Aumento de eleitores negros evapora divisão racial em eleição americana

Fonte: Último Segundo –

Na eleição presidencial do ano passado, jovens negros votaram em maiores proporções do que os brancos pela primeira vez, e mulheres negras compareceram em maior número do que qualquer outro grupo racial ou étnico, confirmou uma análise do censo divulgada na segunda-feira.

Como resultado, na eleição que resultou no primeiro presidente negro da nação, o vão histórico entre eleitores brancos e negros virtualmente evaporou.

A pesquisa da Agência de Censo também achou contrastes notáveis nos motivos que levaram as pessoas a não votarem. Cerca de três vezes mais brancos disseram não ter gostado dos candidatos ou das questões das campanhas.

No geral, 18% dos não eleitores disseram que estavam muito ocupados, 15% disseram não terem comparecido por motivo de doença ou inaptidão e 13% afirmaram que não estavam interessados ou não gostaram dos candidatos ou temas.

O comparecimento eleitoral total em 2008 foi quase o mesmo de 2004, cerca de 64% dos cidadãos em idade de voto. Mas com Barack Obama na cédula, a composição dos 131 milhões eleitores foi perceptivelmente diferente.

Enquanto o número de eleitores brancos não-hispânicos permaneceu quase o mesmo, 2 milhões de negros a mais, 2 milhões de latinos a mais e 600 mil asiáticos a mais comparecerem às urnas. Em comparação a 2004, o índice de votação entre negros, asiáticos e hispânicos aumentou aproximadamente quatro pontos percentuais. O índice de brancos caiu em um ponto.

Como resultado, de acordo com uma análise de William H. Frey, demógrafo do Instituto Brookings, o número de eleitores brancos caiu de 79% em 2004 para 76% em 2008.

O comparecimento variou muito entre os Estados, de 52% em Utah a 75% em Minnesota. Em vários Estados, inclusive Maryland, Mississippi, Missouri, Nevada, Ohio e Carolina do Sul, o comparecimento entre negros ultrapassou 70%.

Em 2004, de acordo com o censo, pouco menos de 60% dos negros com idade de voto compareceram às urnas. Em 2008, quase 65% (como 66% dos brancos).

Mas uma das grandes mudanças foi na diferença entre a participação dos brancos e negros. Em 2004, o índice de registro dos eleitores negros era 10% menor do que o dos brancos. No ano passado, ele diminuiu para 4%.

Dos 206 milhões de cidadãos com 18 anos ou mais, 71% se registraram para votar. Entre o que se registraram, 90% votaram em 2008.

Matéria original: Aumento de eleitores negros evapora divisão racial em eleição americana

+ sobre o tema

Detenção de Mano Brown exemplifica a mensagem de Cores e Valores

Pedro Paulo Soares Pereira, 44 anos, também conhecido como...

Um quinto dos americanos acha que Obama é muçulmano, diz pesquisa

Obama frequenta a igreja e já reiterou publicamente sua...

Olimpíada é aprofundamento do modelo militarizado de segurança

Para diretor da Anistia Internacional, aumento da violência do...

Em prol das crianças e jovens

Menino, negro, 13 anos, vivendo na zona rural do...

para lembrar

Capital estrangeiro vai ser taxado em 2% a partir desta terça, diz Mantega

Fonte: UOL - O ministro da Fazenda, Guido Mantega,...

Machismo e racismo dentro e fora do BBB

por Karen Polaz de Blogueiras Feministas Não sou fã...

Entrevista – Fábio Mesquita: “Talvez a solidariedade nos leve a viver em um mundo melhor”

“Este ciclo vai passar… e talvez esse momento tão...

A FAVOR:Nobel é reconhecimento a multilateralismo

Folha de São Paulo - por: Sérgio Dávila - MAIS do...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=