PLP 2.0

    blank

    PLP 2.0 – App começa funcionar oficialmente em Porto Alegre

    No final da manhã desta segunda-feira (27), duas porto-alegrenses em situação de violência começaram utilizar, oficialmente, o aplicativo PLP 2.0. O projeto foi o vencedor do Desafio Social Google 2014 em parceria com o Instituto da Mulher Negra de São Paulo – Geledés. A instalação do app ocorreu durante audiência judicial para assinatura do Termo de Uso e Responsabilidade, no 1º Juizado da Vara de Violência Doméstica e Familiar, na presença das representantes das Promotoras Legais Populares, Secretaria da Segurança Pública, Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e Ministério Público. Por Rita Barchet, da Themis De acordo com a coordenadora de projetos da Themis, Michele Savicki, este é o momento de comemorar a concretização de uma parceria entre entidades comprometidas no enfrentamento da violência contra a mulher. “Quando o projeto iniciou a intenção era expandir, por meio da tecnologia, todo trabalho já feito pela Themis e as Promotoras Legais Populares....

    Leia mais
    blank

    PLP2.0 Vencedor do prêmio Oi tela viva móvel 2016 na categoria Utilidade Pública

    O Geledés Instituto da Mulher Negra e Themis Gênero e Justiça e Beelive Creative Developers agradecem a todos que apoiaram e fizeram parte da construção da solução, que o projeto PLP2.0 vencedor do Google Social Award Brasil 2014, foi escolhido como melhor aplicativo de 2015 na categoria utilidade pública, por escolha do júri. O PLP2.0 foi finalista em duas categorias e ganhou na categoria utilidade pública, por escolha do júri, isso significa que especialistas avaliaram o aplicativo e ele foi considerado o melhor na sua área publicado em 2015. Conheça os vencedores do 8º Prêmio Oi Tela Viva Móvel Em cerimônia na noite desta terça-feira, 3, durante o 15º Tela Viva Móvel, foram anunciados os vencedores do 8º Prêmio Oi Tela Viva Móvel. Confira abaixo a lista dos ganhadores em cada uma das dez categorias: Categoria: Educação Voto popular: TIM Kids Criar, da FS Escolha do júri: PlayKids Stories, da Movile...

    Leia mais
    Carmen Silva, Maria Guarneci e Maria Salete da Silveira (a partir da esq.), que atuam como promotoras legais populares

    Aplicativo ajuda a combater violência contra a mulher no Rio Grande do Sul

    Com apenas quatro toques, a polícia, a Justiça e uma rede de amigos serão alertados quando uma mulher se sentir ameaçada por um ex-companheiro que, desobedecendo a uma ordem da Justiça, resolver se aproximar dela. por Paula Sperb para a Folha em Porto Alegre Um aplicativo no celular será testado em Porto Alegre, a partir de fevereiro, na tentativa de coibir a violência doméstica -dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) apontam que uma mulher morre no país a cada 90 minutos por agressões de parceiros ou ex. O aplicativo, desenvolvido em parceria com as ONGs Themis e Geledés, avisa o juiz responsável pelo caso que a ordem foi descumprida, e a informação é automaticamente anexada ao processo. Além disso, a mulher pode enviar foto e vídeo que comprovem a aproximação ou agressão, que depois serão usados como provas. Imagens e sons são gravados após quatro segundos do aviso...

    Leia mais
    blank

    Tecnologia prioriza atendimento a mulheres em situação de violência – PLP 2.0

    A luta pela redução da violência contra a mulher ganha mais uma arma no Estado. Foi lançado, nesta quinta-feira, um aplicativo que oferece às mulheres como medida protetiva um canal de contato direto com órgãos policiais. O PLP 2.0, como é chamado, terá uma fase de teste com duas moradoras do bairro Restinga, no Extremo-Sul de Porto Alegre, que serão selecionadas em meados de janeiro. Depois dos testes, o uso do aplicativo será ampliado a todas as mulheres que já possuem medidas protetivas estabelecidas pela Justiça. Em todo o Estado, são cerca de 60 mil mulheres. por Suzy Scarton no JCRS Existe, ainda, a intenção de expandir o acesso ao aplicativo a todas as mulheres. De acordo com o líder de desenvolvimento do projeto PLP 2.0, Daniel Dora, até o final de janeiro, deve ser lançado também o Alerta PLP 2.0. Por meio dele, todas as mulheres poderão cadastrar uma...

