sexta-feira, outubro 7, 2022
InícioSem categoriaAnistia quer nova posição do país

Anistia quer nova posição do país

Fonte:Diário de Pernambuco –


Genebra – A Anistia Internacional apela para uma mudança na postura do governo do Brasil no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU). Em uma carta aberta divulgada quinta-feira, a entidade pede que o Brasil passe a adotar uma “postura de princípios” em relação aos temas de direitos humanos. Lula falará no Conselho na segunda-feira, em Genebra.

Nos últimos meses, o Brasil vem adotando posições no Conselho de Direitos Humanos da ONU que deixaram as ONGs ocidentais preocupadas. O Itamaraty evitou dar seu apoio a uma investigação internacional em relação às supostas violações de direitos humanos no Sri Lanka e ainda poupou a Coreia do Norte em uma resolução que a condenava. “Não queremos abrir uma guerra contra o Brasil. Mas o país tem explicações a dar sobre seu comportamento. Esperamos, sinceramente, que o Brasil, uma democracia, olhe para frente e mude de posicionamento”, disse Peter Splinter, representante da Anistia na ONU. Ele considera a posição do Brasil como sendo “lamentável”.

“Anistia Internacional encoraja o presidente Lula a comprometer o Brasil a uma proteção mais vigorosa dos direitos humanos, tanto nacionalmente como internacionalmente quando ele discurse no Conselho de Direitos Humanos”, afirma a carta.

Matéria original: Anistia quer nova posição do país

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench