terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioEducaçãoCasal de professores lança livros infantis com protagonistas negras

Casal de professores lança livros infantis com protagonistas negras

Neste sábado (21), Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, será o lançamento dos livros no Mucane, a partir das 19 horas

Por Lara Rosado Do Gazeta online

Divulgação/Noélia Miranda
Foi ao chegar na escola e se deparar com a ausência de material que trouxesse os negros como protagonistas, que a professora Noélia Miranda decidiu contribuir para mudar essa realidade. Ela é a autora de “Zacimba Gaba, a Princesa Guerreira: a história que não te contaram”, que será lançado neste sábado.
O marido de Noélia, o também professor Geonias Ribeiro de Araújo, mais conhecido como “Gió”, acompanhou a tendência e escreveu “Mirandinha: A Menina que Queria Pegar uma Estrela”.
Juntos, eles pretendem fortalecer a cultura negra e proporcionar a representatividade das crianças nos herois das histórias.
“Eu fui trabalhar e senti falta de material com conteúdo sobre os negros sem aquela visão de coitadinho, do negro escravizado. Precisamos de histórias dos negros antes de serem escravizados porque eles eram reis, rainhas e, inclusive, foram sequestrados à força para vir para o Brasil”, comentou Noélia.
Ela disse que já tinha visto estudos de historiadores que catalogaram as histórias sobre os negros do norte do Estado na região quilombola e decidiu, então, escrever alguma dessas em linguagem infantil.
“Eu quis colocar a história em uma linguagem para as crianças. Para isso, além do texto, precisei mentalizar uma figura do que seria a princesa Zacimba Gaba. Então, Gió me ajudou a ilustrar para representá-la”, explicou.
Segundo Noélia, as crianças sofrem o tempo inteiro com racismo disfarçado de bullying, além delas não se verem nos materiais didáticos por serem eurocêntricos.
“O material que é disponível nas escolas possuem a visão eurocentrista, baseada nas princesas brancas como Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel. O livro de Zacimba Gaba conta uma história real de uma negra, princesa e guerreira que não é acomodada e luta pela liberdade dos negros que se encontravam na condição de escravos. Acho que isso pode elevar a autoestima das crianças por saberem que essas histórias realmente existiram”, ressaltou.
1_capa_mirandinha-3785092
Divulgação/Geonias Ribeiro de Araújo
Já a personagem Mirandinha, negra do cabelo encaracolado, que é inclusive uma homenagem de Gió para sua esposa Noélia Miranda, enfrenta vários obstáculos para alcançar a estrela que tanto deseja. Para acompanhar a leitura, Gió produziu um CD que vem junto do livro, com seis músicas em ritmos variados como xote, choro, frevo, congo, rock n’ roll, entre outros.
“Eu quis passar a mensagem de nunca desistir dos sonhos. Com o exemplo de Mirandinha, é preciso ser persistente e encontrar maneiras de enfrentar as dificuldades para conseguir o que se almeja”, comentou.Lançamento
O lançamento dos livros “Mirandinha: A Menina que Queria Pegar uma Estrela”, de Geonias Ribeiro de Araújo e “Zacimba Gaba, a Princesa Guerreira: a história que não te contaram”, de Noélia Miranda acontece neste sábado (21), que é o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, no Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane). O evento será realizado a partir das 19 horas.
Serviço
Lançamento dos livros “Mirandinha: A Menina que Queria Pegar uma Estrela”, de Geonias Ribeiro de Araújo “Gió” e “Zacimba Gaba, A Princesa Guerreira: a história que não te contaram”, de Noélia Miranda.
Data: 21/03, sábado, às 19 horas
Local: Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane)
Endereço: Avenida República, 121, Centro
Aberto ao público, cada livro custa R$ 25,0
Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench