terça-feira, novembro 30, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaPatrimônio CulturalBolt volta a assombrar em Pequim, supera Gatlin e conquista o tri...

Bolt volta a assombrar em Pequim, supera Gatlin e conquista o tri mundial nos 100m

Em 2008, Usain Bolt assombrou o mundo nos Jogos Olímpicos de Pequim com o ouro nos 100 metros rasos e o então recorde mundial, 9s69.

Do ESPN

Neste domingo, no mesmo Estádio Ninho de Pássaro, sete anos depois, o jamaicano voltou a fazer história. Em uma das provas mais aguardadas dos últimos tempos, Bolt superou a forte concorrência de Justin Gatlin por apenas um centésimo.

Com 9s79, Usain Bolt volta ao lugar mais rápido do pódio, assim como aconteceu em Berlim-2009 e Moscou-2013 – em 2011, em Daegu, ele queimou a largada.

Gatlin, que fez 9s77 na semifinal, não baixou sua marca e ficou na segunda posição com 9s80. A terceira colocação foi dividida entre o canadense Andre de Grasse e o norte-americano Trayvon Bromell com 9s92.

“Parabéns a Usain Bolt pela vitória histórica. Tão bom vê-lo ganhando no Ninho de Pássaro novamente”, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach.

O jamaicano, assim, deixa para trás a desconfiança sobre sua forma física nos últimos anos e retorna ao topo do mundo. Agora, a meta do maior velocista de todos os tempos é buscar o tri olímpico no Rio de Janeiro em 2016 e encerrar a carreira no Mundial do ano seguinte em Londres.

 

RELATED ARTICLES