sábado, dezembro 3, 2022

Nossas Histórias

Donas de si: mulheres negras contra o patriarcalismo na Bahia (1876-1883)

Neste texto, convido leitoras e leitores a recuar um pouco no tempo. Mais precisamente, para um momento às vésperas da Abolição na Freguesia de...

Festa de Quilombo: devoção e luta por direitos na Comunidade de Narcisa

Nas experiências dos africanos da diáspora e de seus descendentes, festejar é também um gesto de insurgência. É uma forma de expressar  ancestralidade, de ...

Autorias negras: por que estudá-las?

Gostaria de iniciar este texto com uma questão: por quê estudar as autorias negras? Em primeiro lugar, é preciso tentar definir o que seria...

Cotidiano, ofícios e lutas negras no Rio de Janeiro do Oitocentos

Uma pergunta que povoou minha pesquisa de mestrado pode parecer retórica, mas ainda é muito necessária: quem construiu as cidades escravistas como Rio de...

Ignorância Branca: de quem são as mãos que escrevem os cânones brasileiros?

O que há em comum nas diversas coletâneas de história da historiografia brasileira – campo que trata dos modos pelos quais historiadores e historiadoras...

Tem informação! Estudantes negros na Universidade de Coimbra no século 18

No início de abril de 2016 o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da UNICAMP amanheceu pichado com os dizeres: “Aki (sic) não...

Candendê: terras de cativeiro e de sonhos de liberdade

Acompanhamos a luta de Quitéria na justiça, em 1837, para provar ser mulher livre do cativeiro e o que foi vivido na fazenda da...

O que aconteceu em Argel? Exilados, Panteras Negras e a CIA nos anos 1970

Apresento aqui algumas notas de uma pesquisa documental que desenvolvi na University of Texas at Austin, entre 2020 e 2021, quando fui bolsista do...

Empreendedor? O preto Francisco Madeira “desenrola, bate e joga de ladinho”

Empreendedorismo é um termo ambíguo na atualidade. Explorado por uma mídia alinhada ao capitalismo da era da automação (que diminui postos de trabalho mesmo...

A voz de um governo: o Revolução no pós-independência de São Tomé e Príncipe

A independência de São Tomé e Príncipe teve como estopim o episódio que ficou conhecido como Massacre de Batepá. Ocorrido em 3 de fevereiro...

Fumageiras e a manufatura da história: lutas de operárias negras na Bahia

Para iniciar as indagações e reflexões deste artigo, trago, na imagem abaixo reproduzida, um dos Registros dos Empregados da firma Cia. de Charutos Dannemann,...

Trajetórias e territórios negros na vila de Itu (1770-1840)

Quem visita a cidade de Itu, no interior do estado de São Paulo, certamente não permanece indiferente ao patrimônio arquitetônico do Eixo Histórico: igrejas,...

Últimas Postagens

Aconteceu esta semana

Mulheres negras por um mundo em que caibamos todas

"Povoada,/ Quem falou que eu ando só/ Nessa terra, nesse chão de meu Deus/ Só uma, mas não sou só." A chegança soprada pelas...

Piauiense Esperança Garcia é reconhecida como a primeira Advogada do Brasil

Esperança Garcia foi reconhecida como a Primeira Advogada do Brasil pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) durante Sessão Ordinária do ano realizada manhã...

Rio Grande do Sul é um dos estados campeões da violência contra as mulheres

De janeiro a outubro, o Rio Grande do Sul registrou 89 feminicídios, sete a mais do que nos primeiros 10 meses do ano passado....

MOVER e Fundo Baobá investem R$ 4 milhões em educação tecnológica visando ampliação de oportunidades para a população negra

O MOVER (Movimento pela Equidade Racial) e o Fundo Baobá para Equidade Racial se uniram em prol da educação geradora de oportunidade para lançar...
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench