Até 2014, 56% da população deverá estar na classe C

O percentual equivale a 113 milhões de pessoas. O dado foi apresentado nesta sexta-feira pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, na primeira reunião ministerial conduzida pela presidenta Dilma Rousseff.

Em 2009, a classe C englobava 95 milhões de brasileiros, metade da população. De acordo com o documento elaborado pelo Ministério da Fazenda, o percentual de brasileiros nas classes A e B, consideradas de maior poder aquisitivo, também deve crescer em quatro anos, passando de 11% (20 milhões) em 2009 para 16% (31 milhões) em 2014.

O número de brasileiros na classe D deve diminuir de 24% para 20%, de 44 milhões para 40 milhões de pessoas. A queda é estimada também na classe E, considerada de menor renda. Em 2009, 29 milhões de brasileiros estavam nessa classe, 15%. Em 2014, devem ser 16 milhões de pessoas, que irá corresponder a 8% da população.

Fonte: Correio do Brasil

+ sobre o tema

Entidades de segurança pública e direitos humanos dizem que novo edital precariza programa de câmeras da PM em SP

Entidades da sociedade civil ligadas à segurança pública manifestaram...

Convenção da extrema direita espanhola é alerta para o Brasil

"Manter o ideal racial de um continente branco de...

Aprovado no Senado, PL dos planos de adaptação esboça reação a boiadas do Congresso

O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (15/05)...

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

para lembrar

Texto que ironiza a forma como a mídia trata a crise viraliza nas redes sociais

Viralizou nas redes sociais um post no facebook em...

Brasil criou mais de 118 mil fundações e associações sem fins lucrativos

Das 118,7 mil fundações privadas e associações sem fins...

Cozinheira promete salmão e x-tudo de filé mignon a Obama no Rio

Tássia Thum Moradora do Vidigal, favela na Zona Sul do...

Judeus em defesa dos povos indígenas

Há mais de vinte anos, a terra do povo...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do Estado emerge da catástrofe. A pandemia de Covid-19 deveria ter sido suficiente para demonstrar que...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um alerta sobre o impacto econômico e social das mudanças climáticas que atinge todo o mundo....

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024, ano-base 2023, termina em 31 de maio. Até as 17 horas do dia 30 de...
-+=