Candidato revela ser gay em horário político no Ceará; veja vídeo

Aílton Lopes (PSOL) diz ser gay na propaganda eleitoral e fala do preconceito que sofreu

O candidato ao governo do estado Ceará, Aílton Lopes (PSOL), revelou que é homossexual e mostrou o beijo gay em propaganda eleitoral na sexta-feira (30). A campanha foi ao ar no Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, exibiu dois casais do mesmo sexo se beijando. No vídeo, com duração de 1 minuto e 44 segundos, o candidato defendeu que assumir a luta pela diversidade sexual é um “ato político” em defesa dos direitos.

“Eu sou gay e sei como foi difícil me aceitar, me assumir. Enfrentei o medo da rejeição, a desconfiança se eu era norma, o medo de ser alvo de piadas, Há quem esteja chocado com o beijo ou com qualquer troca de afeto entre pessoas do mesmo sexo. É impressionante como o amor tem causado mais choque do que a guerra, do que a violência e a desigualdade”, diz o candidato no vídeo.

Ainda no programa, o candidato  caracterizou a sociedade brasileira  como machista, racista e homofóbica, apresentando dados sobre a violência contra homossexuais. Lopes prometeu defender direitos gays, como a adoção de filhos, o casamento civil e adoção de nome social.

De acordo com o último levantamento DataFolha, divulgado no dia 14 de agosto, o candidato do PMDB, Eunício Oliveira, segue na liderança com 47% da preferência dos entrevistados. Camilo Santana (PT), aliado ao governador Cid Gomes, apare em seguida com 19%. Eliana Novais (PSB) tem 7% e Ailton Lopes (PSOL), 4%. Os eleitores que afirmaram não votar em nenhum candidato totalizaram 10% e os indecisos representam 13%.

Assista o vídeo da campanha:

+ sobre o tema

Morte de mulheres em decorrência do parto no DF é alto, mostra estudo

O número de óbitos entre mulheres em decorrência do...

Juiz multa churrascaria por discriminar gays

O juiz Celyrio Adamastor Tenório Accioly multou uma churrascaria,...

para lembrar

Mulheres negras urgem empoderamento feminino e lutam contra racismo pela música

Kmila CDD, Mc Soffia, Luana Hansen e Karla da...

Idosa é morta a tiros pelo ex-marido com quem foi casada por 40 anos, no PR

A aposentada Elza Formighieri Morschheiser, de 66 anos, foi...

Quando uma Globeleza sofre racismo no Carnaval

Agora que o Carnaval passou, novas histórias serão contadas. Será um...

“Meu sonho é liderar multinacional de tecnologia”, diz gerente do Google

Aos 31 anos, ela quer mudar o mundo. Gaúcha...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=