpção/Caio Guatalli

Itamar Assumpção para crianças

Entre as tantas linguagens artísticas que explorou ao longo da vida, o compositor, can tor e instrumentista Itamar Assumpção também escreveu livros para crianças. Os  textos, até agora inéditos, foram encontrados por sua filha, a também cantora e com positora Anelis Assumpção, nos cadernos que ele fazia. Falecido há 17 anos, o artista  ganha, a cada dia, maior reconhecimento e a notoriedade merecida.   Homem-Bicho, Bicho-Homem é o primeiro volume da coleção Itamar para  crianças, lançada pela Editora Caixote. Este e os próximos três livros – que serão pu blicados ao longo de 2021 e 2022 – têm em comum os animais como personagens (e  a valorização da natureza), o ritmo sempre presente e as imagens poéticas inusitadas.  Mais não é possível dizer, sem dar muito spoiler, a não ser que são textos divertidos e  ousados, como o próprio Itamar.  Foi convidado para ilustrar os livros Dalton Paula, artista goiano com...

Leia mais
Lula Rocha, expoente do movimento negro do Espírito Santo - Arquivo pessoal

Morte: Agregador, articulou cultura e educação no movimento negro

“Salve, salve”, dizia Luiz Inácio Silva Rocha ao encontrar uma das muitas pessoas que o procuravam, seja para bater um papo, seja para pedir algo. “Tamo junto”, dizia invariavelmente ao final da conversa. A saudação virou sua marca, tantas foram as as atividades em que ele se envolveu para ajudar alguém. Dizer que sua militância política veio do berço seria impreciso. Sua mãe, atuante na pastoral operária, ainda estava grávida dele, nos anos 1980, quando colegas a provocaram: “o bebê vai chamar Tancredo?” Não, decidiu ela ali: seria Luiz Inácio, como o líder sindical do ABC e fundador do Partido dos Trabalhadores que ela e seu marido admiravam. Assim como seu xará que viria a se tornar presidente, o Lula filho de Maria da Penha chegou a ser filiado ao PT, mas depois mudou para o PSOL. Viveu a vida toda na periferia de Cariacica, na Grande Vitória, onde fez amizades...

Leia mais
Chiquinha Gonzaga  Acervo Instituto Moreira Salles/Coleção Edinha Diniz/Divulgação

Itaú Cultural abre a série Ocupação em 2021 com mostra dedicada à maestrina Chiquinha Gonzaga

Exposição resgata a história de Francisca Edwiges Neves Gonzaga (1847-1935) entre documentos, partituras, capas, objetos, fotos e conteúdo musical e audiovisual biográfico produzido pela instituição que retratam a sua vida e obra, inclusive sua identidade negra costumeiramente ignorada. Há 100 anos, ela foi a primeira mulher a reger uma orquestra, a escrever uma partitura para teatro e a compor uma marcha carnavalesca no Brasil. A artista produziu mais de duas mil canções autorais e 77 partituras para peças teatrais. Apresentações online construídas em torno de seu repertório, atividades educativas, mecanismos de acessibilidade e a confecção de um hotsite integram a Ocupação. Com curadoria dos Núcleos de Comunicação e Música da instituição, co-curadoria da cantora Juçara Marçal e consultoria de Edinha Diniz, biógrafa da compositora, o Itaú Cultural abre em 24 de fevereiro (quarta-feira) a Ocupação Chiquinha Gonzaga, que ficará em cartaz até 23 de maio (domingo). Além de mergulhar na vida e...

Leia mais
Vacinação contra a Covid-19 dos Quilombolas da comunidade Sucurijuquara, região isolada do Distrito de Mosqueiro, no Pará (Foto: FramePhoto / Agência O Globo)

Covid-19: maioria da população, negros foram menos vacinados até agora

Apenas 19% dos quase 5 milhões de vacinados no Brasil registrados pelo Ministério da Saúde até sexta-feira eram pretos ou pardos, segundo análise do GLOBO dos dados divulgados pela pasta. O percentual está muito abaixo da parcela da população que se identifica dessa forma: de acordo com o IBGE, 56% da população é negra (preta ou parda). Segundo a pasta, não há registro sobre a cor de 26% dos vacinados — ou seja, mesmo que todos eles fossem pretos ou pardos, o percentual de negros vacinados ainda seria menor que o da população brasileira. Os dados apresentam indícios de que as desigualdades econômicas do país que fizeram dos negros um dos grupos mais desproporcionalmente afetados pela Covid-19 podem estar influenciando também para que pretos e pardos não apareçam entre os primeiros vacinados, sobretudo pela prevalência de profissões em que não se encontram muitos negros, como no campo da medicina. De...

Leia mais
Osaka comemora título do Austraçlian Open após vitória contra Brady (Foto: ASANKA BRENDON RATNAYAKE / REUTERS)

Osaka conquista Australian Open e chega ao 4º título de Grand Slam

A tenista japonesa Naomi Osaka, 23, confirmou o favoritismo sobre a americana Jennifer Brady, 25, e sagrou-se campeã do Australian Open neste sábado (20), ao vencer a decisão por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3). Com autoridade, Osaka dá mais um passo importante como protagonista do tênis na atualidade e também como nome destinado a estabelecer grandes marcas no esporte. A atleta mais bem paga do mundo —a Forbes estimou seus rendimentos em US$ 37,4 milhões, ou R$ 201 milhões, em 2020— e voz de destaque nas causas antirracista e de igualdade de gênero também é um fenômeno em quadra. A japonesa já soma quatro títulos em torneios de Grand Slam, em quatro finais disputadas. Esse foi seu segundo na Austrália (também ganhou em 2019). Além disso, acumula dois troféus do US Open (2018 e 2020). Das 7 conquistas da carreira, 4 foram obtidas nos principais palcos do tênis,...

