Ativistas acusam palestrante de racismo na Flica

 

Ativistas do movimento negro protestam na Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece no município do Recôncavo Baiano até este domingo, 27. Cerca de 30 manifestantes interromperam a mesa “Donos da Terra? – Os Neoíndios, Velhos Bons Selvagens” com o sociólogo Demétrio Magnoli e a historiadora Maria Hilda Baqueiro Paraíso logo após o início da discussão.

O grupo acusa o sociólogo, que é contra a política de cotas para negros, de ser racista. Por isso, eles não aceitam que Demétrio, que também é colunista dos jornais Estado de São Paulo e Globo, participe do evento.

O sociólogo não aceitou deixar a mesa e criticou a atitude dos manifestantes, alega que eles que são racistas “por não deixar o debate democrático acontecer”.

A historiadora ainda tentou negociar com os manifestantes, abrindo o microfone para eles e sugerindo a troca do tema de discussão para a política de cotas, o que não foi aceito pelos ativistas. Seguranças também tentaram impedir o protesto.

Após cerca de 1h30 de protesto, os organizadores da Flica decidiram inicialmente adiar a mesa, que aconteceria às 13h30, fechada para o público, mas depois voltaram atrás e cancelaram a atividade.

 

 Leia Também: 

Kabengele Munanga responde a Demétrio Magnoli

Fonte: A Tarde

+ sobre o tema

‘Trabalho de domésticas é resquício da escravidão’, diz Bianca Santana

Bianca Santana é uma das principais pensadoras do racismo...

“O Retorno” | Atlânticos em transe sob a lua de Luanda, por Cidinha da Silva. Ep.6

Minha irmã, tu não conhecerias Luanda se não tivesses...

Mecânico morre após ser agredido por policial militar em São Paulo

O mecânico Eduardo Alves dos Santos, 42 anos, morreu...

Queremos ver os jovens vivos !

30 mil jovens por ano são assassinados no Brasil....

para lembrar

Militância negra nas Universidades Públicas: ensinamentos do século 20

“Não há revolução sem teoria revolucionária!” A tese é...

RJ: Apenas 244 processos de racismo chegaram ao fim em 30 anos

Na média, os números apontam que foram julgado oito...

L’Oréal é condenada por racismo na França

Por Guilherme Neto, do Mundo do Marketing A L´Oréal foi...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=