Balotelli diz que matará quem o ofender com xingamentos racistas

O atacante Mario Balotelli não cansa de dar declarações polêmicas e dessa vez o seu alvo foi um dos problemas mais preocupantes no futebol europeu. Conhecido por ser intempestivo, o jogador do Manchester City e da seleção italiana afirmou nesta terça-feira que matará qualquer torcedor que ouse xingá-lo de forma racista durante a Eurocopa deste ano.

O atleta viu a questão ganhar força no Velho Continente após o canal BBC apresentar uma reportagem sobre a forma como o problema é tratado na Polônia e Ucrânia, responsáveis por sediar esta edição do torneio. Sem poupar palavras para definir o comportamento destes torcedores, o jogador foi enfático e disse que ofensas como estas farão com que ele perca a cabeça dentro de campo.

“Se alguém jogar uma banana em mim na rua, eu vou para a prisão, porque eu vou simplesmente matar essa pessoa. Racismo é inaceitável para mim. Eu não posso permitir isso. Eu espero que nós não tenhamos problemas como esse na Euro, porque se acontecer eu vou deixar o gramado e ir para casa. Nós estamos em 2012, isso não pode acontecer”, bradou o atacante, em entrevista ao jornal The Sun.

Episódios envolvendo racismo foram frequentes no Campeonato Inglês disputado por Balotelli na última temporada. Além dos casos emblemáticos envolvendo John Terry, do Chelsea, e Anton Ferdinand, do QPR, e Luis Suárez, do Liverpool, e Evra, do Manchester United, torcedores também foram detidos pela polícia e banidos dos estádios após emendarem cantos ofensivos a atletas negros.

A preocupação dos organizadores da Eurocopa também se estende a países do leste europeu. Incidentes que contaram com o arremesso de bananas e gritos racistas coletivos foram presenciados ao longo do Campeonato Russo, sendo o brasileiro Roberto Carlos, do Anzhi, um dos atingidos pelos xingamentos dos torcedores adversários.

 

 

Fonte: ESPN

+ sobre o tema

Racismo no Metrô Campo Limpo: A versão do Metrô

O músico William Oliveira Santos, 25, afirma ter sido...

Em São Paulo, PM assassinou 338 pessoas em oito meses

O mês de agosto foi o mais violento, com...

para lembrar

SPFW: Grifes silenciam sobre negros

Fonte: Zero Hora Foto: Daniel Teixeira/Estadão O Termo de Ajustamento de...

Inscrições racistas são encontradas na Unesp

Frases com ofensas de conotação ao racismo são avistadas...

Caso de racismo em escola será investigado como inquérito policial

Mariana Araújo Escola onde a vítima estuda Foto:...
spot_imgspot_img

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...
-+=