Leia mais
Viviane Ferreira (Foto: Imagem retirada do site Glamurama)

Cineasta Viviane Ferreira será a nova diretora-presidente da SPCINE

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, anuncia que a cineasta e advogada Viviane Ferreira será a nova diretora-presidente da SPCine. Especialista em políticas do setor audiovisual pela UNB e advogada com atuação voltada para o direito público, Viviane assume a empresa municipal do cinema com a missão de dar continuidade ao trabalho de amparo e desenvolvimento do setor audiovisual na cidade. Nascida em 1985 na cidade de Lauro de Freitas, criada no bairro do Coqueiro Grande, em Salvador, na Bahia, Viviane é moradora de São Paulo há mais de uma década. Ela dirigiu o longa-metragem Um Dia Com Jerusa (2020), exibido com destaque em eventos como o Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e o Festival de Tiradentes; documentários como Pessoas – Contar Para Viver (2019); e o curta O Dia de Jerusa (2014), que esteve...

Leia mais
Steve Granitz/WireImage

Regina King interpretará a primeira congressista negra dos Estados Unidos

Indicada ao Globo de Ouro na categoria Melhor direção, pelo longa Uma noite em Miami, disponível no Prime Vídeo, a atriz Regina King prepara uma cinebiografia sobre Shirley Chisholm, a primeira congressista negra dos Estados Unidos. Além de atuar, Regina fará a produção do material. O filme será escrito e dirigido pelo cineasta vencedor do Oscar por 12 anos de escravidão, John Ridley e deve começar a sair do papel ainda este ano. A trama vai acompanhar a campanha presidencial de Chisholm em 1972, um momento histórico descrito como “um retrato íntimo dos bastidores de uma das líderes políticas mais inovadoras do nosso tempo”. “A determinação destemida de Shirley Chisholm foi uma inspiração para muitos de nós e, com este filme, esperamos inspirar muitas gerações futuras”, disse Regina King em um comunicado. No ano passado, a atriz Uzo Aduba interpretou Shirley Chisholm para a série Mrs. America, que lhe rendeu...

Leia mais
Foto Natureza França

Empoderamento feminino e negro: Flávia Souza lança música sobre a força da mulher

Mulher negra, multiartista e empoderada. Essas são algumas das muitas características de Flávia Souza, que lançará, no próximo dia 23, sua nova música “Afrontosa” nas mais importantes plataformas como Spotify, Deezer, Amazon Music e Apple Music, além do Youtube (https://cutt.ly/mkk9ha7). A ideia de compor a canção surgiu durante a pandemia, diante da diminuição das atividades culturais de forma presente. “Nós, mulheres, sempre sofremos. Quando somos mulheres negras, sofremos mais. Temos medo pela nossa família, pelos nossos amigos, por outras mulheres. A música tenta trazer essa reflexão de autoestima e empoderamento: eu quero ser e posso ser o que eu quiser sem as pessoas ficarem questionando”, revela Flavia. “Afrontosa é querer ter paz, ter a nossa saúde mental saudável, sem ter que provar que é forte o tempo todo”, diz. A necessidade de precisar se impor o tempo todo também foi uma das razões que levaram a artista a compor a música,...

Leia mais
Membros da Coalizão Negra por Direitos se encontram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) - Juca Guimarães/Alma Preta

Movimento negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS

Nesta quinta feira (18), a Coalizão Negra por Direitos, uma aliança que reúne movimentos negros de todo o país, realizará manifestações em todos os 27 estados brasileiros e no Congresso Nacional. O motivo da mobilização é a reivindicação de que o governo federal prorrogue a política do auxílio emergencial até o fim da pandemia da Covid-19, com parcelas de ao menos R$ 600. As manifestações trazem também a exigência de que sejam garantidas vacinas de imunização contra Covid-19 para todas e todos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), em resistência à sanha do setor privado em abocanhar vacinas. Na última semana, a coalizão, em missão da Campanha pela Renda Básica que Queremos, esteve no Congresso, dialogando com deputados e senadores sobre o tema. Em pronunciamento durante ato no Salão Verde da Câmara dos Deputados, convocado pela Frente Parlamentar Mista de Renda Básica, evidenciamos a necessidade da prorrogação do auxílio com um...

Leia mais
Coalizão Negra Por Direitos

Carta aberta da Coalizão Negra Por Direitos pela prorrogação do auxilio emergencial de 600 reais até o fim da pandemia e por vacina para todas e todos pelo SUS

Nesta quinta feira, dia 18 de fevereiro, a Coalizão Negra por Direitos, uma aliança que reúne movimentos negros de todo país, realiza manifestações públicas e incidência em casas legistativas em todos os 27 estados brasileiros e no Congresso Nacional. O motivo da mobilização é a reivindicação para que o Governo Federal prorrogue a política do Auxílio Emergencial até o fim da pandemia da Covid-19, com parcelas de ao menos 600 reais. As manifestações trazem também a exigência de que sejam garantidas vacinas de imunização da Covid-19 para todas e todos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), em resistência à sanha do setor privado em abocanhar vacinas. Enquanto uma articulação nacional, reúnimos grupos históricos do movimento negro e de mulheres negras e apoiada por organizações progressistas da sociedade civil, atuamos a partir de princípios que visam construir um país justo, sem racismo, discriminação racial e extermínio da população negra. Valendo-se destes...

Leia mais

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist