Anani Dzidzienyo, de Gana prestigia Abdias Nascimento, em Alagoas

Como referência de várias gerações, um ícone da significativa cultura e memória negra Abdias Nascimento agregou no entorno de sua história, diversas gentes de militantes/ativistas a intelectuais de renome nacional e internacional.

Dentre eles encontramos o professor Anani Dzidzienyo, de Gana, sociólogo e cientista político que foi o primeiro estudioso africano a publicar trabalho sobre relações raciais no Brasil, como também sobre relações raciais em Cuba.

Anani Dzidzienyo será um dos palestrantes do Ìgbà Ábídi Seminário Afro-Brasileiro Celebração da Vida e Obra de Abdias Nascimento, que acontece na Faculdade Integrada Tiradentes, das 09 às 18 horas do sábado, 12 de novembro.

*Ígba Ábídí, literalmente significa “cabaça das letras” e remete para a representação yorùbá do mundo. Nesse sentido, ígba ábídí, tem por princípio simbolizar a cabaça da existência contendo em si as letras, princípio da formação das palavras, e desse modo da comunicação e da transmissão de conhecimentos.

Promovido pelo Projeto Raízes de Áfricas, AL o Ígba Ábídí tem a proposta de apresentar, debater e celebrar a trajetória de vida e obra de Abdias Nascimento em defesa do povo negro e para a organização do Movimento Negro no Brasil e exterior.

A realização Ìgbà Ábídi Seminário Afro-Brasileiro “Celebração da Vida e Obra de Abdias Nascimento’, conta com o apoio do governo do estado de Alagoas, Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, Universidade Federal de AlagoasFundação Cultural Palmares e Secretaria de Promoção e Políticas para Igualdade Racial/SEPPIR

Anani Dzidzienyo é o decano dos estudos sobre relações raciais no Brasil, como também sobre relações raciais em Cuba.

As inscrições para as atividades continuam abertas.

Serviço:

Dia 12 de novembro: Ìgbà Ábídi Seminário Afro-Brasileiro: “Celebração da Obra e

Vida de Abdias Nascimento”

Local: Faculdade Integrada Tiradentes

Horário: 08 às 18 horas

Certificação: 10 horas

Dia 13 de novembro:

Cerimônia de Deposição das Cinzas de Abdias Nascimento no Alto da Serra da Barriga

Horário: 09 às 15 h

Local: Lagoa dos Negros,Serra da Barriga,AL

Para inscrever-se basta enviar um e-mail para [email protected]

Mais informações: (82)8827-3656/3231-4201

 

+ sobre o tema

Clóvis Moura: a luta antirracismo é a base da luta de classes

O Seminário O Pensamento Radical de Clóvis Moura: Dez...

As melhores frases de Machado de Assis. Por Camila Nogueira

Na opinião dessa humilde estudante de letras — e...

Carlos Marighella – O revolucionário “Preto”

Quem é Clara Charf? Clara Charf - ex-companheira de...

para lembrar

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Sônia Nascimento – Vice Presidenta

[email protected] Sônia Nascimento é advogada, fundadora, de Geledés- Instituto da...

Suelaine Carneiro – Coordenadora de Educação e Pesquisa

Suelaine Carneiro [email protected] A área de Educação e Pesquisa de Geledés...

Sueli Carneiro – Coordenadora de Difusão e Gestão da Memória Institucional

Sueli Carneiro - Coordenação Executiva [email protected] Filósofa, doutora em Educação pela Universidade...
spot_imgspot_img

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido espaços de ensino e aprendizado. Carregam no nome a sua missão: ser escola. Ensinam sobre...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente entre as mães de vítimas da violência policial do Rio de Janeiro. Deise Silva de...

Brasil ainda tem 1,2 milhão de pessoas em lares sem banheiro; 5,4 milhões vivem com 4 ou mais, aponta Censo

Em 2022, o Brasil tinha 1,2 milhão de pessoas vivendo sem nenhum banheiro ou sequer um sanitário, e 5,4 milhões em lares com quatro...
-+=