Campanha de autodeclaração racial e étnica dos jornalistas

Campanha de autodeclaração
racial e étnica dos jornalistas:
“Jornalista de verdade assume a sua identidade”


“Como questão estrutural da sociedade brasileira,
as relações raciais necessitam de atenção dos jornalistas”.

Tese Visibilidade às Questões Étnicas nos Meios de
Comunicação e no Mercado de Trabalho, aprovada no
31º Congresso Nacional dos Jornalistas – 2004.
O racismo constitui o fundamento para a estruturação e a hierarquização racial das sociedades, colocando os/as afro-descendentes e os/as indígenas nos extratos mais baixos da pirâmide social, política e econômica. Sendo assim, o uso estratégico da informação estatística, capaz de reconhecer esses povos e as condições socioeconômicas em que vivem, é uma das ferramentas para que sejam incorporados nas políticas públicas em condições de igualdade.Nesse sentido, as informações sobre raça, cor e etnia no cadastro sindical vão derivar dados estatísticos confiáveis e influenciar a análise de indicadores sobre o modo de vida profissional dos/as jornalistas afro-descendentes e indígenas, subsidiando a luta por políticas de igualdade racial no mercado de trabalho.A inclusão do item raça/cor/etnia na ficha cadastral dos sindicatos dos jornalistas foi uma deliberação do 31º Congresso Nacional dos Jornalistas, realizado em agosto de 2004, em João Pessoa (PB), que deve ser cumprida pela FENAJ e os 31 sindicatos filiados. Colabore. Procure o seu sindicato e atualize a sua ficha de cadastro.Jornalista de verdade assume a sua identidade!

Peças para download
  • Desigualdades de gênero, raça e etnia
  • Por que gênero, raça e etnia para jornalistas?
  • Curso de Gênero, Raça e Etnia para Jornalistas
  • Teses aprovadas de gênero, raça e etnia nos Congressos Nacionais dos Jornalistas:
    XXXI Congresso Nacional dos Jornalistas (João Pessoa-PB)
    XXXII Congresso Nacional dos Jornalistas (Ouro Preto-MG)
    XXXIII Congresso Nacional dos Jornalistas (São Paulo-SP)
    XXXIV Congresso Nacional dos Jornalistas (Porto Alegre-RS)
  • Folder
  • Cartaz
  • Adesivo
  • Marcador
  • Spot de rádio da campanha

+ sobre o tema

Da Cor do Brasil: A luta anti-racista e a defesa dos direitos humanos

Fonte: Maria Gorete Contagem regressiva...

“ Racismo é uma doença mental e produz vulnerabilidade ”, afirma Jurema Werneck

O sofrimento contínuo do cidadão negro brasileiro é naturalizado...

Anistia faz protesto em frente ao Comitê Rio-2016 contra violação de direitos humanos

Organização protocolou petição com mais de 120 mil assinaturas...

Nassif: Copa, Brasil ganhou, mídia perdeu, factóides viraram pó

Copa: o Brasil ganhou, a mídia perdeu Cobertura pré-Copa revelou...

para lembrar

“Tenho o vírus da Aids, e o meu namorado não”

Tenho HIV, e o meu namorado não. Um dia...

Henrietta Lacks a mulher que mudou a ciência para sempre (e nunca ficou sabendo)

Henrietta Lacks teve uma vida curta e dura. No...

Procuradora envia ao STF parecer a favor de aborto de anencéfalo

A procuradora-geral interina da República, Deborah Duprat, enviou ontem...
spot_imgspot_img

Cimi registra ataques a povos indígenas em três estados

Os conflitos entre produtores rurais e grupos indígenas continuam no Mato Grosso do Sul e Paraná. De acordo com publicação feita neste sábado (20) pelo Conselho...

Movimento Negro cobra e Brasil se posiciona na ONU sobre agenda racial

Nesta quarta-feira, 17, durante a sessão do Fórum Político de Alto Nível nas Nações Unidas, em Nova York, Geledés – Instituto da Mulher Negra...

46º Prêmio Vladimir Herzog: inscrições prosseguem até 20 de julho

Termina no próximo sábado, 20 de julho, o prazo para inscrições ao 46º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos (PVH).  A premiação...
-+=