Ataques racistas provocaram 71 mortos na Rússia em 2009

 

Em 2009, 333 pessoas sofreram agressões racistas na Rússia, sendo que 71 resultaram em vítimas mortais. Apesar de preocupantes, os números apontados por um relatório da ONG Sova representam um decréscimo de 35% destes crimes comparativamente a 2008. Esta tendência está relacionada, em parte, com “o mérito da polícia e da justiça depois do desmantelamento de três grupos importantes, muito agressivos, de extrema-direita”, explica o relatório, ontem apresentado.

Segundo a organização especializada em estudos sobre xenofobia na Rússia, existem pequenos grupos extremistas que, através de propaganda na Internet, tentam desestabilizar os órgãos de Estado e as organizações que lutam contra o racismo. Galina Kojevnikova, directora adjunta do centro, afirmou em conferência de imprensa que estes grupos “querem provocar uma revolução e implementar um regime nazi”. A xenofobia na Rússia tem atingido níveis alarmantes nos últimos anos.

Fonte: Diário de Notícias

+ sobre o tema

Drogba ataca torcida do rival Fenerbahçe por racismo durante clássico

  As demonstrações de racismo por parte da torcida do...

Hoje na História, 1969, Dia Internacional de Luta Contra o Racismo

"DEVE SER LEGAL SER NEGÃO NO SENEGAL"- CHICO CÉSAR...

Negritude, sororidade e afro-religiosidade

Analiso aqui dois livros recém-lançados, ambos de escritoras negras:...

para lembrar

spot_imgspot_img

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...
-+=