    Leia mais
    blank

    Aplicativo que auxiliará mulheres vítimas de violência entra em fase de testes

    Um ano depois da assinatura do termo de cooperação entre a Secretaria da Segurança, Poder Judiciário e Ministério Público para sua viabilização, o aplicativo que auxiliará mulheres vítimas de violência doméstica começa a tomar forma. O lançamento oficial do PLP 2.0 ocorreu na tarde desta quinta-feira (17), no Departamento de Comando e Controle Integrado da Secretaria da Segurança, reunindo representantes do poder público, instituições e sociedade civil. Idealizado pela Organização Não Governamental (ONG) Themis – Gênero e Justiça junto com o Instituto da Mulher Negra Geledés, o PLP 2.0 está em fase de testes e deverá entrar em funcionamento no mês de janeiro de 2016. Ao ser acionado, o aplicativo dispara um torpedo para o 190 da Brigada Militar. O PLP permitirá que o smartphone acione o serviço de atendimento de emergência, que receberá a informação e a localização da vítima, por meio de informação via GPS. Os operadores obterão, de imediato,...

    Leia mais
    blank

    Aplicativo busca coibir violência doméstica em Porto Alegre

    Mulheres com medidas protetivas passam a contar com uma nova tecnologia para evitar agressões. O app PLP 2.0 foi lançado nessa quinta com o objetivo agilizar o atendimento de casos extremos de violência em Porto Alegre. A partir de sua utilização, planejada para janeiro, as autoridades pretendem fortalecer a rede de proteção à mulher. A solenidade de lançamento do novo aplicativo ocorreu na Secretaria de Segurança Pública (SSP), com a presença do governador José Ivo Sartori. no Correio do Povo Inicialmente o PLP 2.0 será um projeto piloto. Para isso, duas mulheres com medidas protetivas, moradoras no bairro Restinga, terão acesso ao aplicativo. “A partir do teste da tecnologia e do atendimento às vítimas, o projeto será ampliado para os outros bairros de Porto Alegre”, afirmou o secretário de Segurança, Wantuir Jacini. As usuárias da ferramenta serão selecionadas pelo Judiciário, conforme o grau de violência. Por meio do aplicativo, a...

    Leia mais
    blank

    PLP 2.0: aplicativo para o combate à violência contra a mulher é lançado oficialmente

    Ferramenta apoiada pela AJURIS passará por período de testes no bairro Restinga, em Porto Alegre. no Ajuris Foi lançado, oficialmente, nesta quinta-feira (17/12), o aplicativo para celulares PLP 2.0, na Secretaria da Segurança Pública do Estado. A AJURIS é apoiadora do projeto desenvolvido pela Themis – Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero e aplicado a partir de cooperação entre o Governo do Estado e Sistema de Justiça. A ferramenta tem por objetivo o combate à violência contra a mulher e será utilizada pelo Poder Judiciário para auxiliar no cumprimento das medidas protetivas aplicadas. (Entenda o funcionamento AQUI). Inicialmente, duas vítimas de violência doméstica do bairro Restinga, em Porto Alegre, participarão da fase de testes do aplicativo, nos próximos três meses. Autoridades acompanham apresentação técnica do aplicativo O desenvolvimento e aplicação do PLP foram demonstrados pela coordenadora de Projetos da Themis, Lívia de Souza, que referiu o trabalho...

    Leia mais
    blank

    Aplicativo para atender vítimas de violência doméstica funciona a partir de janeiro, na Restinga

    Iniciativa deve ser estendida a todos os bairros da Capital, em uma segunda etapa  Uma ferramenta para agilizar os atendimentos de emergência às vítimas de violência doméstica passa a ser testada, a partir de janeiro, no Rio Grande do Sul. Hoje, o aplicativo PLP 2.0, que prioriza a intervenção policial e judicial às mulheres com medida protetiva, foi oficialmente lançado pela Secretaria da Segurança Pública. no Rádio Guaíba O aplicativo foi desenvolvido pela ONG Themis – Gênero, Justiça e Direitos Humanos. A partir de janeiro, duas moradoras do bairro Restinga com medida protetiva serão selecionadas pelo Judiciário para testar o serviço. Após um período de experiência, o aplicativo deve ser liberado a mulheres de todos os bairros da Capital, que, conforme o entendimento da Justiça, também estiverem sob ameaça contra a vida. Ainda não há prazo para que a tecnologia chegue a cidades do Interior. Conforme a coordenadora de projetos...

    Leia mais
    blank

    Aplicativo permite prioridade no atendimento a mulheres vítimas de violência

    O Rio Grande do Sul tem, desta quinta (17), mais uma ferramenta no combate à violência doméstica. O PLP 2.0 dá prioridade ao atendimento da segurança pública às mulheres com medida protetiva e foi lançado no Departamento de Comando e Controle Integrado da Secretaria da Segurança Pública (DCCI/SSP). no Jornal Agora A solenidade teve a presença do governador José Ivo Sartori e marcou o início de uma nova etapa nos trabalhos iniciados com a assinatura de um termo de cooperação técnica, em dezembro de 2014. O acordo foi firmado entre o Estado, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, ONG Themis - Gênero, Justiça e Direitos Humanos e Associação de Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris). Iniciativa da Themis, em parceria com o Instituto da Mulher Negra Geledés, o PLP 2.0 é o projeto vencedor do Desafio Social Google 2014 e um dos agraciados com o Prêmio Ajuris João Abílio...

    Leia mais
    blank

    Aplicativo irá ajudar no combate à violência contra a mulher

    Rio Grande do Sul será o primeiro estado brasileiro a instituir parceria com o poder público para uso do aplicativo. Foto: Rodrigo Ziebell/SSP RS/ Divulgação Foi lançado na tarde desta quinta-feira (17), na sede da SSP (Secretaria da Segurança Pública), o aplicativo PLP 2.0 contra a violência a mulher, que prioriza o atendimento da segurança pública às mulheres com medida protetiva. A ferramenta é uma iniciativa da ONG (organização não-governamental) Themis, em parceria com o Instituto da Mulher Negra Geledés. no Plantão RS Conforme a SSP, o PLP 2.0 permite o acionamento do serviço de atendimento de emergência, que receberá a informação e a localização da vítima, através de informação via GPS. Os operadores também obterão todo o histórico do caso da mulher. O aplicativo estará disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. Inicialmente, o PLP 2.0 será usado por duas mulheres em situação de violência, moradoras do bairro Restinga. Após a fase de teste, o uso será estendido...

    Leia mais
    blank

    Mulheres vítimas de violência poderão acionar socorro a partir de aplicativo para celular

    Foi lançado em solenidade na tarde de hoje, 17/12, PLP.2.0, aplicativo para celulares que permitirá às mulheres amparadas por medidas protetivas solicitar socorro imediato em caso de novas ameaças ou agressões. O evento, na sede da Secretaria de Segurança Estadual da Segurança Pública, em Porto Alegre, contou com a presença do Governador do Estado, José Ivo Sartori. Representou o Poder Judiciário o Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador Tasso Caubi Soares Delabary. no TJRS A apresentação à sociedade da tecnologia e suas funcionalidades é o resultado de Termo de Cooperação Técnica assinado no final do ano passado entre os Poderes, órgãos públicos como Defensoria Pública do RS, Ministério Público, Secretarias de Estado da Segurança e da Justiça e dos Direitos Humanos, Ajuris e a ONG gaúcha Themis - Gênero e Justiça.   Dispositivo foi lançado na tarde de hoje na sede da Secretaria de Segurança Pública (Fotos: Thanise Melo)...

