Aluno não precisará mais de fiador para pedir crédito

ANGELA PINHO
DE BRASÍLIA

PATRÍCIA GOMES
DE SÃO PAULO

Financiamento federal passará a ter “fundo garantidor” ainda neste ano

Com a verba, governo garante pagamento em caso de calote; adesão de universidades ou faculdades é voluntária


Ainda neste ano, universitários poderão ter acesso a financiamento estudantil sem a necessidade de fiador.
A possibilidade foi aberta ontem, com a publicação de medida provisória que cria um “fundo garantidor” para o Fies, programa federal para financiamento estudantil.

Mas, para entrar em vigor, a medida ainda tem que ser regulamentada, o que ocorrerá até o fim do mês, afirmou o ministro Fernando Haddad (Educação).

O fundo garantidor deverá ter recursos do governo e das instituições de ensino, de acordo com o ministro.

Eles serão usados quando o aluno não pagar o financiamento, para que as instituições não fiquem no prejuízo.

Só poderá utilizar o sistema o aluno que se enquadrar em determinados critérios socioeconômicos a serem definidos até o final deste mês.

A adesão das instituições será voluntária. Se quiser estudar em alguma que não tenha optado pelo fundo, o aluno precisará de um fiador.
Com a publicação da medida provisória, é a quarta vez que as regras do Fies mudam apenas neste ano.

A maior parte das alterações foi anunciada em janeiro, quando os juros anuais passaram a ser de 3,5% para todos os cursos. Antes, eram de 6,5% para a maioria e de 3,5% para graduações consideradas prioritárias.

Entre as alterações que passaram a valer desde então, estavam o aumento do prazo para quitar a dívida e a possibilidade de que estudantes pagassem parte do saldo devedor com trabalho.

Em março, a CMN (Comissão de Valores Mobiliários) reduziu novamente os juros, dessa vez para 3,4%.

Dois meses depois, nova surpresa. Em maio, a medida publicada no “Diário Oficial da União” que abria as inscrições para o Fies avisava também que, a partir de 2011, os alunos que quisessem contratar o financiamento deveriam ter feito o Enem.

Para o advogado Antony Argolo, que cuida de mais de 500 casos de estudantes com problemas para pagar o Fies, essas alterações em série trazem confusão para o aluno.

“É prejudicial que as mudanças aconteçam a granel. O que deveria ser feito é uma restruturação para diminuir a sensação de insatisfação de quem pega a mudança pelo meio”, diz o advogado.

 

Fonte: Folha de S.Paulo

+ sobre o tema

MEC abre edital para inscrição de tecnologias educacionais para zona rural

O  Ministério da Educação recebe, até 12 de março, inscrições...

Índios entregam Projeto de Lei que cria carreira de professor indígena

Etnias querem estruturação do magistério nas aldeias DO Portal do Meio...

PLANO DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO

Por: Suelaine Carneiro         ETAPA 2 - Plenárias por Subprefeituras   Prezadas/os companheiras/os...

SISU: Ainda desconhecida, 2ª edição de seleção via Enem começa amanhã

5 instituições aderiram ao Sisu, das quais 8 novas;...

para lembrar

Em SP, só aluno do 1º ano terá aula de espanhol

O governo de SP anunciou ontem que apenas alunos...

Desmoralizaram os professores

Apenas 2% dos estudantes do ensino médio querem ser...

MEC edita dois livros sobre questões étnico-raciais

O Ministério da Educação, por meio da Secretaria de...

Sobram mais de 7 mil vagas no Sisu, aponta balanço do MEC

O Mistério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira um...
spot_imgspot_img

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção às mulheres, divulgação de livros, sites, materiais sobre a valorização do feminino, ainda há muito...

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

SISU: selecionados têm até quarta-feira para fazer matrícula

Estudantes selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até quarta-feira (7) para fazer a matrícula...
-+=