Guest Post »

Brasília: Ação da Secretaria de Saúde conscientiza sobre violência contra mulheres

Violentômetro será disponibilizado por toda a rede de saúde para auxiliar no reconhecimento e na prevenção de ações agressivas contra elas

No Correio Braziliense

 

Violentômetro apresenta régua que classifica ações violentas contra mulheres. Graduação vai desde chantagem até feminicídio
(foto: Divulgação/SES-DF)

 

A Secretaria de Saúde lançou uma campanha com o objetivo de auxiliar, principalmente no reconhecimento e na prevenção de comportamentos agressivos contra as mulheres. O Violentômetro, cartaz com uma espécie de régua, classifica ações violentas e apresenta graus, que vão desde a chantagem até o feminicídio. O informativo será disponibilizado na rede pública de saúde e usado no acolhimento e nas rodas de conversa dos atendimentos nos Programas de Pesquisa, Assistência e Vigilância à Violência (PAV).

A novidade faz parte das iniciativas desenvolvidas por meio da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher, que começou na última terça-feira (20/11) e termina em 10 de dezembro. A pasta promoverá outras ações como parte da iniciativa. Nessa terça-feira (27) e durante o mês de dezembro, o PAV Flor de Lótus, no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), fará uma roda de conversa sobre gênero e violência contra a mulher.

Os Núcleos de Prevenção e Assistência a Situações de Violência (Nupavs) das regiões de saúde terão equipes mobilizadas nas salas de espera das emergências até quinta-feira (29). A mesma ação ocorrerá nas salas de espera dos ambulatórios dos hospitais e policlínicas da rede pública do Distrito Federal entre 3 e 6 de dezembro.

No Distrito Federal, entre janeiro e outubro, quase 60% (2.395) dos 4.147 casos de notificação de violência feitos à Secretaria de Saúde foram contra pessoas do sexo feminino. No Brasil, cerca de 43% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente. As notificações deste ano superaram as de todo o ano passado.

Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Related posts