    Leia mais
    blank

    Lançamento do PLP 2.0 – aplicativo de combate a violência contra mulher – dia 17 em Porto Alegre

    Nesta quinta-feira dia 17 de dezembro, acontece o lançamento oficial do PLP 2.0 aplicativo de combate a violência contra mulheres ganhador do 1º Desafio de Impacto Social Google Brasil, que selecionou quatro instituições no Brasil para criar tecnologias sociais. A proposta venceu o prêmio do Juri Popular, por meio de votação online. pelo Portal Geledés O projeto foi desenvolvido pelas organizações não governamentais Geledés Instituto da Mulher Negra, de São Paulo e Themis Gênero e Justiça de Porto Alegre O propósito do aplicativo é dar agilidade no atendimento de casos extremos de violência e fortalecer a rede de proteção à mulher por meio da tecnologia e também ressalta o protagonismo da atuação das Promotoras Legais Populares (PLPs) que disseminam a ferramenta dentro das comunidades. Sueli Carneiro - Geledés Instituto Mulher Negra e Denise Dora e Daniel Dora Themis Gênero e Justica O aplicativo será usado por...

    Leia mais
    blank

    Projeto piloto PLP 2.0 de Geledés e Themis vencedor do prêmio Impacto Social Google tem inicio em Porto Alegre

    Aplicativo de celular irá auxiliar mulheres vítimas de violência As mulheres ganharão um importante aliado no enfrentamento à violência doméstica. Foi assinado, na tarde desta sexta-feira (19), no Palácio de Justiça, em Porto Alegre, um acordo de cooperação entre o Poder Judiciário, o Ministério Público e a Secretaria de Segurança para viabilizar um aplicativo de celular como mais uma medida preventiva às vítimas de violência. O projeto-piloto será implantado no mês de janeiro no bairro Restinga, em Porto Alegre, com dez mulheres que estão sob a guarida de medidas protetivas contra seus agressores. A implantação para todo o Estado deverá ocorrer em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. por Jaqueline Silveira no Sul 21 Idealizado pela Organização Não Governamental Themis – Gênero e Justiça, o aplicativo, ao ser acionado, dispara um torpedo para Brigada Militar em quatro segundos. O mecanismo, conforme a coordenadora da Themis, Denise Dora, permite identificar o...

    Leia mais
    blank

    Acordo de Cooperação Técnica que institui Projeto PLP 2.0 é assinado no Judiciário

    Porto Alegre (RS) - A Defensoria Pública do Rio Grande do Sul participou, nesta sexta-feira (19), no Palácio da Justiça, da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica com o Tribunal de Justiça e outras instituições, que institui o Projeto PLP 2.0, um aplicativo desenvolvido para smartphone que auxiliará as mulheres vítimas de violência que estejam sob medidas protetivas. O aplicativo foi idealizado pela Organização Não-Governamental Themis e apresentado ao Poder Judiciário. Com essa ferramenta, o telefone dispara um torpedo para a Brigada Militar, que poderá deslocar uma guarnição para socorrer a vítima, além de gravar o som ambiente. Para o Defensor Público-Geral, Nilton Arnecke Maria, o aplicativo é um instrumento que vai colaborar com o fortalecimento da Rede de Proteção à Mulher. “É uma satisfação participar desse momento de implantação de mais um instrumento de proteção à mulher. É gratificante ver o fortalecimento da Rede e todas essas instituições unidas para...

    Leia mais
    blank

    PLP 2.0 – Aplicativo para coibir a violência contra a mulher

     Em evento promovido sexta-feira (22) pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp) para comemorar os oito anos da Lei Maria da Penha abrangeu também o lançamento do projeto “A Tecnologia a Serviço do Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”. A iniciativa destacou a criação de um aplicativo que pode ser instalado em smartphone com sistema Android e que, conectado a uma rede de pessoas e entidades públicas e privadas, atua em tempo real, instantaneamente, no socorro a mulheres vítimas de violência. O programa já funciona no Rio Grande do Sul, em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado. Realizado no Fórum Criminal da Barra Funda, o encontro foi aberto pela coordenadora da Comesp, desembargadora Angélica de Maria Mello de Almeida, que ressaltou a frequência com que ocorrem casos de violência contra a mulher, nem sempre...

