Guest Post »

Audiência Pública discutirá liberdade da Juventude Negra

Fonte: Portal Vermelho –

Discutir e elaborar estratégias e ações de enfretamento ao racismo e diversas formas de opressão que afetam diretamente os (as) jovens negros é um dos objetivos da Audiência Pública contra o Extermínio da Juventude Negra, que acontecerá no dia 26 de novembro, na Assembleia Legislativa do Ceará.

O evento faz parte da Campanha “Quero Viver”, que tem o objetivo de combater o extermínio da juventude, protagonizado por jovens de todas as partes da cidade, que participam do Clube Galera de Atitude. O encontro conta com a colaboração do Grupo Juventude Negra Kalunga, que também realiza atividades para no Clube. A organização juvenil tem o papel fundamental nas discussões raciais, de gênero, de juventude e na luta por liberdade, igualdade e respeito. O encontro consiste num espaço de construção de políticas públicas para juventude negra, dialogando com grupos, movimentos, organizações e articulações desse público.

Levando em consideração questões de gênero, raça e orientação sexual, sabe-se da desvantagem histórica desse segmento, que ainda nos dias atuais a juventude negra vem sofrendo com o extermínio físico e simbólico protagonizado pelo estado e que contam com a conveniência de grande parte da sociedade, defendendo que as políticas públicas devem se construir em instrumentos de mudança dessa realidade.

A audiência contará com a presença de pessoas que lutam em favor da causa, entre representantes do Poder Público Municipal e Estadual e entidades dos movimentos sociais, como o IJC. Estarão presentes na audiência David Barros, Presidente do Conselho Nacional de Juventude; Roque Peixoto, do Forúm Nacional de Juventude Negra – BA; Lucas Vieira, da Juventude Negra Kalunga – JNK; Silvia Maria, Diretora do Instituto de Juventude Contemporânea – IJC e Afonso Thiago – Coordenador da Assessoria de Juventude da Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Matéria original

Related posts