Caminhada Rosa marca dia mundial de combate ao câncer de mama

Evento no Rio de Janeiro reforça a importância damamografia a partir dos 40 anos

Rafael Gonzaga*

Neste domingo (19), a orla da Barra da Tijuca será palco de uma caminhada de 2,5 km para reforçar a importância do exame de mamografia a partir dos 40 anos. O evento será realizado pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) Regional Rio de Janeiro, em parceria com a Associação Médica da Barra e a concentração será às 9h em frente ao Bondinho da Barra, no Posto 5, indo até a Praça do Ó. A participação na caminhada é gratuita e a SBM sugere que os participantes vão vestidos de rosa, com roupas leves e bebam água durante o trajeto.

A caminhada ocorre durante o mês de prevenção do câncer de mama, o chamado Outubro Rosa, movimento com repercussão no mundo inteiro, e o objetivo é alertar as mulheres sobre a importância da saúde da mama. O evento serve para ressaltar a importância de momentos como a visita ao mastologista regularmente para as mulheres acima dos 40 anos e da realização anual da mamografia. Além disso, pretende reunir mulheres de todas as idades e familiares que já passaram pelo problema, além de entidades da sociedade civil que lutam pela causa.

Segundo estimativas do governo federal somente neste ano ocorrerão mais de 57 mil novos casos da doença no Brasil, com mais de 12 mil mortes, sendo a neoplasia maligna que mais acomete as mulheres no Brasil. De acordo com o mastologista Alexandre Villela, o diretor da SBM Regional Rio e responsável pelo evento, o diagnóstico precoce pode elevar as chances de cura em até 95%. “A mamografia é o exame mais preciso e essencial para a mulher dessa faixa etária. É preciso que toda a mulher acima dos 40 anos tenha essa percepção e realize a mamografia”, afirma.

 

 

Fonte: Jornal do Brasil 

+ sobre o tema

À beira do retrocesso

Os direitos humanos trazem a marca de seu tempo...

‘O teste de câncer de próstata que salvou minha vida’

"Então, é câncer." Por Ben Stiller Do Brasil Post Sem deixar a peteca...

Ari Cândido, o primeiro fotojornalista negro de guerra do Brasil

“A fragilidade gelatinosa do seu pré-roteiro acumula situações sempre...

para lembrar

Antônio Frasson, mastologista: ‘Angelina Jolie mudou a história’

Professor da PUC-RS e médico do Hospital Albert Einstein,...

Ministério da Saúde começa distribuição de teste oral de HIV

Resultado sai em 30 minutos; governo estima que 150...

Trabalho infantil e o “sindicato” de crianças na Bolívia -Por: Reinaldo Bulgarelli

Crianças e adolescentes se organizam na Bolívia para pedir...

Dênis de Moraes: Megagrupos estrangeiros avançam na mídia

Por que a concentração monopólica da mídia é...
spot_imgspot_img

Levantamento aponta crescimento da população de rua em São Paulo

Levantamento do Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua revela aumento do número de pessoas vivendo nestas condições na...

Proposta de Geledés para empoderamento da mulher negra é retomada na ONU

Geledés - Instituto da Mulher Negra, em fala conjunta com as organizações Coalizão Negra por Direitos, Criola e Coletivo Danêji, conseguiu obter bons resultados...

SP inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na segunda

A partir da próxima segunda-feira (27) crianças até cinco anos de idade começam a ser vacinadas contra a Poliomielite (paralisia infantil) no estado de...
-+=