    Leia mais
    blank

    App brasileiro ajuda mulheres vítimas de violência a se protegerem de ex-companheiros

    A história, infelizmente, é conhecida. O relacionamento não está mais dando certo, a mulher decide terminar, o homem não aceita e a ameaça, persegue e agride. por Redação Hypeness Para ajudar as vítimas de violência, está em fase de testes o PLP 2.0, um aplicativo que permite que, em apenas quatro toques no celular, mulheres ameaçadas pelo antigos parceiros possam alertar a polícia, a Justiça e amigos ou familiares. A partir de fevereiro, duas moradoras de Restinga, em Porto Alegre, vão experimentar o mecanismo, que em breve deve ser testado em Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo. O nome do app faz referência ao programa Promotoras Legais Populares, que há mais de vinte anos trabalha para auxiliar as mulheres vítimas de violência física ou psicológica. O PLP 2.0 foi o vencedor do Desafio Social Google 2014, que bancou o desenvolvimento do aplicativo, feito em parceria com a Themis...

    Leia mais
    blank

    Desafio Google investe R$ 7 milhões em projetos de ONGs; todos saem vencedores

    O Google anunciou os quatro projetos de ONGs brasileiras vencedores do Desafio de Impacto Social Google Brasil, em evento nesta quinta-feira (8). A iniciativa foi promovida para contemplar projetos de organizações sem fins lucrativos com foco na solução de problemas sociais no país por meio de recursos tecnológicos. As instituições escolhidas superaram os 750 concorrentes inscritos.  por TASSIA MORETZ As organizações não-governamentais vencedoras são a Zero a Seis, com o projeto SMSBebê; Meu Rio, com a iniciativa Rede Minha Cidade; Conservation International do Brasil, apresentando sua ideia de Pesca Mais Sustentável; e, para completar o Geledés Instituto da Mulher Negra, com o projeto PLP 2.0, que foi vencedor por votação online. Cada uma delas vai receber R$ 1 milhão para executar os projetos. Em um anúncio surpreendente, o diretor executivo do Google Brasil, Fabio Coelho, disse que também ser contempladas as outras seis ONGs com R$ 500 mil para que também possam dar...

    Leia mais
    Geledés Instituto da Mulher Negra - Desafio de Impacto Social Google | Brasil #PorUmBrasilMelhor

    Você votou e nós ganhamos!!! Obrigada! Impacto Social Google I Brasil

    Companheiras e Companheiros, Em nome de Geledés Instituto da Mulher Negra e da Themis Gênero e Justiça, vimos agradecer a extraordinária votação que o nosso projeto de um aplicativo de combate à violência contra a mulher recebeu no voto popular do Concurso Desafio de Impacto Social Google|Brasil. Além de agradecer, nós queremos também compartilhar este prêmio com todas as organizações de mulheres que lutam nesse país combatendo a violência contra a mulher; com [email protected] gestores públicos que trabalham no combate à violência contra a mulher e com as Promotoras Legais Populares, as PLPs deste país, que lutam ajudando, protegendo e orientando as mulheres em situação de violência. Themis Gênero e Justiça E, finalmente, queremos dizer que esse projeto é um projeto coletivo que emerge das lutas coletivas de combate à violência contra a mulher. Portanto, ele é de todas e todos nós e nós iremos procurar, cada uma...

    Leia mais
    google

    Google premia projetos sociais do Brasil com R$ 1 mi

    Júri formado por MV Bill e Luciano Huck escolheu ONGs que estejam buscando solucionar problemas por meio de tecnologia Por Murilo Roncolato SÃO PAULO – O Google premiou hoje quatro projetos sociais brasileiros com R$ 1 milhão, vencedores do seu Desafio de Impacto Social – concurso feito anteriormente na Inglaterra e na Índia. A empresa escolhe ONGs que estejam buscando solucionar problemas por meio de tecnologia. Os projetos vencedores foram o PLP 2.0, do Geledés Instituto da Mulher Negra (eleito por voto popular); Rede Minha Cidade, da Rede Mobilizadora Meu Rio; SMSBebê, do Instituto Zero A Seis; e Pesca Mais Sustentável, do Conservação Internacional. Os vencedores foram escolhidos por um júri formado pela coordenadora do Google.org, Jaquelline Fuller, o empresário Josué Gomes da Silva, o apresentador Luciano Huck, o rapper MV Bill e a ativista Vivianne Senna. Outros finalistas, premiados com R$ 500 mil cada, foram os projetos Máquina de Gelo Solar, do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá; Juntos.com.vc, do Juntos...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist