BID e Noruega reafirmam colaboração em transparência para a América Latina e Caribe

 

WASHINGTON, DC – A fim de promover iniciativas inovadoras sobre questões de transparência na América Latina e no Caribe, o governo da Noruega anunciou hoje que fará um contribuição adicional de US$ 5 milhões para o Fundo Fiduciário de Transparência (TTF, sigla em Inglês) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tendo US$ 7,4 milhões de contribuição total do país para o período 2013-2015.

Por sua parte, o Banco anunciou que irá fornecer fundos para doações, no montante de até US$ 7,5 milhões para apoiar o trabalho do Fundo de Transparência durante este mesmo período.

O anúncio foi feito durante uma reunião entre Heikki Holmås, ministro de Desenvolvimento Internacional do Ministério das Relações Exteriores da Noruega, e Luis Alberto Moreno, presidente do BID, em Washington, DC.

A recapitalização do Fundo é o de consolidar a estratégia pró-integridade do financiamento do BID por meio de projetos de cooperação técnica, pesquisa de ponta, e divulgação de boas práticas na América Latina e no Caribe.

Holmås destacou a cooperação com o Banco. “O BID está na vanguarda da transparência, apoiando a prosperidade. Fico feliz com os esforços realizados no último ano para levantar estes temas na agenda do BID. Estamos particularmente satisfeitos com o enfoque do Fundo Fiduciário da Transparência, ao que se refere na gestão de recursos naturais, assuntos tributários e ferramentas para o desenvolvimento “, disse o ministro.

O Fundo foi criado em 2007 com uma contribuição inicial do governo da Noruega, de aproximadamente US$ 5 milhões, incrementado pelos dos EUA com US$ 1 milhão em 2011 e um montante adicional US$ 2,4 bilhões em 2012, por parte do BID e da Noruega, respectivamente.

“Somos gratos pelo apoio e liderança da Noruega sobre esta importante questão e esperamos fortalecer nossa parceria ainda mais”, disse o presidente do BID, Luis Alberto Moreno. “Maior transparência se traduz em instituições fortes que proporcionam um melhor serviço aos cidadãos da América Latina e do Caribe”.

Os projetos do Fundo atendem os incentivos e os recursos das partes interessadas para solicitar e fornecer informações a fim de melhorar a transparência e a prestação de serviços públicos. Por exemplo, no Brasil, um projeto de US$ 626 mil ajudou a implementar o Observatório do Gasto Público, permitindo à Controladoria-Geral da União que o país detecte irregularidades cedo, resultando em economias fiscais substanciais. No Equador, o Fundo apoiou o projeto de implementação das normas de transparência, o que permitiu um aumento considerável na compreensão por parte dos cidadãos do setor de petróleo, especialmente a nível subnacional.

Até 1 de Abril de 2013, o Fundo aprovou um total de 16 projetos de cooperação técnica que beneficiam 11 países. Seguindo a tendência na região para um governo aberto, as principais áreas do Fundo são a integridade financeira, auditoria e controle de governança dos recursos naturais.

 

Fonte: BID

+ sobre o tema

Clóvis Moura: 5 anos sem o “pensador quilombola”

"Eu aprendi a me conhecer lendo Clóvis Moura. Sou...

Isaac Julien: Geopoéticas

Curadoria de Solange FarkasDe 4 de setembro a...

O questionamento dos fundamentos da sociologia brasileira

Os três pensadores das nossas ciências sociais que formularam...

4 pessoas que eram negras e que a história representa como brancas

Vários nomes da história apenas chegam até nós por...

para lembrar

Machado de Assis é o maior escritor latino-americano

Qualquer semelhança não é mera coincidência. A morte do...

Show de Beyoncé no Coachella 2018 vira filme pela Netflix; assista trailer

Se você foi um dos que não aguentou ficar...

Um poeta que o Brasil precisa conhecer

É tempo de protesto. Punhos ao ar, ruas em...

Pelé-estrela negra em campos verdes

"PELÉ-Estrela Negra em Campos Verdes", livro de Angélica Basthi,  editora: Garamond...
spot_imgspot_img

Rihanna já tem atriz favorita para possível cinebiografia

Rihanna está se antecipando em relação a como quer ser vista, caso sua história venha a ser uma cinebiografia em algum momento do futuro. A cantora...

‘Bad Boys 5’ já está sendo discutido, afirma produtor

‘Bad Boys: Até o Fim‘ estreou há apenas uma semana, mas um 5ª filme para a franquia estrelada por Will Smith e Martin Lawrence já está sendo discutido. A...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...
-+=