sábado, agosto 13, 2022
InícioQuestão RacialCasos de Racismo'Aqui, negro não tem vez' disse a racista na fila do hipermercado...

‘Aqui, negro não tem vez’ disse a racista na fila do hipermercado de Uberlândia

A polícia foi chamada em um hipermercado de Uberlândia após uma discussão entre consumidores na fila de um dos caixas. A família que fez a denúncia afirmou ter sido vítima de preconceito racial por uma mulher, que não aceitou o atendimento prioritário para outra que passava mal.

As testemunhas contam que o hipermercado estava lotado e todos aguardavam o atendimento quando uma mulher, acompanhada do marido, começou a passar mal. Alguns cederam o lugar para que o casal fosse atendido às pressas, mas uma mulher, não identificada, começou a discussão por não permitir que o casal passasse na frente.

Jeová da Silva Santos (foto) tentou conversar com a mulher que, histérica, começou a chamá-lo de negro e fez xingamentos contra o rapaz e a família. Ela ainda arremessou alguns produtos contra outras pessoas da fila e fez ameaças de agressão.

O boletim de ocorrência foi feito no local e a polícia aguarda o acesso às imagens de segurança interna do estabelecimento para investigar o caso.

Fonte: UIPI

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench