Boateng foi embora do Milan por não suportar mais racismo

Revelação é feita por dirigente do Schalke 04, novo clube do jogador

O meia Boateng deixou o Milan e o futebol italiano por causa do racismo. A revelação foi feita por Peters Peter, diretor financeiro do Schalke 04, atual clube do jogador ganês.

– Ele queria deixar o Milan por causa dos numerosos episódios de racismo durante a sua permanência na Itália – disse o dirigente do clube alemão.

Peters completou afirmando que Boateng já havia entrado em acordo com o presidente do Milan, Silvio Berlusconi, para que pudesse deixar o clube após a classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

‘Lá nunca mais volto’ – SEU JORGE sofre racismo na Itália – áudio

Fonte: O Globo

+ sobre o tema

Tudo isto está muito mal explicado

Por: CRISTIANO PEREIRA     A morte de...

Valentino desfila coleção inspirada na África, mas “esquece” dos negro

A grife Valentino apresentou hoje sua coleção primavera/verão 2016....

Quanto custa assassinar a juventude negra? R$ 79 bilhões por ano

Morte prematura de jovens custa R$ 79 bilhões por...

para lembrar

Menor que confessou ter matado haitiano é solto por falta de vagas

O adolescente de 17 anos que confessou ter matado...

Aluno entrega esponja de aço como presente a professora negra no DF

Uma professora de português da rede pública do Distrito...

Movimento negro apresenta livro sobre racismo em Ilhabela

Fonte: WNews A Prefeitura de Ilhabela...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=