Carl Hart – Crack – É possível entender

A convite do CESeC (Centro de Estudos de Sociedade e Cidadania) da Universidade Candido Mendes, o neurocientista Carl Hart veio ao Brasil pela primeira vez.

Professor da Universidade de Columbia em Nova York tornou-se uma referência na pesquisa sobre hábitos de uso e abusos de drogas por sua abordagem que combina a leitura científica, política e social do problema das drogas. Particularmente do crack.

Ele veio ao país para uma série de conferências, palestras, encontros e pesquisa de campo. Conheceu de acadêmicos a usuários de crack em situação de rua. De ativistas a nomes das política nacional. Falou com a mídia e viu como ela ainda segue refém de velhos e ultrapassados conceitos.

E para lançar a edição brasileira de seu livro “Um Preço Muito Alto”, um relato autobiográfico e científico sobre como sua juventude no gueto, envolvido com o crime e as drogas, moldaram sua visão acadêmica e política sobre o assunto.

No Brasil, Hart viu a manifestação das contradições entre o que a sociedade pensa e o que a ciência tem a dizer sobre o “problema do crack”. E lamentou perceber que hoje o Brasil está repetindo os mesmos equívocos e a mesma paranóia em relação ao crack que os EUA viveram nos anos 1980.

O Fluxo acompanhou a visita de Carl Hart ao Brasil. Participou de conferências, visitou com ele cenas de uso, comunidades sob ocupação militar, universidades.
Graças ao apoio do CESeC fez um resumo da visita e das ideias de Carl Hart.

Câmeras: Fernando Ligabue, Bruno Torturra e Tatiana Tófoli.
Edição: Felipe Carreli e Bruno Torturra.

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

Saiba quais foram as mudanças na classe média brasileira

Você conhece a classe média brasileira? Na verdade,...

Longe do centro

Nunca fui a queridinha da professora, ou da turma....

Qual a sua Geni? Chico Buarque – Geni. – Por Fernanda Pompeu

  Faz trinta e seis anos, Chico Buarque compôs uma...

Leci Brandão cria grito de guerra para pré-candidatura de Netinho

Entre as manifestações de apoio à pré-candidatura do vereador,...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=