Boxe: ex-campeão mundial apoia ídolo que “se tornou mulher”

Pupilo de Frank Maloney, Lennox Lewis postou mensagem defendendo a decisão de o ex-empresário de fazer cirurgia para mudar de sexo

Um  dos maiores empresários da história do boxe mundial, Frank Maloney chocou o planeta ao anunciar, neste domingo, em entrevista ao jornal Daily Mirror, que fará cirurgia para mudança de sexo. Além disto, informou que passará a se chamar Kellie. Como esperado, a decisão causou alvoroço nas redes sociais, mas foi apoiada por aquele que fez parceria espetacular com Maloney durante a sua carreira.

Principal cliente de Frank, o britânico Lennox Lewis, ex-pugilista campeão mundial peso-pesado em todas as associações do boxe na década de 90, usou a sua conta no Facebook para comentar sobre o anúncio de seu “ídolo” e defendeu a decisão informada por ele neste fim de semana.

“No início, eu estava tão chocado quanto qualquer um com a notícia sobre a decisão do meu ex-promotor. Meu primeiro pensamento era de que aquilo havia sido um devaneio”, admitiu. “Mas a grande graça da vida, e do boxe, é que, dia após dia, você nunca sabe o que vai acontecer. Sempre pode ser surpreendido”, acrescentou.

Lewis seguiu exaltando a coragem de seu ex-empresário e ainda alfinetou àqueles que criticaram o fato de Maloney optar por se tornar mulher. Na entrevista ao Daily Mirror, o lendário personagem do boxe assumiu ser homossexual e, vestido de mulher, contou que, há anos, passa por um processo para mudar de sexo. A transexualidade será consolidada em breve.

“Este mundo em que vivemos nem sempre se define em preto ou branco, seco ou molhado. E, ainda mais vindo da fraternidade do boxe, eu posso imaginar o quão difícil foi para Kellie assumir esta opção, escreveu Lewis, já chamado seu ex-empresário pelo novo nome. “Eu respeito a decisão dela e digo que, se isso é o que traz a verdadeira felicidade para sua vida, que assim seja. Todas as pessoas deveriam ter a possibilidade de viver de uma forma que lhe traga harmonia e paz interior”, decretou.

lennoxwilliamsfrankmaloneyboxegetty

Frank Maloney foi empresário de Lennox Williams durante o auge do lutador, na década de 90 (Holly Stein/Getty Images)

Fonte: Terra 

+ sobre o tema

EUA terão primeira transgênero a concorrer a governo estadual

Christine Hallquist obteve 48,3% dos votos dos democratas nas...

A síndrome da militância arrogante

Parte dos oprimidos adota, previsivelmente, a ideologia do opressor....

Taís Araújo fala sobre feminismo e desabafa: ‘Se a mulher fala não, acabou!’

A cantora e atriz Lellêzinha também participou da conversa. Do...

1ª formatura do programa programa de inclusão social Transcidadania

Em clima de festa, 38 mulheres e homens trans...

para lembrar

O rap também se faz no feminino. Alguns nomes a reter

Desde os primórdios da cultura hip hop que esta...

Precisamos promover uma coexistência ao nosso redor

Djamila Ribeiro escreve sobre como podemos romper os muros...

A figura paterna no desenvolvimento infantil

Pesquisas revelam a influência específica do pai no fortalecimento...
spot_imgspot_img

1ª Parada Negra LGBT de BH acontece no próximo sábado (25/5)

No próximo sábado (25/5), data que marca o Dia da África, acontece em Belo Horizonte, a 1ª edição da Parada Negra LGBT. O evento acontece...

Em ano olímpico, Rebeca Andrade ganha homenagem da Barbie e quer inspirar outros sonhos

Rebeca Andrade, 25, possui uma longa lista de conquistas. A ginasta é medalhista olímpica, vencedora de ouro e prata, bicampeã mundial, medalhas nos jogos Pan-Americanos...

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...
-+=