Atibaia: Câmara aprova cotas para afrodescendentes em concursos públicos municipais

 

Foi aprovada na sessão da Câmara desta segunda-feira, dia 6 de maio, a proposta de emenda aditiva à Lei Orgânica do Município (LOM) que estabelece a reserva de vagas em concurso público municipal aos candidatos afrodescendentes, de autoria do vereador Edison Bento Leite.

Com a aprovação, o artigo 134-A da LOM passa a ter a seguinte redação: “sem prejuízo das vagas reservadas no artigo anterior, será destinada a reserva do percentual de 20% das vagas a serem preenchidas em concurso público ou processo seletivo no âmbito da Administração direta e indireta no Município de Atibaia aos afrodescendentes”.

O vereador conta que o país está vivenciando um momento de resgate, buscando minimizar as desigualdades e propiciar ações afirmativas que integrem e possibilitem a comunidade negra a participar intensamente do desenvolvimento econômico e social do país em igualdade de condições.

“O sistema de cotas no ensino universitário, por exemplo, busca disponibilizar, aos alunos oriundos das escolas públicas, pobres e na sua maioria negros, a possibilidade de se formarem em uma universidade. No que tange à participação em concursos públicos, não há diferenças”, enfatizou.

“Devemos participar deste momento de evolução e reconstrução pelo qual o país está passando. Essa medida visa, portanto, diminuir a desigualdade social em nosso município”, concluiu Dr. Edison.

 

Fonte: Atibaia News

+ sobre o tema

Ao menos 30 líderes quilombolas foram assassinados nos últimos dez anos

O assassinato de Bernadete Pacífico, 72, conhecida como Mãe Bernadete,...

Estudantes da UnB criam página para denunciar preconceito de professores

Alunos de relações internacionais ironizam suposto destaque da graduação. Regra...

‘Não estou nem aí’, Joaquim Barbosa esnoba cotas raciais

por Mariângela Gallucci - Agência Estado Apenas 1,4% dos magistrados...

para lembrar

spot_imgspot_img

Caça aos livros

Está aberta a temporada de caça aos livros no Brasil! Mas atenção. A perseguição restringe-se à indicação pedagógica de certas obras capazes de promover o debate e a...

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...
-+=